Dicas do que fazer em Tulum: Passeio incrível na Riviera Maya

Nesse post você vai descobrir o que fazer em Tulum com as melhores dicas de viagem para não perder nenhuma atração local.

Saiba agora onde encontrar esse cantinho do México juntamente com as principais informações que todo viajante precisa saber.

Com essas dicas de viajem que não podem faltar no seu passeio, vai ficar ainda mais fácil organizar as suas férias e aproveitar muito.

Vamos lá?

Tulum México: onde fica

Esse pedacinho do México está localizado na costa do Mar do Caribe, onde já foi uma antiga cidade Maia, onde hoje é o estado chamado de Quintana Roo, Tulum fica na conhecida região da Riviera Maia.

Tulum fica a menos de duas horas de carro de Cancun e é possível se deparar com diversos templos bem como ruínas muito visitadas, o que faz com que a cidade receba o título de Sítio Arqueológico.

A praia desse cantinho escondido do México tem uma tonalidade de azul bebê com águas cristalinas e a população atual é em torno de 30 mil habitantes, vale dizer que a cidade cresceu ao longo da estrada 307, o que garantiu a boa preservação das praias.

O crescimento urbano em torno das estradas, garantiu que a distância entre a cidade e a praia mais próxima ficasse em torno de 3 km, sem levar em conta as hospedagens beira-mar.

Em Tulum, o sol parece brilhar durante o ano todo, mas a época preferida dos turistas é a temporada de fevereiro a abril, para evitar as chuvas.

O que fazer em Tulum

Para começar a arrumar as malas, você precisa saber que a língua oficial do local é o espanhol, mas diversos estabelecimentos já contam com funcionários que falam outros idiomas, como o inglês.

Uma dica rápida para começar bem as suas férias e ir para Tulum México, é pensar em ter um carro durante a viagem, já que os locais de visitação são distantes uns dos outros bem como algumas praias podem ser distantes do centro da cidade.

tulum 2 Dicas do que fazer em Tulum: Passeio incrível na Riviera Maya

Dessa maneira, você vai conseguir aproveitar e ver todos os pontos turísticos de uma maneira mais fácil, rápida e confortável.

Ruínas de Tulum

A princípio, as ruínas são consideradas como o ponto alto de Tulum, já que são parte essencial da história e cultura do povo, as ruínas se tornaram rapidamente o maior ponto de encontro de turistas na cidade.

Existem 4 grandes ruínas ou sítios arqueológicos ao longo da área que se estende entre Cancun e Riviera Maya, localizadas em:

  • Tulum
  • Cobá
  • Chichén Itzá
  • Ek Balam

As ruínas de Tulum são reconhecidas pela localização, já que ficam acima do nível do mar e garantem uma paisagem panorâmica da praia, por outro lado, essas ruínas são construções menores e mais baixas que outras encontradas por ali.

Para conhecer qualquer uma das ruínas no México, você tem três opções, contratar uma agência, escolher os passeios vips de vans ou ir por conta própria.

Cada uma das opções de visitação tem vantagens e desvantagens, como a presença de guias turísticos para contar a história bem como facilidade na locomoção.

Vale dizer que em todas as ruínas existem algumas plaquinhas com explicações sobre a história e cultura local para quem vai sem um guia, ou seja, não é obrigatória estar na companhia de um.

Uma dica para quem não quer ir sozinho e ainda aproveitar, é optar por grupos que oferecem tours, como o Grupo Xcaret.

O local das ruínas costumam ser quentes e abafados, por isso recomenda-se a recomendação é sempre usar roupas mais leves e frescas, além de ser ideal apostar no uso de tênis ou sapatos fechados para andar por entre as construções sem ficar desconfortável.

A preferência para o horário de visitação é escolher as primeiras horas da manhã, evitando os picos de sol e também o acúmulo de turistas que chegam sempre por volta das 11 horas.

Em todas as ruínas você vai pagar uma taxa de entrada, de estacionamento bem como pode haver taxas extras em alguns desses sítios, então se antecipe levando dinheiro ou converse com uma agência ou diretamente nas bilheterias para reservar a sua entrada.

As ruínas de Tulum cobram em torno de 70 pesos por pessoa para a entrada, mas existem algumas ruínas em outras regiões onde o preço pode chegar a 300 pesos.

Cenotes

Os cenotes são piscinas naturais formadas por poços de água ou rios subterrâneos que se infiltraram entre rochas, formando uma beleza natural que parece intocada.

Em Tulum e ao longo da Riviera Maya e até em Cancun existem diversos cenotes e devem fazer com certeza parte da sua viagem e, para isso, você precisa saber quais são os mais visitados no entorno da cidade:

  • Grand Cenote
  • Sac Actun
  • Cenote dos Ojos
  • Zazil Ha
  • La Zebra
  • Cavalera
  • Cristal
  • Carwash
  • Cenote Azul

O Grand Cenote, que é o mais conhecido, fica bem perto da região urbana enquanto os outros ficam um pouco mais distantes da região central e podem estar localizados dentro de parques.

Considerando a localização geral, é bem fácil visitar os cenotes de toda a região e grande parte deles contam com tours guiados, para que você consiga conhecer o ambiente em segurança, mesmo aqueles que dependem apenas de luz artificial.

tulum 4 Dicas do que fazer em Tulum: Passeio incrível na Riviera Maya

Frequentemente, o horário permitido para passeios nos cenotes é das 09:00 até as 14:30, mas alguns podem ter um horário mais extenso.

Os cenotes são considerados locais sagrados e podem ter áreas mais profundas e outras rasas e a água costuma ser bastante fria devido a presença de rochas e pouca luz solar.

É sempre recomendado o uso de coletes salva-vidas, exceto para aqueles que vão praticar o mergulho com cilindro ou snorkel.

Em alguns cenotes é preciso tomar ducha antes de entrar na água, para evitar que produtos, como cremes e protetor solar, entrem nas águas limpas dessas piscinas naturais.

Já quando o assunto são os preços, o número pode variar de acordo com a presença de guia e equipamentos que vão de 80 a 600 pesos.

Parque Xel-Há

Um lugar conhecido para você incluir em o que fazer em Tulum México, é visitar o Parque Xel-Há, que pertence a um grupo chamado de Parque Eco-arqueológico Xcaret, que tem 3 parques, com a central próxima na região de Cancun.

  • Xel-Há
  • Xplor
  • Xcaret

O Xel-Há, mais próximo da Riviera Maia e Tulum, tem águas quase transparentes e é uma opção para que você consiga reunir uma série de atrações turísticas dentro de um único pacote, como:

  • Snorkel
  • Mergulho com cilindro
  • Flutuação
  • Passeios de bicicleta
  • Toalhas e cadeiras de praia para descanso
  • Plataformas para saltos entre outras.

Entre as dicas, é estar atento ao horário de funcionamento, frequentemente entre as 08:00 até as 18:00 e com acesso através da Carretera Federal 307.

Quando o assunto é preço, os parques custam em torno de 90 dólares por pessoa e podem haver taxas extras para equipamentos bem como para atrações especiais.

Esses parques são muito procurados por facilitar o acesso a pontos turísticos e também por incluir o café da manhã, almoço e um armário para você aproveitar a propriedade durante o dia todo.

Ainda que o Hel-Há seja o mais próximo de Tulum, pode valer a pena conhecer os outros parques ou escolher aquele que oferece um número maior de atividades que seja do seu interesse.

Praias de Tulum

As praias do México já costumam chamar a atenção devido a tonalidade azulada, mas Tulum carrega o título de um dos melhores litorais locais devido a limpeza das praias e tonalidade ideais para o mergulho.

Por ser também um sítio arqueológico com diversas ruínas, o visual das praias é moderno e rústico ao mesmo tempo, com vários estabelecimentos e muita preservação da área verde.

Justamente por essa mistura de ambiente, Tulum tem um clima bastante diferente de outras praias mais badaladas, como Cancun.

Vale lembrar que a área da Riviera Maia fica ao sul da cidade de Cancun, com uma área de mais ou menos 130 km de mar.

As principais praias visitadas e conhecidas da região de Tulum são:

  • Playa Zazil-Kin
  • Playa Santa Fe
  • Pescadores
  • Pancho Villa
  • Paraiso
  • Esperanza
  • Mambo
  • Akumal
tulum 6 Dicas do que fazer em Tulum: Passeio incrível na Riviera Maya

As praias de Tulum podem sofrer com a invasão do Sargaço, que é um tipo de alga marinha que impossiblita o banho de mar e, por isso, antes de fazer a sua viagem, entre em contado com a sua hospedagem para não ter que ficar fora da água.

Informações extras sobre as praias de Tulum

Uma das principais dicas extras para conhecer as praias de Tulum, é sempre ficar de olho nas regras de utilização de cada praia que você vai.

A praia de Akumal, por exemplo, já foi conhecida devido a possibilidade de nadar com as tartarugas, mas a atividade acabou sendo suspensa por tempo indeterminado em 2018, devido a uma forte ação de preservação animal, mas continuou livre para o banho de mar.

Além disso, existem algumas áreas em que é proibido à entrada de turistas devido a presença de capim, que é um dos principais lugares da região onde as tartarugas se alimentam.

Para facilitar, fique de olho nas placas explicativas que são colocadas próximas da praia ou de estabelecimentos, que possuem todas as informações que você precisa saber.

Vale dizer que grande parte das áreas de praia funcionam de forma privativa e a entrada se dá através de restaurantes, bares bem como resorts, o que pode ser uma boa opção escolher comer em alguns desses restaurantes.

cozumel snorkeling Dicas do que fazer em Tulum: Passeio incrível na Riviera Maya

Os restaurantes, entretanto, não permitem que você saia da área do estabelecimento e vá a praia comendo devido a preservação e, por isso, existem cercas que mostram os limites para alimentação.

Algumas praias mais desertas da região não têm restaurantes, apenas mercadinhos próximos que podem ser uma opção para comprar lanches.

A praia Akumal é uma das praias que tem poucos restaurantes e preços mais altos, já nas outras praias da Riviera Maia e Cancun, é possível encontrar mais opções e preços mais acessíveis.

Já as atividades marinhas, como snorkel ou mergulho com cilindro, podem necessitar de guias turísticos ou compra de equipamentos, que podem ser feitos em diversos estabelecimentos e agências que se estendem na área litorânea.

Biosfera Sian Ka’an

Nos limites da Biosfera Sian Ka’an é possível fazer tours com algumas agências que saem de diversos lugares da Riviera Maia, vale dizer que cada agência tem tours bastantes específicos, com variação de preço bem como duração.

Entre as principais atividades feitas nessa região, você encontra os passeios de jeep ou barco, flutuação nas lagoas e mergulho próximos de recifes e corais.

Na reserva de Sian Ka’an também é possível observar animais marinhos no habitat natural sem fazer nenhum tipo de interação, como golfinhos e tartarugas.

tulum 7 1 Dicas do que fazer em Tulum: Passeio incrível na Riviera Maya

Geralmente, os tours duram em torno de 3 horas e o preço chega a R$ 700, de acordo com as atividades que você escolheu e é possível contratar as agências para buscar você em Tulum, Cancun e Praya del Carnem para ir até a reserva.

Dicas extras de viagem

Uma dica extra de viagem é sempre fazer a compra dos ingressos com antecedência, além de garantir o seu lugar, você consegue evitar as filas e algumas vezes até aproveita algum desconto.

Existem diversas agências, oferecem pacotes de passeios mais acessíveis para clientes que escolhem mais de uma atração.

Além disso, é possivel ter maiores possibilidades sobre o que fazer em Tulum México e, por isso, organizar o seu roteiro com antecedência é a melhor resposta.

Entre as praias, cenotes e parques, você pode aproveitar o centro urbano da cidade e todos os comércios locais.

Uma das dicas que podem te ajudar, é não perder tempo no hotel nos primeiros dias de viagem ou logo pela manhã, reservando esses horários para os passeios em ruínas ou praias e aproveite o hotel para descansar ou curtir o início da noite.

Toda a área da Riviera Maia conta com estabelecimentos que recebem diversos tipos de moedas bem como cartões, mas a dica é ir preparado e com ao mesmo parte do dinheiro em peso, para facilitar na hora de fazer compras ou mesmo conhecer restaurantes menores.

Você pode escolher trocar as moedas em Casas de Câmbio, Bancos, Aeroportos e Agências, mas em todos os casos, a conversão da moeda depende de um taxa de câmbio que calcula o valor que você vai receber de acordo com a flutuação do lugar para o qual você vai.

Para evitar de fazer um mau negócio, fique de olho na flutuação da moeda para escolher o melhor momento de fazer essa troca e já garantir dinheiro trocado quando chegar no seu destino final.

PARTICIPE! DEIXE UM COMENTÁRIO

Por favor, deixe seu comentário
Por favor informe seu nome aqui