O que fazer em Pucón: Roteiro dia 3

Pucon Termas Geométricas passarela de madeira vermelha
O que fazer em Pucón - lindo cenário das Termas Geométricas

No nosso terceiro dia em Pucón, fizemos um passeio até o Vulcão Villarrica, mas nada de trekking, escaladas e acordar antes das 6h. O passeio foi bem mais tranquilo. No mesmo dia ainda visitamos um mirante na cidade, conferimos um belo artesanato de flores em madeira e almoçamos em um delicioso restaurante italiano.  À tarde fizemos um passeio mais longo até as Termas Geométricas, a mais linda Termas de Pucón.

Leia Também => Onde é melhor ficar em Pucón: relação de os melhores Hotéis indicados por viajantes

O que fazer em Pucón – Vulcão Villarrica

Para começar o dia, fizemos o passeio até a base do Vulcão Villarrica pela empresa Florencia. ( Av. Bernardo O’Higgins, 480). Apesar de ser um dos passeios mais famosos, optamos por não fazer o trekking até o topo do vulcão e fizemos o passeio mais light só até a entrada do Parque Nacional Villarrica. Contamos todos os prós e contras da subida ao vulcão e as alternativas de passeio no post Vulcão Villarrica – Pucón. Não deixe de conferir!

 

Pucon agência de turismo Florencia
Fachada da agência Florência em Pucón

O passeio foi muito bom e deu para sentir o gostinho de chegar mais perto do Villarrica. Foi só uma pena que a estação de esqui e o teleférico não estavam funcionando devido à baixa temporada. Mas ainda assim pegamos o chão cheio de neve e o passeio foi bem divertido.

 

Pucon Vulcão Villarrica parque Nacional
Mesmo na baixa temporada, o chão estava branquinho de neve
Pucone Parque Villarrica teleférico
Teleférico e a estação de esqui ( fechados na baixa temporada)
Um gigante adormecido.
Entrada do parque Nacional Villarrica

 

O que fazer em Pucón – Mirante e flores de madeira

 

Na volta, paramos em um mirante próximo a um cemitério. Como a cidade é plana, a vista do mirante que fica em um lugar mais alto é bem legal.

 

Vista da cidade de Pucón
Vista da cidade de Pucón

Ainda com a excursão, fizemos uma outra parada em uma feirinha de artesanato com flores em madeira. O trabalho é bem bonito.

 

Pucon artesanato flores em madeira
Artesanato em Pucón – flores de lascas de madeira

 

Onde comer em Pucón – almoço no restaurante Senzo

 

No final da excursão, já de volta ao centro de Pucón, fomos almoçar no ótimo restaurante Senzo. O lugar é bonito, super aconchegante e tem um ar bem romântico, ideal para apreciar uma boa comida e um excelente vinho chileno. Pedimos uma massa que estava deliciosa.  O restaurante Senzo fica na rua/calle Fresia, 284 .

 

Decoração agradável como todos os lugares em Pucón.
Decoração agradável como todos os lugares em Pucón.
Pucon Restaurante Senzo
Restaurante Senzo – salão principal

Depois do almoço, voltamos até a agência de turismo Florencia para nossa próxima excursão que seria até as Termas Geométricas. Só tínhamos nós na excursão. No caminho passamos pela cidade de Villarrica e depois de 1h30 de viagem chegamos no paraíso!

 

 O que fazer em Pucón – Termas Geométricas

 

A primeira impressão ao chegar nas Termas Geométricas é que você está entrando em um cenário de filme. É de cair o queixo de tanta beleza! O ambiente lembra um pouco um jardim japonês, com lindas construções em madeira pintada de vermelho. A estrutura foi idealizada justamente para integrar a bela paisagem natural com as piscinas de água quente, dando um toque todo especial ao lugar.

 

Recepção calorosa!
Hall de entrada nas Termas Geométrricas – recepção calorosa!

Um caminho percorrido em cima de um riacho, ao redor de muita natureza, leva até lindas cascatas e 20 poços de águas termais, com temperaturas que podem chegar até a mais de 40 graus. É tão quente que dá para ver o vapor saindo das piscinas.

Como o clima do sul do Chile é sempre friozinho, a sensação de entrar nas termas é ótima e não dá vontade de sair da água! Como estávamos em baixa temporada nos Lagos Andinos, as piscinas das Termas Geométricas não tinham quase ninguém, o que nos rendeu uma sensação de reis do pedaço, com as piscinas praticamente só para nós.

 

Cenário perfeito
Cenário perfeito
o-que-fazer-pucon-thermas-roda
Caminho cercado por vegetação e muita água

Dica: vá de agasalho e leve toalha e roupa de banho. Existem vestiários e banheiros próximos às piscinas.

 

Atenção às placas. Realmente em muitos lugares à água "pega fogo"
Atenção às placas. Realmente em muitos lugares à água “pega fogo”
Nas piscinas, há o indicador de temperatura.
Nas piscinas, há o indicador de temperatura
Infraestrutura completa para você relaxar.
Infraestrutura completa para você relaxar

As Termas Geométricas ficam a cerca de 70 km de Pucón, entre a cidade de Conãripe e o Parque Nacional Villarrica. Como é uma das atrações mais distantes de Pucón, também é um dos passeios mais caros – e também um dos mais bonitos da região dos Lagos Andinos do Chile. Por isso, não deixe de incluir as Termas Geométricas no seu roteiro de viagem.

 

São muitas piscinas ao longo do caminho
Termas Geométricas – muitas piscinas ao longo do caminho

 

Onde comer em Pucón – jantar no restaurante Chef Pato

 

No jantar, fomos comer novamente no restaurante Chef Pato. Já falamos mais sobre o restaurante no post O que fazer em Pucón: roteiro dia 2.

 

Despesas para duas pessoas

  • Excursão Parque Nacional Villarrica: 20 mil pesos
  • Almoço Senzo: 15 mil pesos
  • Excursão para Termas Geométricas: 70 mil pesos
  • Jantar Chef Pato:  12.600 pesos

Veja Mais => O que fazer em Pucón: Roteiro dia 1
O que fazer em Pucón: Roteiro dia 2

Leia nossos outros posts sobre o Chile:

 

Dúvidas? Sugestões? Opiniões sobre o Pucón?

* Os valores e os dados apresentados no site podem sofrer alterações. Por isso, antes de viajar, confirme os valores e informações com as empresas responsáveis.

2 COMENTÁRIOS

  1. Ola Carla,
    Vou passar 7 dias em santiago mas não tinha me programado para conhecer Pucon, Mas agora vendo seu site estou louco para conhecer. Entao estava pensando em pegar um voo para temuco (chegaria umas 9h da manha) fazer este passeio que você fez (villa rica e termas) e retornar para santiago a noite (umas 20h o voo de volta). Voce acha que compensa?
    Vou ficar no chile entre 12 e 18/7. Caso compense, você acha esse período uma boa epoca para visitar Pucon?
    Quantos as passagens ja vi e sai por volta de 380,00 reais, nao achei caro. Minha duvida maior é mesmo quanto ao pouco tempo que vou ter.

    Muito Obrigado.

    • Oi Emerson!

      Acho que fica um pouco cansativo e vai perder tempo do aeroporto de Temuco até Pucón e vice versa. Mas se fizer questão de ir lá (e olha que é lindo!) uma boa é você tentar dormir pelo menos uma noite em Pucón. Fale com a empresa Turismo Florencia ou outra da cidade para ver os horários dos passeios.

      O vulcão nessa época vai ser top porque é alta temporada e as pistas de esqui estão abertas. As termas, dei uma olhada e ficam abertas no inverno (é até legal ver o contraste do quente com o friozinho de fora) mas entra em contato com eles também para ver se os horários vão combinar com o seu pouco tempo na cidade.

      Um abraço e boa viagem pra vc!

PARTICIPE! DEIXE UM COMENTÁRIO

Por favor, deixe seu comentário
Por favor informe seu nome aqui