O que fazer em Pucón: Roteiro dia 2

No passeio por La Zona, você encontrará lugares fantásticos.

Nesse dia fizemos o tour por La Zona onde conhecemos o Lago Caburgua e as Playas Blanca e Playa Negra. Depois fomos até as piscinas e cachoeiras dos Ojos de Caburgua. No final do dia, fomos ao famoso passeio noturno até as Termas de Los Pozones.

Leia Também => Onde é melhor ficar em Pucón: relação de os melhores Hotéis indicados por viajantes

O que fazer em Pucón – transfer por La Zona

 

O ônibus não é lá essas coisas...
Ônibus do transfer

Saímos cedo do hotel em direção ao terminal de ônibus Buses Caburgua (rua/calle Uruguay, 540, próximo ao terminal de ônibus da empresa JAC). Lá pegamos um micro ônibus sentido Parque Huerquehue. O tranfer passa por vários pontos turísticos de Pucón, ou como eles chamam, tour por La Zona.

Dependendo do lugar onde você vai descer, você pagará uma quantia diferente. O transfer de ida e volta para o Parque Huerquehue estava pelo preço de 3.600 pesos. Não chegamos a ir até o parque então nossa primeira parada foi no Lago Caburgua.

 

Cuidado com o Titanic do Lago Caburga.
Cuidado com o Titanic do Lago Caburgua

Dica: na cidade de Pucón você encontra muitas agências de turismo receptivo. Para não pagar tão caro nos passeios até La Zona, você tem a opção de ir de ônibus, maneira fácil, barata e que muitos turistas escolhem para conhecer a região do Lago Caburgua.

Dica: se você quiser conhecer o Parque Huerquehue veja os horários de volta dos ônibus e se programe antes de ir. Como algumas trilhas são longas, você pode acabar perdendo o ônibus de volta.

 

O que fazer em Pucón – Lago Caburgua, Playa Blanca e Playa Negra

 

Descemos do ônibus na rua de frente ao Lago Caburga, que mais parece uma praia, por isso o nome de Playa Blanca. Algumas barraquinhas, bares, lanchonetes davam a impressão de como aquele lugar fica cheio de gente no verão dos Lagos Andinos em Pucón. Como fomos fora de temporada, a praia estava vazia, bem sossegada. O cenário da praia formada pelo lago tem alguns pedalinhos, quase nenhuma onda e areira fofa, grossa e mais escura.   Perto dali uma trilha leva para outras prainhas ao redor, inclusive a Playa Negra, também famosa na região do Lago Caburgua.

 

Playa Branca
Playas no Lago Caburgua
Qual será? Playa Negra
Playa Negra

O que fazer em Pucón – Ojos de Caburgua

 

Voltamos a rua em que descemos do ônibus e esperamos, em frente a uma lanchonete/bar, o ônibus de volta. A próxima parada foi os Ojos de Caburgua, outro ponto turístico de Pucón. Da rodovia até a entrada do parque você anda cerca de 300 metros em uma rua de terra. A entrada é paga. No lugar você encontra um bosque com trilhas que chegam a lindas piscinas naturais e cachoeiras formadas pelas águas do Lago Caburgua.

Um dos lugares mais lindos do parque é a Laguna Azul, um lago que ganha a coloração azul devido à incidência de luz durante algumas horas do dia. As cachoeiras por ali também tem um azulado, com águas cristalinas. As pessoas costumam jogar moedas nas águas para trazer sorte.

O ruim é que você não pode entrar em nenhuma das cachoeiras e piscinas. Tudo ali é para contemplação. Mesmo assim vale a pena porque o lugar é lindo!

 

águas límpidas e transparentes
Águas límpidas e transparentes
Belas cachoeiras e repare no tom azul da água.
Cachoeira azul
Ojos de Caburga
Ojos de Caburgua

 

Onde comer em Pucón – almoço no Restaurante e Pizzaria Chef Pato

 

Voltamos para a estrada e pegamos o mesmo ônibus de volta, agora sentido Pucón. Fomos almoçar na Avenida O’higgins no restaurante Chef Pato, com boas recomendações. O lugar é agradável e o custo benefício bom. Comemos um prato com carne, arroz, purê e salada, com uma entradinha de patês e pães. Estava tudo muito bom, correspondendo com as nossas expectativas. No geral, tivemos uma boa impressão da maioria dos restaurantes que visitamo em Pucón.

 

Ambiente descontraído e aconchegante!
Restaurante e Pizzaria Chef Pato

Onde comer em Pucón – Café La P

 

Pucón possui muitos lugares agradáveis para comer.
Café La P

Depois de descansar no hotel, voltamos para o centro da cidade onde sairia nosso transfer para Los Pozones, nosso próximo passeio em Pucón. Antes, passamos na Café La P para um ótimo lanche da tarde. A cafeteria e chololateria Café La P fica em uma esquina da avenida O’higgins. O ambiente é super convidativo, além de ter no cardápio ótimos lanches, sucos, cafés e uma vitrine com doces para encher os olhos de vontade.

 

Escolha de Sofia...
Doces do Café La P – o difícil é escolher um

O que fazer em Pucón – Los Pozones e agência de turismo

 

Fomos até a agência de turismo, onde sairia nosso passeio noturno para a Thermas Los Pozones. Fechamos um pacote com a agência Florencia (Thermas Los Pozones + passeio até a base do vulcão Villarrica + Termas Geométricas). Fique ligado que nos próximos posts vamos dar dicas sobre as agências e pacotes em Pucón.

Dica: na Avenida O’higgins existem muitas agências vendendo excursões. Fora o passeio até a região de La Zona (Parque Huerquehue, Lago Caburgua e Ojos de Caburgua) que pode ser feito de ônibus, em todas as outras atrações você terá que alugar um carro ou ir de excursão. Geralmente sai mais barato você fechar os passeios com a mesma agência do que comprá-los separadamente. Por isso, pesquise antes quais passeios você quer fazer e faça cotações de preços. Compramos nossos passeios pela agência Florencia, lá mesmo em Pucón.

Na região dos Lagos Andinos do Chile existem muitos vulcões porém, a grande maioria não está mais ativo. Como o Vulcão Villarrica ainda está em atividade,  a região de Pucón é conhecida pelas diversas Termas – piscinas formadas pelas águas quentes do Villarrica. Los Pozones é uma dessas termas e um dos pontos turísticos mais famosos da região. No local você encontra diversas piscinas feitas de pedra com água termal bem quentinha. E o mais interessante é que o passeio é feito à noite então, enquanto você toma banho nas piscinas, você também consegue ver as estrelas. É um passeio bem diferente e relaxante. O difícil é sair da água quentinha e encarar o frio da noite de Pucón. Por isso, não esqueça de levar toalha e um agasalho na bolsa.

Perto das piscinas ficam os vestiários para se trocar e algumas placas ficam espalhadas pelo Los Pozones dando informações sobre a temperatura da água e regras do local. A infraestrutura é boa e o local atrai muitos turistas.

 

Fora é friioo...mas dentro das piscinas é uma delícia.
Fora é friioo…mas dentro das piscinas é uma delícia!

Despesas para duas pessoas

 

  • Ônibus Pucón até o Lago Caburgua: 1.600 pesos
  • Ônibus Lago Caburgua até Ojos de Caburgua: 1.200 pesos
  • Ônibus Ojos de Caburgua para Pucón:  1.400 pesos.
  • Entrada nos Ojos de Caburgua: 1 mil pesos
  • Almoço no Chef Pato: 12.600 pesos
  • Café de La P:  9.700 pesos
  • Pacote de passeios na agência Florencia: Base do Vulcão Villarrica (20 mil pesos), Thermas Pozones (20 mil pesos) e Termas Geométricas (70 mil pesos)

Veja Mais => O que fazer em Pucón: Roteiro dia 1
O que fazer em Pucón: Roteiro dia 3

 

Leia nossos outros posts sobre o Chile:

 

Dúvidas? Sugestões? Opiniões sobre o Pucón? Deixe abaixo o seu comentário.

* Os valores e os dados apresentados no site podem sofrer alterações. Por isso, antes de viajar, confirme os valores e informações com as empresas responsáveis.

PARTICIPE! DEIXE UM COMENTÁRIO

Por favor, deixe seu comentário
Por favor informe seu nome aqui