O que fazer em Melbourne, na Austrália: Roteiro Completo

Destaque - O que fazer em Melbourne - Roteiro Completo

Quando pensamos em Austrália, Sidney e sua icônica ópera é a primeira imagem que surge em nossa mente. Porém, há uma cidade no país que é mais popular entre os autralianos e vem caindo no gosto dos turistas. Estamos falando de Melbourne, que por cinco anos consecutivos, foi votada como uma das melhores cidades do mundo para se viver. Não é difícil entender por que Melbourne ganhou este título. Acima de tudo, a segunda maior cidade da Austrália, é uma metrópole moderna e dinâmica, muitos parques e é cercada por uma paisagem pintada com uma cordilheira de montanhas. Neste artigo, você vai se aprofundar mais sobre o que fazer em Melbourne: quando ir, melhor bairro para se hospedar, como circular, e claro, uma lista de atrações com um roteiro completo para você desfrutar da sua viagem.

Quando ir

Quando planejamos uma viagem, queremos que a experiência seja incrível. Nesse sentido, a pergunta que muitos turistas fazem inicialmente é: qual a melhor época para visitar esse destino? No caso de Melbourne, a estação ideal para visitar a cidade é o outono, entre março e maio. Certamente, nessa época você encontrará um clima mais ameno e é exatamente após a estação das chuvas. Somado a isso, é no outono que acontece o Food and Wine Festival de Melbourne. Para quem não sabe, a Austrália é reconhecidamente internacionamente como um destino de vinhos exóticos e especiais.

O verão, de dezembro a fevereiro, também é uma estação muito escolhida. Entretanto, se você não é fã de temperaturas altas ao extremo, evite a estação. De fato, é no verão que os termômetros podem chegar a marcar incríveis 40ºC.

Onde ficar

O CBD (Central Business District) é o distrito central de Melbourne. Como o nome indica, está localizado no centro geográfico da capital do estado de Victoria. A região, que é apelidada como o coração de Melbourne, é a localização ideal para quem busca estar perto de tudo. Por outro lado, se você é daqueles viajantes mais alternativos, que gosta de se misturar aos locais, o CBD pode não ser a melhor opção. Em vez dele, procure acomodações no bairro de Fitzroy. Trata-se do bairro mais descolado de Melbourne, com muitos bares, restaurantes, cafés e uma população jovem.

O que fazer em Melbourne.

Como circular em Melbourne

Efetivamente, a melhor maneira de se locomover em Melbourne é fazendo uso dos Trams, aqueles bondes elétricos de superfície. Inclusive, existe um Tram que é exclusivo para turistas gratuitamente. Isso mesmo, o City Circle Tram opera no CBD e é muito popular. Ainda, é um meio de transporte que está disponível diariamente. De domingo a quarta-feira, das 10:00 às 18:00, e de quinta-feira a sábado, das 10:00 às 21:00. Ainda, existem também outras linhas de Tram, trens e ônibus que circulam por outras áreas da cidade. Nesse sentido, o melhor é adquirir o bilhete myki, que integra a maioria do transporte público da cidade. A tarifa cheia no pacote myki Visitor Pack custa US$14 e inclui US$8 myki money para se locomover pela cidade.

O que fazer em Melbourne

Quantos dias ficar em Melbourne

Afinal, o tempo em um destino é uma questão muito particular. Mesmo assim, tenha em mente que Melbourne é uma cidade grande e se locomover de um ponto turístico a outro pode ser bem cansativo. Na contramão, é claro que existem turistas que reservam apenas dois dias para a capital do estado de Victoria. Muitos preferem dedicar a maior parte do tempo a Sidney. Na nossa opinião, acreditamos que você deve tentar reservar pelo menos 3 dias inteiros para Melbourne. Mas, o roteiro perfeito que incluiria muito o que fazer em Melbourne teria entre 4 a 5 dias. A seguir, você verá no roteiro exclusivo com o que a cidade tem a oferecer para esse período.

Roteiro de 4 dias em Melbourne

DIA 1

Comece pela Federation Square

Tire seu primeiro dia em Melbourne para explorar o principal da cidade. Para isso, comece seu roteiro pela Federation Square. Situada no coração da cidade, no CBD, a Federation Square é onde estão localizadas a maioria das principais atrações de Melbourne. Além disso, a praça em si é um excelente ponto de encontro e tem vários restaurantes e museus interessantes nas proximidades. Entre eles, a National Gallery of Victoria (NGV) e o Australian Centre of the Moving Image (ACMI).

O que fazer em Melbourne
Interior da Federation Square. Foto: Sandra Cohen

Explore a arte de rua de Melbourne

Não obstante, a área da Federation Square também é um prato cheio para os amantes do grafite. Nas ruas da região, você encontrará incontáveis painéis e exposições de artistas locais. A propósito, Melbourne é reconhecida internacionalmente por ser um destino de street art. Inclusive, o próprio governo local estimula a prática desse tipo de arte. Para se ter uma ideia, as autoridades do estado de Victoria criaram até um mapa para você poder fazer um tour pelos murais por conta própria. Isso mesmo, você não precisa pagar pelo passeio como em outras partes do mundo, onde acabamos tendo que caçar os painéis tornando tudo mais complicado. Para se guiar, basta acessar esse site e apreciar essa arte que é incrível.

O que fazer em Melbourne. Descobrir o grafite

Almoce em Chinatown

Após a caminhada você deve estar faminto. Certamente, a segunda maior cidade da Austrália é um prato cheio para quem adora uma culinária internacional. Portanto, nós recomendamos que você almoce em Chinatown, região dentro do CBD. Além de se deleitar na gastronomia asiática, você poderá ainda descobrir mais da história desse bairro.

Tudo começou em 1851, com a descoberta do ouro que atraiu a imigração chinesa para Victoria em larga escala. Nos dias atuais, Chinatown se estende ao longo da Little Bourke Street, Swanston St e Spring St. As hospedarias e marcenarias da época da imigração podem não estar mais lá. Entretanto, a região agora é sinônimo de restaurantes renomados. Além de tudo, é uma graça encontrar os antigos prédios de tijolos em meio a paisagem tão urbana e moderna do CBD. De certo, você não pode deixar de experimentar a popular Shangai Dumpling House.

O que fazer em Melbourne
Rua na Chinatown de Melbourne. Foto: Flickr

Termine o dia descansando no Southbank

Sem dúvidas, seu dia foi bem cheio. Nesse sentido, nada melhor que um merecido descanso em Southbank,uma das melhores regiões de Melbourne para relaxar. A área oferece uma vista panorâmica da cidade acima do Rio Yarra. Certamente, a região é uma ótima pedida para uma caminhada no final da tarde, quando as luzes pintam a paisagem de Melbourne. Em adição, você também poderá fazer um cruzeiro pelo Rio Yarra. Inquestionavelmente, um jantar a bordo de um cruzeiro é tentandor. Por outro lado, se você ainda está com energia, uma ideia é seguir para o Crown Casino, localizado no final do Southbank.

O que fazer em Melbourne. Passeio pelo Southbank

DIA 2

Visite o Victoria Market

Toda cidade tem aquele mercado púbico memorável. Mesmo não indo às compras, visitar esses locais causam uma sensação de pertencimento. Talvez pelos cheiros, pelos sabores, ou pelo simples fato do turista ver parte da vida como ela é. Em outras palavras, estamos falando do Victoria Market. Na verdade, lá você encontrará de tudo: barracas com diversos produtos, como excelentes queijos, azeitonas, carnes e peixes. Acima de tudo, o prédio onde funciona o mercado, é um maravilhoso exemplo da arquitetura vitoriana. Ainda, lá você também encontrará muitos artesanatos e souvenirs para levar de lembrança.

O que fazer em Melbourne. Visitar o Victoria Market.

Viciados em Café, Melbourne é o seu lugar

Você deve conhecer a fama do café colombiano. Porém, você sabia que é em Melbourne que você vai encontrar um dos melhores café do mundo? Com toda certeza, a cidade não ganhou esse título à toa. Provavelmente, você verá um café em cada esquina. Além do mais, é realmente difícil, quase imposível, encontrar um café ruim na cidade. Inclusive, Melbourne é palco até de uma exposição internacional de cafés, a Melbourne Coffee Expo.

Agora, se você é realmente fã da bebiba, por que não participar de um tour? A Hidden Secrets Tours é uma das empresas que opera um circuito por diversas cafeterias. Contudo, o valor é salgado, são US$99 por 3 horas de passeio. Por outro lado, se você se contenta em provar apenas uma xícara, indicamos o Patricia Coffee. Apesar de pequeno, o lugar está sempre na lista dos melhores cafés de Melbourne.

O que fazer em Melbourne. Circuito pelas cafeterias da cidade.
Considerado um dos melhores cafés do mundo. Foto: Katherine Lim

Uma experiência animal: Werribee Open Range

Verdadeiramente, muitos passeios envolvendo animais estão caindo no esquecimento. Essencialmente, isto está acontecendo devido a exploração da vida selvagem. Mas, imagine se você pudesse contemplar a vida animal em seu estado natural? Pois é, você não precisa estar na África do Sul para realizar um safári. Em vez disso, visite o Werribee Open Range Open Zoo. Situado a 30 minutos do centro, o zoológico é acessível por transporte público (Werribee Line Train e o ônibus 439). A entrada custa US$37.

o que fazer em melbourne Werribee Open Range O que fazer em Melbourne, na Austrália: Roteiro Completo

Veja Melbourne de cima no Eureka Skydeck

Encerre o segundo dia contemplando o entardecer de Melborne no Eureka Skydeck.
Localizado no 88º andar, o observatório proporciona uma visão 360º de Melbourne. Além disso, trata-se da maior plataforma de observação em todo o hemisfério sul, quase 300 metros desde o chão. Contudo, se observar a cidade do deck não for sufiente para você, o Eureka oferece uma experiência mais radical para os mais corajosos. Nada mais, nada menos que uma cabine de vidro fixada no exterior do edifício. Vai encarar? Apesas para o observatório, a entrada custa uS$21. Porém, se você quiser enfrentar a cabine de vidro, deverá comprar a experiência EDGE, que custa US$12 a mais.

O que fazer em Melbourne? Ver a cidade de cima do Eureka Skydeck

DIA 3

Passeie pelo Jardim Botânico

No terceiro dia em Melbourne, recomendamos que você inicie o dia no Jardim Botânico da cidade. Espalhados por 94 acres, os extensos jardins contêm uma coleção de mais ou menos 10.000 plantas nativas e exóticas. Com 11 gramados, o Jardim Botânico oferece um amplo espaço para relaxar e descontrair, e por que não um piquenique? Há também uma pista de caminhada com cerca de 4 km.

o que fazer em melbourne jardim botânico O que fazer em Melbourne, na Austrália: Roteiro Completo

Veja os pinguins em St. Kilda

Há cerca de 20 min via transporte público, está a região de St. Kilda. A esplanada de St. Kilda se estende ao longo da costa, da Fitzroy Street até a Acland Street. Todavia, se você visitar o bairro em um domingo, poderá ainda passear pelo Mercado da Esplanada, que deixa a região bem movimentada. Não é só isso, há outras atividades que você não pode deixar de fazer ao visitar St. Kilda. Entre elas, conhecer o Luna Park, parque de diversões histórico localizado no bairro. Por vezes, se você já visitou Nova York, vai fazer logo uma conexão entre St. Kilda e Long Island, em Manhattan.

Entretanto, o que vem atraindo muitos turistas para o bairro são seus habitantes inusitados. Estamos falando dos pinguins! Incrivelmente, existe uma colônia inteira deles que se estabeleceu na década de 1970 no quebra-mar.

O que fazer em Melbourne
Pinguin se escondendo no quebra-mar de St. Kilda. Foto: Shann Yu

Veja o pôr do sol na Brighton Beach

Aproveite para almoçar e se divertir em St. Kilda. Em seguida, mais para o final do dia, siga para Brighton Beach. Ao sul de Melbourne, o subúrbio de Brighton é famoso pela praia que dá nome ao bairro. Por certo, o que marca a praia são as casinhas de banho coloridas. Assim como a Brighton Beach inglesa, a Australiana tem um ar todo romântico, sendo perfeita para contemplar o pôr do sol.

DIA 4

Feche sua viagem com chave de ouro na Great Ocean Road

Acorde cedo e já se despeça de Melbourne. Reserve o quarto e último dia para fazer uma road trip por uma das rotas mais cênicas do mundo. Sem dúvidas, a Great Ocean Road é uma das estradas mais belas do planeta. Para fazer a rota, você pode alugar um carro e fazer a viagem por conta própria. Outra alternativa, seria agendar um tour com alguma das empresas que operam a rota. Uma sugestão, é que você faça sua busca no Get Your Guide!

o que fazer em melbourne grand ocean road O que fazer em Melbourne, na Austrália: Roteiro Completo

Acrescente também, se você ainda tiver um quinto dia, uma degustação de vinhos no Yarra Valley. Para este passeio, principalmente se você aprecia vinhos, o mais indicado é que você reserve mais dois dias. Afinal, estamos falando de mais 80 vinícolas que se estendem pelo Yarra Valley. Entre elas, a famosa Rochford Winery. Ainda, também é possível agendar tours pela região. Se você preferir, pode substituir a road trip sugerida por uma wine trip. Mesmo assim, se o seu tempo é longo, o interessante seria fazer as duas viagens.

Gostou do nosso roteiro e sugestões sobre o que fazer em Melbourne? Já fez a rota? Têm dúvidas? Deixa um alô nos comentários para darmos cada vez mais dicas para vocês.

SEM COMENTÁRIOS

PARTICIPE! DEIXE UM COMENTÁRIO

Por favor, deixe seu comentário
Por favor informe seu nome aqui