Blumenau: Pontos Turísticos, Roteiro e Dicas

Blumenau_Pontos_Turisticos_Roteiro_Dicas

Visitar a maior e mais conhecida cidade do Vale Europeu é ir à Alemanha sem sair do Brasil. As marcas da colonização são evidentes por toda a cidade: a paixão por cerveja seria apenas a mais óbvia delas. Em Blumenau, as heranças alemãs continuam vivas e pulsantes: podem ser notadas tanto em tradições festivas como a Oktoberfest, quanto no estilo de arquitetura enxaimel da cidade e na gastronomia trazida pelos imigrantes europeus.

Cortado pelo rio Itajaí-Açú, que dá nome ao vale do qual Blumenau faz parte, o município do nordeste de Santa Catarina apresenta cerca de 60% de área rural e 40% de área urbana. Com quase 350 mil habitantes, está a uma altitude de 21 metros acima do mar e tem faixas de relevos diferenciados, destacando as serras no sentido Sul e os vales na região Norte.

A cidade é uma verdadeira festa aos olhos: Blumenau organiza todos os anos atrativas comemorações e é sede do maior centro de eventos do estado Catarinense, o Parque Vila Germânica. Além da arquitetura charmosa, da culinária típica alemã, da grandiosidade dos eventos e da paisagem, Blumenau ainda é um excelente local para as compras.

Ficou com vontade de conhecer a cidade? Então confira as dicas que preparamos para você!

Leia Também => Vale Europeu: As Melhores Dicas da Europa Brasileira

Blumenau: História, Roteiro e Dicas

História de Blumenau

Antes da colonização, a região de Blumenau era habitada por indígenas kaingang, xokleng e os chamados botocudos. Depois que o químico-farmacêutico e filósofo alemão Hermann Bruno Otto Blumenau estabeleceu, em 2 de setembro de 1850, uma colônia agrícola com imigrantes europeus na região, os povos indígenas passaram a ser conterrâneos dos descendentes europeus e de outras populações que fazem de Blumenau sua casa.

Além da história germânica, a cidade também recebeu imigrantes italianos, poloneses e descendentes de portugueses do Vale do Rio Tijucas. Ainda assim, as culturas mais fortemente incorporadas pelos blumenauenses foram a da Alemanha e Itália.

Blumenau, o primeiro local a ser colonizado na região, em pouco tempo foi se tornando um verdadeiro polo de desenvolvimento e foi dando origem às demais cidades do Vale Europeu em Santa Catarina. Apenas 30 anos depois que os primeiros imigrantes chegaram em suas terras, Blumenau é elevada à categoria de município. Na época, estima-se que por volta de 15 mil habitantes moravam no território.

Cento e quatro anos à frente, em 1984, a cidade começou a organizar o evento que se transformaria na segunda maior festa de tradições germânicas do mundo, a primeira fora da Alemanha: a Oktoberfest, que acontece todos os anos no mês de outubro. Nos dias de hoje, Blumenau se destaca como uma das regiões mais importantes na economia do estado e até do país.

Quando ir e como circular

Os invernos de Blumenau manifestam temperaturas amenas e menor incidência de chuvas. Já os verões costumam ser chuvosos e quentes. Se você tiver flexibilidade para viajar fora das férias escolares, não deixe de ir a Blumenau em outubro para participar da segunda maior Oktoberfest do mundo, atrás apenas da que acontece originalmente em Munique, na Alemanha. Mas não se aflija se você não puder ir nessa época: Blumenau tem boas cervejas durante o ano todo. Então, não desperdice a oportunidade de experimentar as cervejas produzidas na região e, quem sabe, até visitar as suas fábricas.

Durante o verão, a Oktoberfest vira Sommerfest e os pavilhões da Vila Germânica se abrem em janeiro e fevereiro para movimentar a cidade. Também graças à bem-sucedida Oktoberfest, Blumenau recebe o Festival de Botecos na mesma Vila Germânica duas vezes ao ano, geralmente em junho e novembro. Em julho, o município organiza a Festitália, que mostra as influências italianas recebidas pelos blumenauenses em forma de música típica, danças e boa culinária. Você já viu que a cidade é um destino a ser visitado durante o ano todo, não é?

Grande parte dos pontos turísticos de Blumenau estão localizados no Centro, principalmente nas redondezas da Rua XV de Novembro e do Parque Vila Germânica. Caminhar é a melhor maneira de conhecer essa região e aproveitar para apreciar as construções da cidade ao mesmo tempo. Para distâncias mais longas, as empresas de táxi podem facilitar. O transporte público é limitado no município, mas vale consultar aplicativos como o Moovit para checar as opções e os custos de trajeto.

Dica! Você pode pegar um mapa da cidade na Secretaria de Turismo e Lazer de Blumenau:

E-mail: [email protected]

Telefone: (47) 3381-7700

Endereço: Rua Alberto Stein, 199 – Velha, Blumenau (SC) – CEP: 89036-900

Horários de funcionamento: das 8h às 12h e das 13h30 às 17h30

Para mais informações turísticas:

Blumenau e Vale Europeu Convention & Visitors Bureau

Horários de funcionamento: de segunda à sexta-feira, das 9h às 18h; aos sábados, das 9h às 17h

Endereço: Rua Alberto Stein, 199 – Bairro Velha

E-mail: [email protected]

Telefone: (47) 3322-6933

CAT – Central de Atendimento ao Turista

Endereço: Rua Itajaí, 3.435 – Bairro Vorstadt

Horários de funcionamento: diariamente, das 8h às 16h

Telefone: (47) 3222-3176

Como chegar a Blumenau

De avião

Se você pretende viajar de avião, a demanda de passageiros é atendida pelo Aeroporto Internacional de Navegantes, a 55 km de distância de Blumenau. De Navegantes ao Centro de Blumenau, você paga cerca de R$ 50 e viaja 1h30 de ônibus até seu destino. Confira os horários aqui.

Isso porque, apesar de existir um aeroporto blumenauense, conhecido como Quero-Quero, ele não possui voos regulares, funciona apenas para táxi aéreo e voos executivos de aviões com pequeno porte.

Outra possibilidade é chegar pelo Aeroporto Internacional de Florianópolis Hercílio Luz (FLN), a 150 km de distância. É uma boa opção principalmente em datas mais disputadas, quando as passagens para Navegantes são mais caras. Há também o Aeroporto de Joinville Lauro Carneiro de Loyola (JOI), distante 105 km de Blumenau, e o Aeroporto Internacional de Curitiba Afonso Pena (CWB), a 200 km.

De ônibus

Você encontra boas ofertas de ônibus partindo das cidades mais próximas em trajetos operados pelas empresas Catarinense, Reunidas e Penha, as principais que funcionam no local. A rodoviária blumenauense, chamada de Terminal Rodoviário de Passageiros Prefeito Hercílio Deeke, fica na Rua Dois de Setembro, 1222, de onde você pode facilmente pegar um táxi para o seu hotel.

De carro

Se você vai chegar de carro a partir do norte de Santa Catarina, indo de Curitiba ou São Paulo, por exemplo, o principal caminho é seguir pela BR-101 até o trevo de Joinville e continuar pela SC-108. Para quem chega pela região sul, basta acessar a BR-101 até o trevo de Itajaí e seguir pela SC-470.

Excursões

Para quem planeja ir à cidade especialmente durante a Oktoberfest, vale conferir as empresas de turismo que fazem pacotes de excursões aqui. Mas se você prefere contratar empresas de turismo mesmo indo a Blumenau em outras épocas do ano, o site turístico do Vale Europeu fornece as seguintes sugestões:

  • Seledon Turismo

E-mail: [email protected]

Telefone: (47) 98838-2949

  • RDK – Turismo

Rua República Argentina, 2.655 – Ponta Aguda – Blumenau (SC)

Telefone: (47) 99936-0348

Pontos Turísticos e Atrações de Blumenau

Oktoberfest

Logo em 1984, ano inaugural do evento na cidade, a Oktoberfest foi capaz de reunir 102 mil pessoas em somente 10 dias de festa no antigo Pavilhão A da Proeb.  Na época, o número correspondia a mais da metade da população de Blumenau, marcando o encontro como um momento eternizado historicamente.

A cada ano, a Oktoberfest atrai não apenas os blumenauenses, mas também milhares de turistas para aproveitar os 19 dias do evento em Blumenau. É sem dúvida o lugar perfeito para experimentar as mais diferentes variedades de cerveja na cidade. Não esqueça de levar sua caneca para aproveitar cada gota da bebida!

Além de ser regada a muitos tipos de chopes e cervejas, o evento conta com apresentações musicais tipicamente alemãs (e também não típicas), competições de quem termina as bebidas em metro mais rapidamente e da melhor roupa característica. A festa, que acontece nos pavilhões da Vila Germânica, tem início na Rua XV de Novembro, que fica fechada para os desfiles de carros de chope e de pessoas vestidas com trajes típicos.

A variedade gastronômica também é farta! Aproveite o evento para se deliciar com a culinária típica alemã sem gastar muito: com cerca de R$ 10 já é possível saciar a fome no local.

Já falamos sobre a importância que essa festa tem para a cidade: é um momento único de celebração dos costumes de antepassados vindos da Alemanha. Agora é só conferir de perto!

Ingressos: gratuitos na abertura, em segundas feiras e no encerramento; R$ 12 nos domingos, terças, quartas e quintas-feiras (exceto vésperas de feriado e feriados); R$ 30 em sextas, vésperas de feriado e feriados; R$ 40 em sábados.

* Crianças de até 12 anos não pagam a entrada.

** Confira as regras de meia-entrada aqui.

Dica: é possível entrar sem pagar nada de terça à sexta até as 18h; em sábados, domingos e feriados antes das 13h; nas vésperas de feriado até as 18h. A observação é que não são todos os pavilhões que estão abertos nesses horários.

Beto Carrero World

Blumenau_Ponto_Turistico_Beto_Carrero

Com 14 milhões de metros quadrados, o maior parque temático da América Latina é um destino em que a diversão das crianças e dos adultos está garantida. Localizado na cidade de Penha, a apenas 60 km de Blumenau, o Beto Carrero tem atrações com temáticas do Velho Oeste, da Ilha dos Piratas, além de opções para crianças, crianças grandes e para quem aprecia brinquedos mais radicais. Confira cada uma delas nos links!

Dica: Como o parque não abre regularmente todos os dias, vale consultar o calendário de funcionamento aqui.

Valores dos ingressos e das atrações: O parque oferece diferentes possibilidades de ingresso com preços variados, como pacotes, passes anuais, acessos sem fila e acessos garantidos, vale consultar os valores no site oficial ou pelo telefone (47) 3261-2222.

Endereço: Rodovia Beto Carrero, Armação – Penha (SC) – CEP: 88385-000

Para saber como chegar no Parque Beto Carrero World, acesse a ferramenta interativa do site oficial do espaço aqui.

Parque Vila Germânica

Blumenau_Ponto_Turistico_Parque_Vila_Germanica

Não é somente em outubro, quando recebe a Oktoberfest, que o local é ponto turístico. Nos demais meses do ano, sem as milhares de pessoas ocupando os pavilhões, ir à Vila Germânica é uma ótima atração para experimentar a variedade de chopes da cidade e as comidas típicas germânicas. Tudo isso num espaço que reproduz uma vila pequena do interior da Alemanha. O charme das construções enxaimel não passa despercebido nem aos olhos, nem às lentes dos turistas. É cultura e tradição por toda parte!

Endereço: Rua Alberto Stein, 199 – Bairro da Velha, Blumenau (SC) – CEP: 89036-200

Telefone: (47) 3381-7700

Fax: (47) 3381-7713

Rua XV de Novembro

Na rua mais movimentada da cidade, você encontra diversos comércios e os tradicionais bares alemães de Blumenau, como o Thapyoka e Tunga. Durante a caminhada, você vai esbarrar em verdadeiros cartões-postais da cidade, como o Teatro Carlos Gomes, a Catedral São Paulo Apóstolo, o Castelinho, o prédio da Prefeitura — decorado com o Relógio de Flores e a Locomotiva Macuca — e o Biergarten, um jardim cheio de charme virado bem de frente para o rio Itajaí-Açu.

Dica: Preste atenção nas casas em estilo enxaimel que, mesmo quase nenhuma sendo original, todas elas rendem belas fotos. Se você quiser ver de perto uma construção de fato original, busque pela casa com anões na sacada.

Parque Ecológico do Spitzkopf

Se você é um amante da natureza e gosta de aventuras, o parque é um convite especial para tomar banho de cachoeira e admirar uma das mais belas vistas da cidade. Situado a cerca de 14 km do Centro de Blumenau, em estrada asfaltada, o espaço tem 5 milhões de m² de Mata Atlântica preservada. Animais como macacos, cotias, veados, quatis, jaguatiricas, tatus, guaxinins e aves como papagaios, tucanos, macucos e jacupembas têm o parque como casa.

Em dias de céu limpo, você consegue avistar o litoral catarinense do ponto mais alto do parque, a 938 metros de altitude. Para chegar até lá, você precisará percorrer a maior trilha do local, com 6 km de extensão só de ida. Outras duas trilhas menores, igualmente traçadas e sinalizadas, levam a belas cascatas. De propriedade da família Schadrack desde 1907, a atração ainda conta com chalés confortáveis e uma piscina natural.

Endereço: Rua Bruno Schreiber, 3777 – Progresso, Blumenau (SC) – CEP: 89027-400

Telefone: (47) 3336-5422

E-mail: [email protected]

Horários de funcionamento: Aberto todos os dias do ano, das 7h às 19h

Festival da Cerveja

Sim! Você já percebeu que, em Blumenau, cerveja é o que não falta. O festival, que ocorre geralmente em março nos mesmos pavilhões da Vila Germânica que recebem a Oktoberfest, é mais um encontro que atesta a cidade como “Capital da Cerveja”. Se estiver em Blumenau durante esse mês, aproveite o evento para degustar rótulos variados, boa gastronomia e acompanhar o Concurso Brasileiro de Cerveja. Profissionais do setor de bebidas também encontram um ótimo motivo para visitar o festival: a Feira Brasileira de Cerveja reúne máquinas, insumos e novidades dessa indústria no local.

Ingressos: http://festivaldacerveja.com/sistema/ingresso/

Dica: O bar tradicional Bier Vila merece uma atenção especial dentro do complexo Vila Germânica. Além dos petiscos e pratos deliciosos, o local possui uma carta de cervejas totalmente farta. Das internacionais às locais e artesanais do Vale do Itajaí, são centenas de rótulos. Mas essa não é uma dica que vale apenas enquanto ocorre o Festival. O Bier Vila funciona durante o ano inteiro das 11h às 00h.

Museu do Cristal (Glas Park)

Na fábrica e loja de vidro e cristais, conheça a arte de produção das peças e leve as suas favoritas para casa. O museu abriga verdadeiras raridades, como taças da Boêmia pintadas a ouro, um rosário do século XVI e um dos primeiros livros ilustrados sobre a técnica de fazer cristais, a publicação “Arte Vitraria”.

Entrada: gratuita

Endereço: Rua Rudolf Roedel, 233 – Salto Weissbach, Blumenau (SC) – CEP: 89032-080

Contato: [email protected] ou (47) 3327-1261

Horários de funcionamento: de segunda à sexta-feira, das 9h às 18h. Aos sábados, das 9h às 13h.

Horários de fabricação: de segunda à sexta-feira, das 9h às 13h30. Aos sábados, das 9h às 11h.

Museu da Família Colonial

O acervo com mais de 6 mil peças doadas por famílias tradicionais de Blumenau permite uma verdadeira viagem no tempo. A construção que atualmente abriga o museu pertencia a Edith Gaertner, cujo tio avô foi o fundador da cidade. Para mergulhar ainda mais na história dos blumenauenses pioneiros, aproveite o audioguia oferecido pelo museu. No grande parque ao fundo do terreno, não deixe de conhecer o cemitério de gatos.

Entrada: cerca de R$ 4.

Endereço: Alameda Duque de Caxias,78 – Blumenau (SC) – CEP: 89015-010

Telefone: (47) 3322-1676

Horários de funcionamento: De segunda a domingo, das 10h às 16h.

Cemitério de Gatos

A sobrinha-neta do Dr. Blumenau, fundador da cidade, Edith Gaertner tinha os gatos como grandes companheiros. Quando morriam, o funeral e cortejo fúnebre dos felinos acontecia nesse recanto do parte dentro do Museu da Família Colonial. Amigos e vizinhos compareceram no enterro de cada um dos nove gatos sepultados no terreno: Pepito, Mirko, Bum, Peterle, Musch, Schnurr, Sittah, Putze e Mirl.

Horários de funcionamento: diariamente das 9h às às 17h

Endereço: Alameda Duque de Caxias, 78 – Centro

E-mail: [email protected]

Telefone: (47) 3322-1676

Centro Cultural da Vila Itoupava (antiga Cervejaria Feldmann)

A cerca de 22 km do Centro de Blumenau, no distrito de Vila Itoupava, foi inaugurada a Cervejaria Feldmann, ainda no século XIX. A produção caseira de seu fundador, Heinrich Feldmann Sênior, cresceu e virou um empreendimento no ano de 1898. Oitenta anos depois, em 1978, as atividades da cervejaria foram encerradas e o local passou a ser memória. Uma memória que marcou o ramo comercial da época.

Hoje em dia, o espaço funciona como uma área de educação ambiental e patrimonial aberta para visitações.

Horários de funcionamento: de segunda à sexta, das 9h30 às 12h e das 13h30 às 16h. Aos finais de semana, somente com agendamento de horários.

Endereço: Rua Dr. Pedro Zimmermann, 16.230 – Vila Itoupava, Blumenau (SC)

E-mail: [email protected]

Telefone: (47) 3338-6044

Museu de Hábitos e costumes

Móveis, vestimentas, hábitos culinários e costumes domésticos de quem morou em Blumenau nos últimos séculos. A visita a esse museu é interessante para quem quer saber mais sobre como a cidade se desenvolveu ao longo do tempo. Já que não possui um grande acervo, basta uma hora para realizar esse passeio rico em cultura e história.

Endereço: Rua XV de Novembro, 25 – Blumenau (SC)

Horários de funcionamento: Todos os dias, de 10h a 16h.

Museu Hering

Nem mesmo a fábrica de uma das maiores produtoras da indústria têxtil brasileira perde o estilo enxaimel tradicional em sua arquitetura. Visite o museu e conheça quem fundou a marca e como funciona o processo de produção das roupas. Aproveite a visita e confira as promoções do outlet da Hering no outro lado da rua. Muitas peças do estoque são vendidas por peso.

Dica: Leve uma camiseta branca de malha e crie sua própria estampa no museu.

Entrada: gratuita.

Endereço: Rua Hermann Hering, 1790 – Blumenau (SC) – CEP: 89010-900

Telefone: (47) 3321-3340

Horários de funcionamento: De terça a sexta-feira, das 9h às 18h. Aos sábados, domingos e feriados, das 10h às 16h.

Museu da Cerveja

Blumenau_Ponto_Turistico_Museu_da_Cerveja

Conheça detalhes imperdíveis sobre a história da bebida! Apesar de ser um espaço pequeno e com poucos objetos expostos, vale visitar se você é um amante de cerveja. Você vai poder apreciar maquinários usados para a fabricação de cerveja, além de rótulos e garrafas antigos. Como a visita não deve tomar muito do seu tempo, aproveite para ir ao jardim em frente ao museu e, do outro lado da rua, entre em contato com a história da fundação da cidade no Mausoléu Dr. Blumenau.

Entrada: gratuita.

Endereço: Rua XV de Novembro, 160 – Blumenau (SC) – CEP: 89010-000

Telefone: (47) 3326-6791

Horários de funcionamento: De segunda a sexta, das 9h às 17h. Em finais de semana e feriados, das 10h às 16h.

Onde Comer em Blumenau

Além das inúmeras alternativas de bares, pubs e cervejarias, Blumenau conta com opções de restaurantes para agradar todos os turistas. A tradição germânica se mostra extremamente forte na mesa: prepare-se para uma alimentação regada à carne de porco, à salsicha e a marreco recheado.

Dos restaurantes para você começar a provar os sabores alemães em Blumenau, destacam-se:

  • Moinho do Vale: O sistema de almoço em buffet livre permite que você conheça um pouquinho de cada prato tradicional alemão. Depois, você pode escolher os seus prediletos no menu à la carte. O ambiente ainda conta com uma vista encantadora do rio Itajaí-Açu que vai tornar sua refeição ainda mais agradável.
  • Wunderwald: a casa enxaimel do restaurante situado na estrada que liga Blumenau a Pomerode serve comidas tipicamente alemãs com bastante fartura e sabor.
  • Abendbrothaus: eleito para muitos um dos melhores restaurantes da cidade.
  • Cafehaus Glória: tortas, salgados, sucos, doces, bebidas quentes. Uma paradinha aqui e você estará em um dos melhores cafés coloniais da cidade.
  • Thapyoca: muita comida e um ambiente agradável bem na margem do rio Itajaí-Açu. Vai agradar seu paladar, mas também o seu bolso.
  • Vila Germânica: aproveite a visita ao espaço que abriga a Oktoberfest no mês de outubro para aliar a variedade de cervejas à boa comida alemã.
  • Figueira Restaurante: um dos mais refinados cardápios da cidade conta com diversas opções gastronômicas, inclusive variedades que fogem à tradicionalidade alemã.
  • Estação Eisenbahn: é, para muitos, o local que oferece a melhor carta de cervejas blumenauense.
  • Don Peppone: se quiser dar um tempo na culinária alemã, aproveite a pizzaria Don Peppone e se delicie com boas massas, calzones, pizzas, risotos e carnes.

Procura por mais opções? Acesse o site da Secretaria de Turismo de Blumenau.

No site turístico do Vale Europeu, também são listadas opções variadas de onde comer na cidade. Dê uma olhada:

Cozinha Diversificada

Senac Bistrô Johannastift – Restaurante-Escola

Aberto de terça a sáabado a partir das 11:00 h.

Alameda Rio Branco, 165 – Centro

www.sc.senac.br/bistro

47-3222-0005

Restaurante & Grill Eldorado

Avenida Beira Rio, 883– Centro

47-3326-1292

Restaurante Per Tutti

Buffet diário com grande variedade.

Rua Dr. Amadeu Luz, 40 – Centro

www.pertuttirestaurante.com

47-3322-9383

Restaurante do Hotel SESC – Blumenau

Rua Engº Udo Deeke, 1.330 – Salto do Norte

www.sesc-sc.com.br

47-3334-8100

Restaurante do Comerciário SESC

Refeições completas, balanceadas, elaboradas por nutricionistas e cheias de sabor.

Tudo com a qualidade e segurança que já são marcas do Sesc.

Rua 7 de Setembro, 1.213 (anexo ao Shopping Center Neumarkt) – Centro

www.sesc-sc.com.br

47-3322-6249

Cozinha Internacional

Terrace Bar e Restaurante – Plaza Blumenau Hotel

Aberto ao público:

Restaurante, das 12:00 às 14:30 h e das 19:00 às 23:00 h.

Bar, das 15:00 às 24:00 h.

Espaços para a realização de eventos.

Rua 7 de Setembro, 818 – Centro

www.plazahoteis.com.br

47-3231-7000

Cozinha Italiana/Pizzarias

Funiculì Funiculà – Pizza e Pasta

A mais autêntica culinária italiana.

Rua Hermann Hering, 532 – Bom Retiro

www.funiculifunicula.com.br  / [email protected]

47-3037-2901

Baggio – Pizzeria & Focacceria

Rua 7 de Setembro, 250 – Centro

47-3037-6262

Ristorante Nonna Conceta

Rua Eng. Paul Werner, 936 – Itoupava Seca

47-3037-3548

Churrascarias

Churrascaria Ataliba

Rua Porto Rico, 77 – Ponta Aguda

47-3329-5888

Choperias

Container British Beer

Visite uma Cervejaria Artesanal

Rua Gustavo Zimmermann, 4.764 – Itoupava Central

Ligue para a nossa Agente de Turismo, Roberta 47-9 9936-0348

www.cervejariacontainer.com.br

Cervejaria Bierland

Rua Gustavo Zimmermann, 5.361 – Itoupava Central

47-3337-3100

Hotéis e Pousadas

Blumenau possui muitas opções de hospedagem. Prefira as hospedarias concentradas na região central e você poderá percorrer as principais atrações da cidade a pé. O único parênteses é que esse cardápio de variedades fica quase nulo durante a época da Oktoberfest. Por isso, se você está pensando em ir a Blumenau no mês de outubro, garanta sua hospedagem com bastante antecedência.

Dê uma olhada nas melhores acomodações da cidade aqui, escolha a sua e faça as malas!

Roteiro para 2, 3 ou 4 dias em Blumenau

Primeiro dia

  • Na Rua Rudolf Roedel, 233, visite o Glas Park para conhecer a arte de fabricar cristais.
  • Caminhe até a Rua Bahia, 5181 e visite a Fábrica e Bar da Einsenbahn, local em que você não só consome boas cervejas, como também pode agendar com antecedência uma visita com explicações sobre os processos de fabricação da bebida.
  • Volte ao Centro e aproveite o dia para caminhar e conhecer cada canto da Rua XV de Novembro e seus 1,5km de extensão. Nela, contemple as construções, faça boas compras e visite bares e restaurantes tradicionais da cidade. Na esquina com a Rua Alwin Schrader, pare para conhecer o Museu de Hábitos e Costumes.
  • Na rua seguinte, a Alameda Duque de Caxias, visite o Museu da Família Colonial, o Arquivo Histórico da Fundação Cultural e o Marco Zero de Blumenau.
  • No final da alameda, faça uma parada na Igreja Luterana do Espírito Santo.
  • Retorne à Rua XV de Novembro para visitar o Museu da Cerveja na Praça Hercílio Luz, onde há um monumento que homenageia os imigrantes fundadores de Blumenau.
  • Quase em frente ao museu, está o Mausoléu do Dr. Blumenau, inaugurado em 1974 e um bom passeio para quem quiser conhecer mais sobre a vinda do fundador da cidade para o país.
  • Cruze a pequena ponte e chegue no trecho mais comercial da rua. Aviste as estreitas calçadas que recebem o desfile da Oktoberfest no mês de outubro.
  • Suba as escadas da Catedral São Paulo Apóstolo, igreja de tijolos avermelhados construída em 1958.
  • No mesmo quarteirão, um conjunto de lojinhas a preços atrativos forma a Feira de Artesanato.
  • O Teatro Carlos Gomes, criado em 1860, está a poucos passos.
  • Vá até o fim da Rua XV de Novembro, na Praça Victor konder, e admire o encantador Relógio das Flores.
  • Do outro lado da rua, pare na Prefeitura de Blumenau para tirar belas fotografias. O entorno é muito bonito e fotogênico: não deixe de apreciar a Macuca, uma locomotiva do século XIX desativada.
  • Procure um grande globo e você estará diante do Monumento da Paz. Atrás dele, a Ponte Aldo Pereira, inaugurada em 1931, une as duas margens do rio Itajaí-Açu.
  • Aproveite para ir à Rua Sete de Setembro, 1213 para tomar um café na Confeitaria Cafehaus Glória. Não deixe de provar a Torta Glória antes de voltar para o seu hotel.

Segundo dia

  • Visite o Parque Ramiro Ruediger, um espaço com 45 mil metros quadrados de puro verde.
  • Próximo a ele, estão as choperias, os bares, os restaurantes e as lojas do Parque Vila Germânica. Palco da famosa Oktoberfest, é uma das atrações mais tradicionais da cidade.
  • Aproveite o restante do dia para escolher opções de visitas fora da região central de táxi ou transporte público. Ou apenas fique pelo Centro e flane por Blumenau. Respirar cultura alemã já será um ótimo passeio!

Terceiro dia

Se você tiver um terceiro dia na cidade, aproveite para conhecer Pomerode e a Rota do Enxaimel.

Dica: no trajeto até Pomerode, programe-se para conhecer o Glas Park e a Eisenbahn.

Quarto dia

Se você for passar quatro dias na região de Blumenau, faça um bate-volta em Brusque e conheça os detalhes da forte indústria têxtil na região.

Curta Também => Pomerode: Pontos Turísticos, Roteiro e Dicas

Brusque: Pontos Turísticos, Roteiro e Dicas

SEM COMENTÁRIOS

PARTICIPE! DEIXE UM COMENTÁRIO

Por favor, deixe seu comentário
Por favor informe seu nome aqui