Não vá para o Atacama antes de ler isso (Dicas essenciais)!

Dicas Deserto do Atacama

Para ajudar a tirar as dúvidas da sua viagem, selecionamos as dicas essenciais do Deserto do Atacama que todo o viajante deve saber antes de ir para lá. Confira!

 

Dicas de como Chegar no Deserto do Atacama

 

  • São Pedro do Atacama é a cidade base para todos os passeios. O jeito mais fácil de chegar até lá é pegar um voo saindo de Santiago do Chile até a cidade de Calama e a partir daí pegar um transfer até San Pedro.
  • Para ir do aeroporto de Calama até San Pedro do Atacama, a dica é contratar o transfer da empresa Licancabur que fica logo na saída do aeroporto. Comprando os tíquetes de ida e volta você ganha um desconto. Veja mais no post Como ir para o Deserto do Atacama.

 

Dicas de onde ficar no Atacama

 

  • Todos os hotéis e pousadas ficam na cidade de San Pedro do Atacama.
  • Para uma boa localização, a dica é ficar nos hotéis e pousadas próximos da rua Caracoles. Leia mais no post Onde ficar no Deserto do Atacama.

 

Dicas Deserto do Atacama – o que levar na mala

 

  • Leve uma mochila pequena para guardar suas coisas durante os passeios.
  • Independente da estação do ano, as temperaturas no Deserto do Atacama variam muito ao longo do dia e faz frio nos passeios que ficam em grandes altitudes. Por isso, inclua roupas de inverno na sua mala.
  • Para o frio, roupas térmicas (segunda pele) não são obrigatórias mas são uma boa opção.
  • Deixe um espacinho na mala também para o cachecol, gorro e luva.
  • Leve roupas de frio do Brasil. Não espere comprar nada por lá pois a cidade de San Pedro é pequena e não oferece muitas opções de lojas de vestiário.
  • Prefira levar na mala roupas confortáveis e que podem sujar.
  • Sobre as roupas confortáveis, lembre-se que o Deserto do Atacama é o deserto mais árido do mundo. Então você vai andar bastante embaixo de sol em um clima seco com poeira vermelha. Nada de calça jeans, sapatos com salto, roupas sem elasticidade. Prefira roupas e sapatos de trekking e evite roupas muito claras. Se sujar é normal por lá.
  • Óculos de sol e boné/chapéu também são itens essenciais para levar na mala.
  • Não esqueça de colocar na mala uma roupa de banho. Em alguns passeios você vai precisar.
  • Leve na mala também hidratante corporal, soro ou hidratante para o nariz (maxidrate ou similar), colírio para os olhos, muito protetor solar, protetor labial, lenços de papel e álcool em gel para limpar as mão.
  • Não esquece de levar seus medicamentos pessoais.
  • Caso falte algum medicamento simples ou produto de higiene, existe farmácia e mercadinhos espalhados pela cidade.

>> PLANEJE SUA VIAGEM << ENTENDA POR QUE O SEGURO VIAGEM É INDISPENSÁVEL  PARA VOCÊ FAZER UMA VIAGEM TRANQUILA E ECONÔMICA!

Dicas de onde comer no Deserto do Atacama

 

  • Assim como todos os outros comércios, os restaurantes e lanchonetes ficam na região da rua Caracoles.
  • A comida no Chile não é tão diferente do que encontramos no Brasil. A variedade é bem menor mas pelo menos você sempre vai encontrar muito frango, batatas e saladas. Contamos as dicas, preços e como foi nossa impressão dos restaurantes no Atacama no post Roteiro completo no Deserto do Atacama.

 

Dicas Deserto do Atacama – contratando os passeios na agência

 

  • Leia muito sobre o Atacama antes de ir e saiba quais passeios você quer fazer. Como a concorrência entre as agências em San Pedro do Atacama é muito grande, desconfie sempre se eles falarem que algum passeio não compensa. Você pode escutar essa conversa porque a empresa não oferece o roteiro. Veja todos os passeios que fizemos no post Roteiro completo no Deserto do Atacama.
  • Não reserve os passeios antes da viagem. A dica é deixar para reservar quando já estiver lá, depois de pesquisar os preços. Pessoalmente você pode negociar e pedir desconto.
  • Pesquise muito os preços em San Pedro do Atacama antes de fechar os passeios. Sai mais barato cotar um pacote completo com todos passeios que você quer fazer do que comprar cada um separadamente.
  • Confirme na agência se os passeios terão um motorista e um guia. Pode ser que eles mandem apenas um guia que também será o motorista. Isso impede que o guia passe informações durante o trajeto e pode interferir em uma boa organização do tour
  • Os principais passeios para fazer no Deserto do Atacama e que não podem faltar no seu roteiro são: Vale da Lua, Lagunas Altiplanicas e Salar de AtacamaLaguna Cejar e Tebinquinche e Geisers del Tatio.
  • Antes de fechar o pacote, a dica é perguntar se a agência leva água doce para a Laguna Cejar. Leia o post Laguna Cejar e Tebinquinche para entender como essa dica é importante!
  • Também pergunte na agência qual será o cardápio do almoço e/ou café incluso em cada tour (a qualidade das refeições varia de agência para agência).
  • Se conseguir, tente fazer um passeio com a agência antes de fechar todo o pacote. É legal para você conhecer um pouco do serviço. Mesmo assim os guias podem variar de tour para tour. Fizemos o nosso primeiro tour, Geisers del Tatio, com uma empresa e os demais fizemos com outra.
  • Veja quais os dias e horários que saem os passeios para você poder se programar. Por exemplo, na época em que viajamos para lá, o tour para o Salar de Tara só era feito nas quartas-feiras.
  • Deixe para fazer os passeios de grandes altitudes nos últimos dias. Até lá o seu corpo já terá se aclimatizado melhor.

 

Está gostando do conteúdo? Então assine nossa lista VIP abaixo e receba dicas e novidades do ILoveTrip.

[optinform]

Dicas para os passeios no Deserto do Atacama

 

  • Prepare-se para se agasalhar bastante para o tour aos Geisers del Tatio. A grande altitude e o horário do passeio fazem com que esse tour seja o mais frio de todos. Veja mais no post Geisers del Tatio no Deserto do Atacama.
  • Além dos Geisers del Tatio, se agasalhe bem para os outros passeios de grandes altitudes: Salar de Tara, Lagunas Altiplanicas. Mesmo com sol, o vento pode ser bem gelado.
  • Para o passeio da Laguna Cejar e Geisers del Tatio, a dica é levar roupa de banho.
  • Não existem muitos banheiros durante os passeios. No tour ao Salar de Tara, por exemplo, ao longo do dia não passamos por nenhum banheiro.
  • Antes de subir para grandes altitudes, a dica para evitar o mal da altitude ou soroche é não ingerir bebidas alcoólicas, preferir alimentos leves e tomar muita água.
  • Uma dica para combater o mal da altitude ou soroche é tomar o chá de coca, popular no Atacama. Fique tranquilo que a erva é natural, medicinal, e não tem propriedades alucinógenas.
  • Você não precisa ser um atleta para fazer os passeios no Atacama. Você vai ter que andar um pouco mas os trajetos são tranquilos (nível fácil a médio). Todos os passeios são feitos com carros que deixam o grupo praticamente na porta dos lugares.
  • Além da secura do ar e necessidade de tomar muita água, prepare-se para o sol forte do Deserto do Atacama. A dica fundamental é andar com protetor solar, boné/chapéu, óculos de sol e preferencialmente roupas que evitem menos a exposição da pele ao sol (calças e camisetas com manga).
  • Os mercadinhos espalhados na cidade são ótimos para comprar garrafas de água e comidinhas para comer durante os passeios (chocolates, biscoitos, barras de cereal, etc).
  • Os itens essenciais para levar na mochila durante o passeio são: água, comidinhas, protetor solar, protetor labial, óculos de sol, boné/chapéu, lenços de papel e álcool em gel.
  • Uma curiosidade: em alguns passeios, você encontra várias pedrinhas empilhadas ao longo do caminho. Muitas pessoas dizem que essas pedras trazem boas energias e que elas também são uma tradição antiga, dos Incas, que usavam as pedras empilhadas para marcar os lugares.

 

Dicas de como levar dinheiro para o Deserto do Atacama

 

  • Não leve reais para o Atacama. A moeda brasileira só é bem cotada nas casas de câmbio em Santiago do Chile.
  • Para dinheiro, a melhor forma é levar moedas fortes como dólar ou euro, pois será mais vantajoso na hora do câmbio. Muitas agências aceitam pagamento em dólares com boas cotações.
  • A segunda opção é você sacar moeda local diretamente na sua conta, usando o seu cartão bancário em ATMs (caixas eletrônicos). Neste caso, você pode sacar dinheiro na conexão no aeroporto de Santiago ou em San Pedro. Confirme com seu banco se o seu cartão de crédito está habilitado para isso e as taxas cobradas.
  • Na cidade de San Pedro do Atacama existem caixas eletrônicos para sacar dinheiro na rua Caracoles e em frente ao Museu El Paige.
  • A melhor forma de levar dinheiro para o Atacama evitando imprevistos é mesclar as opções:  leve um pouco de dólares ou euros, saque dinheiro nos ATMs e se necessário use seu cartão de crédito.

 

Dicas de quantos dias ficar e melhor época para ir ao Atacama

 

  • A dica é ficar no mínimo quatro dias inteiros no Atacama para fazer os principais passeios.
  • No Deserto do Atacama todos falam espanhol. Como existem muitos turistas brasileiros por lá, fique tranquilo que a língua não será problema, muitas pessoas entendem o português. Se pintar uma dúvida, arrisque no portunhol. O inglês também é normal por lá porque existem muitos turistas estrangeiros.
  • A melhor época para viajar ao Atacama é na primavera ou outono. No inverno as temperaturas são muito frias e no verão pode ser muito quente. De janeiro a março também existe uma pequena probabilidade de chover. Veja mais sobre isso em Deserto do Atacama: qual a melhor época para visitar

 

Dicas finais do Deserto do Atacama

 

  • Uma curiosidade é que saindo de Calama e antes de entrar na cidade de São Pedro do Atacama a paisagem vai mudando e os carros passam por um uma espécie de corredor de rochas que lembram dinossauros. Repare, é bem diferente!
  • Como o Atacama é muito seco, na hora de dormir molhe uma toalha e pendure perto da sua cama para aumentar a umidade do ar durante à noite. Uma receitinha caseira que ajuda muito.
  • O Posto de Informações Turísticas fica em frente a praça central.
  • Para comprar artesanato e lembrancinhas, passe na feirinha ao lado da prefeitura.
  • O clima é bem extremo, perto do meio dia faz muito calor e à noite a temperatura cai bastante.
  • A cidade é segura, com muitos turistas do mundo todo então é tranquilo viajar sozinho(a).

 

Vamos bater um papo com a gente? Deixe sua dúvida ou opinião nos comentários abaixo.

 

Gostou do post? Então assine nossa lista VIP abaixo e receba dicas e novidades do ILoveTrip.

PARTICIPE! DEIXE UM COMENTÁRIO

Por favor, deixe seu comentário
Por favor informe seu nome aqui