Bonito – Roteiro Completo e todas as dicas de passeios

Bonito é um dos destinos mais requisitados do Brasil devido sua ampla atividade turística, a maior parte, focada nas águas cristalinas de suas piscinas naturais ou na prática de atividades radicais. Mas com tantas alternativas de passeios, o que deve ser incluído ou deixado de fora do roteiro?

O primeiro passo na hora de montar o seu roteiro completo em Bonito é saber quanto tempo pretende ficar na cidade. Aqui, você vai encontrar possibilidades de roteiros de 5 ou 7 dias em Bonito.

Pontue os pontos turísticos listados que você considera mais atraente e monte o seu próprio roteiro baseado nos seus interesses pessoais.  Infelizmente fique sabendo que se você tem menos de 10 dias para gastar, alguma coisa vai precisar fora do mapa.

Neste post você vai descobrir:

  • Roteiro completo em Bonito
  • Dicas de passeios
  • Principais pontos turísticos de Bonito
  • Dicas de viagem para Bonito, no Mato Grosso

Roteiro de 5 dias para Bonito

Bonito fica localizada a 300 km da capital de Campo Grande e as rotas mais operadas são feitas pela Azul ou Gol na segunda, aquarta e sábado. Do aeroporto é possível pegar carros ou até um uber até o seu hotel.

Se o seu ponto de partido é Campo Grande (como a maioria) fique sabendo que são algumas horas até chegar em Bonito, por isso, é de grande valia já estar com a programação na ponta da língua.

Dia 1 – Rio Formoso, Gruta do Lago Azul e Gruta São Miguel

Já no primeiro dia de viagem é possível fazer os passeios pelos principais pontos turísticos de Bonito.  Mas para fazer esse roteiro fique sabendo que você vai precisar acordar bem cedo todos os dias e ir dormir cedo também, para aguentar os trajetos do dia seguinte.

Rio Formoso

Rio Formoso, Bonito

Comece o dia fazendo uma visita pelo Rio Formoso, o qual pela manhã fica com um frescor peculiar que te fará sentir como se estivesse lavando os pulmões. Há vários passeios de bote ou canoa que partem desde as 8:30 da manhã. O passeio também pode ser adaptado para a tarde, logo depois do almoço.

Gruta do Lago Azul

Pontos turísticos de Bonito - Lagoa Azul

A caverna conta com estalactites e estalagmites de calcário gigantescas. Abaixo, a água azul cristalina dá um tom especial para o cenário.

O passeio deve ser agendado para a segunda parte da manhã, lá pelas 10 horas e, antes de ir, é melhor fazer a sua reserva e já deixar o seu ticket comprado no site da fundação, o que irá te custar algo em torno de R$ 45,00 por pessoa.

Gruta de São Miguel

Gruta de São Miguel, Bonito

Da Gruta do Lago Azul fica fácil chegar na Gruta do São Miguel, que é alguns quilômetros adiantes. Lá o que predomina são as formações rochosas de diversos tipos e formatos, muitas das quais demoram de 10 a 30 mil anos para se formar.

Almoce no meio do caminho em um dos restaurantes dispostos na estrada  – há várias opções de comidas típicas mineiras, aproveite para experimentá-las.

No fim da tarde e à noite desfrute da infraestrutura do hotel onde está hospedado ou aproveite para agendar um jantar em um dos restaurantes de Bonito.

[VEJA TAMBÉM: Roteiro de Aventuras em Brotas, SP]

Dia 2 – Passeio no Rio Sucuri e Visita a Estância Mimosa

Estância Mimosa, Bonito

O dia dois pode ser dividido entre a manhã e a tare. Para a parte da manhã vale a pena conhecer a Estância Mimosa, um povoado de arquitetura original e cheio de opções de restaurantes charmosos. O lugar é excelente para comprar compotas de geleias, doces-de leite e geleia de figo.

Ainda na Estância aproveite para conhecer o circuito de trilhas e cachoeiras disponíveis pelas estradas em suas redondezas.

Depois do almoço parta para o Rio Sucuri, o qual conta com possibilidades de passeio a canoa ou flutuação. O visual das águas cristalinas é essencial para quem procura renovar as energias num recanto natural.

Rio Sucuri, Bonito

Dia 3 – Mergulho no Buraco das Araras e Flutuação no Rio da Prata

Roteiro Completo Bonito - Buraco das Araras

Comece o dia com uma flutuação no Rio Prata, o ideal é que o roteiro dê inicio ás 8:30 da manhã. Por lá você ainda poderá contar com a prática do boia cross e mergulhar junto com os peixes de diferentes espécies.

Ainda na estrada há várias opções de restaurantes com um tom caseiro, em alguns deles, a comida é feita até no fogão de lenha para dar um sabor ainda mais aconchegante aos turistas.

Na parte da tarde, após o almoço, parta para o Buraco das Araras. Esse é um dos principais cartões postais de Bonito, afinal, seu visual de águas cristalinas e formações rochosas cheias de ninhos de araras é mesmo encantador.

No local há vários passeios, tal como o rafting, rapel e até a prática de asa delta sobre os morros.

Se sobrar tempo aproveite para conhecer o centro da cidade na volta, o que não vai te custar mais do que duas horas.

Dia 4 – cachoeira Boca da Onça

Roteiro Completo Bonito - cachoeira das onças

A Cachoeira Boca da Onça é um das mais famosas de bonito e é a mais alta de todo o Mato Grosso do Sul. Desde a trilha o ponto turístico encanta pela beleza natural,  cheio de riqueza de flora e fauna.

Se você chegar cedinho, lá pelas 8:30 da manhã ainda poderá ver o nascer do sol que dá uma luminosidade especial às águas cristalinas que despencam de uma queda de água com mais de 50 metros de altura.

Aproveite os passeios disponíveis nas redondezas, como rapel, boia cross e o próprio banho de cachoeira.

Na parte da tarde aproveite para dar uma volta pelos chalés e restaurantes de comida típica de Bonito.

Dia 5 – Cachoeira da Serra da Bodoquena

Serra da Bodoquena, Bonito

A Cachoeira da Serra da Bondoquena é ideal para fechar a viagem com chave de ouro. Ainda de manhã cedo parta para a estrada, afinal são 70 km para percorrer – para quem parte do centro de Bonito.

A visitação à Cachoeira da Serra da Bondoquena é essencial para quem quer conhecer a diversidade da Mata Atlântica e do Cerrado, duas faunas presentes em Bonito.

Roteiro de 7 dias para Bonito

Faça o roteiro completo de 5 dias até a cachoeira da Serra da Bodoquena. Depois inclua mais dois dias de viagem com a visitação dos seguintes pontos turísticos:

Dia 6 – Visita ao Abismo Anhumas

Abismo das Anhumas - Bonito

O passeio é considerado um dos mais bonitos da cidade e fica somente a 23 km de distância da região central da cidade.  O ponto turístico conta com uma caverna do tamanho de um campo de futebol, tendo um acesso por uma fenda de 72 metros de altura – própria para a prática de rapel.

Dentro da caverna está liberado banhar-se pela água cristalina e gelada, mas é preciso cuidado, pois a profundidade é de 80 metros e a pressão é tanta que pode incomodar até mesmo os banhistas mais experientes.

Ainda dentro da caverna está incluso no passeio uma viagem de bota pelo lago e a flutuação. Inclusive, os guias fazem questão de explicar sobre as formações de calcário que demoram milênios de anos para serem construída e resultam em verdadeiras obras de artes naturais.Lá mesmo está armazenado o maior cone de cal do mundo, com 19 metros de altura!

Aos corajosos, há a possibilidade de fazer um mergulho com cilindro pelo lago, contudo, ele promete ser um pouco caro (média de R$ 63,00 sem mergulho e R$ 800,00 com mergulho). Portanto, se deseja aproveitar a oportunidade já vá com o bolso preparado.

Se você tem medo de altura fique sabendo que a única forma de acesso à fenda é pela descida de uma corda, o que vai te fazer ter a sensação de estar caindo num abismo. Contudo, há vários profissionais preparados para orientá-lo tanto na descida quanto na subida.

A visita ao Abismo das Anhumas leva um dia todo e é bastante cansativo, por isso, reserve um dia de sol para aproveitar desse ponto turístico de Bonito.

Dia 7 – visita ao Aquário Natural na Baía Bonita e pela trilha da Ceita Corê

Aquário Natural em Bonito - Roteiro Completo

O Aquário Natural localizado na Baía Bonita com acesso pela trilha da Ceita Corê,  é o local perfeito para quem quer mergulhar. Primeiramente, os profissionais fazem um mergulho guiado numa piscina para a adaptação.

Depois de pegar o jeito com o aparelho de respiração parte-se para o mergulho no Rio, de onde pode-se ver uma variedade de mais de 30 espécies de peixes, sendo muitas nativas.

O equipamento de mergulho envolve uma máscara, snorkel, roupa de neoprene e adaptada para baixas temperaturas, calçado apropriado e pés de pato para facilitar o mergulho.

O passeio deve levar meio dia, seja ele feito na parte da tarde ou da manhã.

Pontos turísticos em Bonito

Além dos pontos turísticos já citados nas alternativas de roteiros aqui listadas, você também pode querer inclui ao menos um dos seguintes atrativos:

  • Parque das Cachoeiras;
  • Ybira Pe;
  • Balneário do Sol;
  • Balneário Municipal;
  • Rio do Peixe;
  • Parque Ecológico do Rio Formoso;
  • Praia da Figueira.
  • Lagoa Misteriosa;

Dicas de viagens para Bonito

Para deixar a usa viagem ainda melhor programada confira as dicas abaixo para fazer o seu check-list antes de partir para o destino.

Quando ir para Bonito?

Há infraestrutura turística para receber hospedes o ano inteiro, contudo, cada época possui um atrativo diferente. No verão, a temperatura da água fica mais agradável, mas os preços de alta temporada salgam a maior parte dos passeios.

Além disso, o volume das chuvas faz com que a vasão dos rios aumente consideravelmente. No caso de quem quer visitar a Lagoa Azul, esse fato irá deixa-la ainda mais bonita.

Quem quer tirar a famosa foto de dentro do Abismo Anhumas com um feixe de luz atravessando a caverna deverá apostar entre o mês de Dezembro a Janeiro.

Já no inverno e no outono os rios ficam com menos vasão e, dependendo da incidência de chuvas, pode até secar. Além disso, nessas épocas as temperaturas são mais amenas e os mergulhos ficam mais gelados. Contudo, os preços caem e a incidência de turistas é muito menor – o que é bom para quem procura por sossego.

Compre os tickets de passeios com antecedência

Uma ideia que pode ser bem estratégia é comprar os tickets de passeios com antecedência, assim, você conseguirá pagar mais barato e ainda economizará tempo. Se for viajar na alta temporada então, isso lhe fará furar a fila de espera nos guichês (o que é ótimo!).

Além disso, é importante lembrar que grande parte dos pontos turísticos abertos para visitações não possui bilheteria. Portanto, será impossível comprar o ticket na hora. Agora já imaginou a frustração de percorrer alguns quilômetros e ser impossibilitado de fazer o passeio por falta de planejamento?

Os pontos turísticos que não possuem bilheteria em bonito são:

  • Rio da Prata;
  • Gruta do Lago Azul;
  • Rapel no Abismo Anhumas.

Só não se esqueça de levar o comprovante de sua compra, pois há vários turistas que reclamam do despreparo das agências de passeios não somente em Bonito como em vários outros pontos do Brasil.

Onde comer em Bonito

Aproveite a estada em Bonito para desfrutar dos pratos típicos da região, que incluem Pintado a Urucum, Pirarucu com molho de gengibre, pacu na brasa,  uma série de peixes de água doce e pirões para acompanhar.

Algumas opções de estabelecimentos populares para aproveitar a gastronomia em Bonito são:

  • Casa do joão;
  • Tapera Restaurante;
  • Juanita Restaurante.
  • Zapi Zen;
  • Cantinho do peixe;
  • Restaurante Aipim Cozinha de Raízes;
  • Taboa;
  • O casarão;
  • Vício da Gula.

Alugue um carro

O aluguel de carro irá facilitar muito a sua viagem para Bonito, você já pode solicitar o serviço diretamente no aeroporto.  Com ele economizará tempo e ganhará mais liberdade para traçar as rotas.

Caso fique na base da caminhada prepare calçados confortáveis, pois de um ponto turístico para o outro nem sempre há ônibus e são alguns quilômetros de caminhada – o que vai te consumir algum tempo.

Há vários hotéis que disponibilizam caronas e passeios feito em grupos pequenos pelos principais pontos turísticos de Bonito, tal como as grutas, cachoeiras e rios para flutuação. Essa estratégia pode sair mais barata do que o aluguel de um carro, portanto, confirme a disponibilidade do serviço.

PARTICIPE! DEIXE UM COMENTÁRIO

Por favor, deixe seu comentário
Por favor informe seu nome aqui