O que fazer em Madrid: Roteiro de 2 ou 3 dias (Completo)

Nesse post você vai descobrir o que fazer em Madrid bem como porque esse continua sendo um dos destinos mais procurados e pode fazer parte das suas férias.

Dessa forma, conheça agora as melhores dicas de roteiro para viajar a Madrid e não perder nada nenhuma atração.

Assim, vai ficar ainda mais fácil se programar e organizar os seus dias para aproveitar tudo o que a cidade oferece.

Vamos lá?

Conheça Madrid

Madrid é a capital da Espanha e está localizada no centro do país e em cima do rio Manzanares, fazendo fronteira com a região de Castela-Mancha e Castela e Leão, além de levar o título de maior cidade do país, com mais de 3 milhões de habitantes.

A capital é considerada o centro econômico, político e cultural de todo o país, já que tem diversas atrações turísticas e culturais, faz parte da ONU e abriga a Organização Mundial de Turismo.

Um dos pontos famosos da cidade é o Estádio Santiago Bernabéu, geralmente conhecido como Estádio do Real Madrid.

Por estar na parte central da Península Ibérica, o clima é considerado mediterrâneo continentalizado, o que significa que o inverno vai trazer geadas e até com possibilidade de neve chegando -10º, poucas chuvas e verão de até 32º.

O que fazer em Madrid: Roteiro de 2 ou 3 dias completo

A melhor forma de conhecer as atrações de uma cidade é ter um roteiro que possibilite que você explore diversas atrações turísticas, assim, você vai descobrir agora o que fazer em Madrid em 2 ou 4 dias de viagem.

Vale dizer que Madrid é considerada uma cidade histórica, o que faz com que diversas construções e prédios sejam pontos turísticos conhecidos, mas que não precisam ser uma parada obrigatória. A dica é sempre estar de olho no que está a sua volta para não perder nenhum monumento.

Primeiro dia

Para começar o seu primeiro dia de viagem, siga para o centro da cidade através da estação de metrô, que é onde você vai encontrar uma grande concentração de lojas, restaurantes ou barzinhos que podem fazer parte das suas refeições ou para sair a noite.

Na região central, chamada de Puerta del Sol, conheça os principais pontos turísticos: O Urso e o Medronheiro, que é uma estátua símbolo da cidade, o Prédio da prefeitura, com sua cor alaranjada e tem uma torre com relógio, e a Estátua de Carlos III, que foi o antigo Rei da Espanha. Foi ele quem deu início a urbanização de Madrid.

Depois siga para a Plaza Mayor, a uma distância de 5 minutos a pé, um ambiente grande com vários prédios e onde está localizada a estátua do Rei Felipe II, considerado o idealizador da cidade.

Foi nesse local, em 1620, que ocorreu a beatificação de San Isidro e a coroação do rei Filipe IV, em 1621.

Você encontra uma série de feirinhas, artistas de rua bem como lojas de produtos artesanais, já que a área é fechada para o trânsito e é possível andar livremente para conhecer a região.

plaza O que fazer em Madrid: Roteiro de 2 ou 3 dias (Completo)

Em seguida, você pode escolher alguns dos estabelecimentos locais para fazer o seu almoço ou pode ir até o terceiro ponto turístico para provar diversos pratos típicos do país: o Mercado de San Miguel.

Esse mercado fica do lado da Plaza Mayor e é um dos pontos populares da cidade, já que contam com diversas iguarias, bancas de compras e é o único monumento de ferro que sobreviveu no país.

Depois do almoço, siga pela Calle Mayor por mais ou menos 7 minutos a pé para chegar a Catedral de La Almudena, que tem diversos jardins e é considerada uma das mais belas construções da cidade.

Ao sair da catedral, vá até o Palácio Real, que está do lado, para conhecer a casa oficial da família real da Espanha, o local é aberto para o público. O palácio ainda celebra diversos atos oficiais, como a Troca de Guarda, sempre na primeira quarta-feira de todos os meses e sempre ao meio-dia, então, se quiser ver chegue antes do almoço.

Saindo do Palácio Real, você pode passar por três pontos turísticos que ficam vem próximos:

  • Plaza de Oriente
  • jardins de Sabatine
  • Campo del Moro
  • Plaza de España

Os quatros locais são conhecidos pelos jardins, fontes, estátuas e algumas construções espalhadas pela área e ficam bem próximos da estação, para que você consiga voltar para o hotel facilmente.

Segundo Dia

Comece o seu segundo dia em Madrid indo até a Estação Atocha (linha 1- azul claro), o local é mais que uma simples estação de trem, ele abriga também diversas lojas internas, restaurantes e até um jardim no centro do prédio.

Ao sair da estação, siga para o Museu Reina Sofia, que fica a 7 minutos a pé. Ele é reconhecido mundialmente por ter diversas obras de Salvador Dalí e Pablo Picasso.

Vale dizer que o museu é um local pequeno e as obras de arte são trocadas várias vezes ao dia, para conseguir expor todo o acervo de pinturas.

Passando em frente ao Jardim Botânico, que é um centro de pesquisas da cidade e aberto para visitação até as 18:00, você encontra o Paseo del Prado, que é uma avenida repleta de árvores para caminhar até o horário do almoço.

Após almoçar em alguns dos restaurantes da avenida, você pode visitar a Fundação Caixa Forum, que é um grande centro de arte com um grande jardim, sendo que o próprio prédio é considerado monumento histórico da cidade.

Siga na direção da Plaza de Murillo e encontre o Museu Del Prado, que fica quase em frente, e é um dos grandes prédios da cidade, além de ter obras de Velázquez, El Greco, Goya, entre outros.

Nesse museu existem diversos tipos de tours para você escolher, mas a dica é não sair de lá sem conhecer a Sala de Velázquez, Sala El Greco e Pinturas Negras de Goya.

A visitas guiadas ao museu custam eu torno de 35 euros, enquanto o ingresso sem guia é em torno de 16 euros.

Após conhecer as obras de arte do museu, siga pela Calle Felipe IV, passando pela Flaza e Fuente de Neptuno e Monutento a Lós Caídos por Espana até chegar a Fuente de Cibeles, que é onde você encontra a fonte mais famosa da cidade.

Essa praça e fonte foram construídas com pedras com peso, seu peso ultrapassa 10 toneladas. Aqui você também a escultura da Deusa Cibeles, símbolo da terra e mãe dos deuses, além de ser considerada a deusa da fertilidade e da agricultura.

O seu roteiro de segundo dia termina aqui, mas antes de voltar para a estação e ir para o hotel, você pode observar diversas construções locais, como:

  • Banco de España
  • Palacio de Las Comunicaciones
  • Palacio Linares.

Se a sua viagem termina no segundo dia, a dica é conhecer o Santiago Bernabeu, o famoso estádio do Real Madrid em seguida vá Fundação Caixa Forum e outros pontos turísticos que foram citados.

Por outro lado, caso você tenha um terceiro dia de viagem na cidade de Madrid, a dica é aproveitar o último dia do roteiro para conhecer alguns locais mais específicos da região.

Terceiro Dia

Comece o último dia do seu roteiro conhecendo o Templo de Debot, que é uma construção egípcia antiga, localizado na Calle Ferraz e próximo ao Mirador de La Montaña e da Repartição Pública.

Toda as peças utilizadas na construção foram trazidas diretamente do Egito e começou o processo de criação por volta de 1970, sendo considerado um lugar místico e dedicado ao Deus Amun, que seria o pai de todos os Deuses.

Muitos turistas e habitantes de Madrid acreditam que o Templo de Debot tem a presença do Rei Adijalamani de Meroe, principalmente durante a noite, identificado por olhos de gato e sendo considerado divino na mitologia. A crença é de que essa divindade estaria a espreita no templo, sempre observando quem passa por ali.

Depois de andar pela área do templo, você deve seguir direto para o Estádio Santiago Bernabéu, que fica a mais ou menos 15 minutos de carro ou 30 minutos de trem. O local é um dos pontos famosos da cidade (um dos três pontos turísticos mais visitados de toda a cidade) onde você pode conhecer o terreno de jogo, as tribunas, áreas técnicas bem como a sala da imprensa.

Além disso, é possível conhecer toda a história do Estádio do Real Madrid em uma sala totalmente moderna e equipada, ver a exposição de troféus e outros objetos históricos e ter uma vista panorâmica do gramado.

A construção do primeiro estádio do Real Madrid ocorreu em 1924 e o local recebeu o nome de Chamartín. Ele foi reconstruído em 1947 e em 1950 passou por uma expansão significativa e outra em 2000, aumentando então a capacidade para 81 mil torcedores.

Foi justamente nessa ultima reforma que o estádio recebeu o nome que leva até os dias de hoje, Santiago Bernabéu, porém ele é popularmente conhecido apenas como Estádio do Real Madrid.

Depois de sair do Estádio do Real Madrid, você pode comer em alguns dos estabelecimentos locais ou no Shopping La Esquina de Bernabéu e seguir para a Grand Via.

Caso prefira, você também pode ir até o shopping e comer em alguns dos restaurantes que estão localizados por ali, já que a Grand Via é um dos ambientes mais conhecidos de Madrid para fazer comprar, experimentar pratos e encontrar um ritmo mais agitado.

A Grand Via fica a uma distância média de 5 km do Estádio do Real Madrid e você pode ir até lá de trem (a demora é cerca de 30 minutos), ou carro/táxi, que demora em torno de 20 minutos.

grand via O que fazer em Madrid: Roteiro de 2 ou 3 dias (Completo)

O local é considerado o ponto alto de glamour e riqueza de Madrid. O ambiente e seus arredores demoraram cerca de 20 anos para ser construída. Para isso foi preciso derrubar mais de 300 casas no processo, além de fechar 40 ruas.

Na Grand Via você encontra lojas nacionais e internacionais, restaurantes, quiosques, cinemas, mais de 40 hotéis e pelo menos 15 agências bancárias.

Você também pode aproveitar para conhecer alguns monumentos históricos, como o Cassino Militar, Capitol e Palacio de La Prensae.

O ideal é aproveitar o restante da tarde na Grand Via e curtir alguns dos barzinhos locais ficam abertos a noite antes de voltar para o hotel e se despedir oficialmente da cidade de Madrid na Espanha.

Informações extras sobre o Estádio Santiago Bernabéu

Devido a todas as informações históricas e salas, o estádio do Real Madrid é ideal para quem é ou não fã de futebol e você precisa conhecer as informações antes de chegar na entrada do estádio.

O valor de entrada para o tour é a partir de 26 euros e o ideal é comprar de forma antecipada para evitar as filas, através da plataforma online.

O Estádio Santiago Bernabéu funciona das 10:30 até por volta das 18:00 e é possível visitar o estádio do Real Madrid mesmo em dias de jogos, com horários de visitação exclusivos que são informados pelo site do estádio ou diretamente na bilheteria.

Existem algumas outras dicas de pontos turísticos da cidade que você pode visitar caso tenha mais dias de férias ou opte por trocar algum passeio, como:

  • Parque de El Retiro
  • Puerta de Alcalá
  • Palácio de Cristal
  • Bosque del Recuerdo
  • Estátua do Anjo Caído
  • Jardim Parterre
  • Plaza de Toros de Las Ventas
  • Mercado El Rasto

Além disso, você pode conhecer o Bairro das Letas, que tem diversos barzinhos, lojas e restaurantes com preços mais acessíveis para os turistas.

O bairro é conhecido pela quantidade de literatos que moraram na região, como Quevedo, Lope de Vega e Góngora, além de comportar diversas feiras de rua e concertos que acontece todos os meses.

Já o Bairro Lavapiés é um dos mais antigos da cidade e considerado o mais multicultural, já que atrai um grande número de jovens e imigrantes para ocupar as casas e prédios.

Esse bairro já foi cenário de diversos filmes espanhóis e comporta a antiga fábrica de tabaco da região, que agora é um centro social e público para os habitantes da área.

Nesse bairro você também pode conhecer o Cine Dore, que é uma antiga filmoteca que ainda funciona, o Mercado de San Fernando e a Biblioteca de Las Escuelas Pias.

PARTICIPE! DEIXE UM COMENTÁRIO

Por favor, deixe seu comentário
Por favor informe seu nome aqui