Você sabe o que é Stopover? Viaje para dois destinos com apenas uma passagem aérea

Stopover-Dicas

Você sabe o que é stopover? open-Jaw? layover? Se você adora viajar já deve ter esbarrado por aí com alguma dessas palavras. A prática do stopover é uma das mais faladas e vem sendo muito usada por viajantes como uma maneira de conhecer dois destinos usando apenas uma passagem.

Mas como isso é possível? Bem, para isso precisamos entender o que cada uma dessas palavras significa.

Layover:  termo abrange qualquer conexão entre os voos. Isso pode incluir uma parada de apenas 40 minutos (dependendo do aeroporto), quatro horas ou até mesmo 23 horas e 59 minutos em voos internacionais. Para a tripulação o termo é um pouco diferente. Um Layover seria para eles um pernoite, enquanto uma conexão estaria se referindo a uma parada mais curta. No entanto, no geral, para os passageiros não há diferença entre as duas expressões.

Stopover: na teoria, um stopover seria uma conexão maior que 24 horas.  Vamos supor que o passageiro esteja buscando uma passagem para Dublin, na Irlanda, pela KLM, empresa que veremos mais a frente como uma das que oferece stopover gratuitamente. Entre as opções de voo, há um que fará uma conexão de 48 horas em Amsterdam, na Holanda. Nessa conexão você poderá aproveitar o tempo de conexão para conhecer a cidade. Em outras palavras, o que seria apenas uma conexão, passa a ser também um destino da sua viagem.

Open-Jaw: pode ser descrito como uma lacuna na sua passagem, em que a companhia aérea não é responsável pelo trânsito. Confuso? Para simplificar, o open-jaw é quando você compra uma passagem de ida e volta saindo por uma cidade e voltando por outra, mas a companhia aérea não é responsável pelo trânsito nessa lacuna.

Agora que você conhece um pouco mais dessas definições, vamos entrar mais profundamente no stopover? A prática é a que mais interessa para quem quer aproveitar o máximo de uma escala longa.

Como fazer um stopover?

Não existe apenas uma maneira de se fazer ou buscar por uma passagem com um stopover. A mais comum é buscar por companhias aéreas que oferecem a prática de forma gratuita. Você deve estar pensando por que uma companhia aérea ia oferecer um stopover sem cobrar? Qual a vantagem que eles podem tirar disso?

Geralmente as companhias que oferecem stopover sem custo são as que operam em destinos que desejam atrair mais turistas. Por exemplo: Emirates e Dubai; Singapore Airlines e Cingapura, Japan Airlines e Tóquio, FinnAir e Helsinque, Qatar Airways e Doha e assim por diante. Se o viajante está em uma escala como essa, consequentemente ele terá que arcar custos com reservas de hotéis, refeições em restaurantes e outros gastos que não seriam feitos se ele não tivesse feito essa conexão. Ou seja, a prática também é usada para impulsionar um destino economicamente.

A segunda opção é você buscar por conta própria em plataformas como o skyscanner, zupper, kayak, edreams, entre outros. Geralmente o voo mais barato tem uma conexão mais longa. Por que não pagar mais barato e conhecer o destino em questão? Numa rápida busca de um voo para Paris saindo de São Paulo, a passagem mais barata teria uma conexão de 33h em Roma. Me parece uma ótima pedida conhecer o Coliseu antes de seguir viagem para cidade luz.

Você também pode usar buscadores de stopover. Há uma ferramenta completa para encontrar escalas longas chamada AirWander. Basta digitar sua origem, destino final e o número de dias que você deseja ficar nessa escala. A AirWander irá gerar uma lista de destinos que se encaixam dentro da sua busca, juntamente com o valor que mais ou menos você estará economizando em relação a um voo regular.

Não menos importante, é interessante usar a ferramenta multicidades ou multidestinos dos buscadores das próprias companhias aéreas.

Como utilizar a busca multidestinos para encontrar voos com stopover

Hoje, os sites das principais companhias aéreas oferecem uma ferramenta em que o passageiro pode adicionar paradas em sua viagem. É o que as companhias chamam de busca multicidades ou multidestinos. É usando essa ferramenta que você encontrará os stopovers.

Para fazer uma pesquisa desta maneira, basta acessar a opção de busca multicidades do site escolhido – da companhia aérea ou de sites buscadores. Uma vez na ferramenta você deverá buscar por trecho de viagem. Por exemplo, quer ir para Londres, mas antes quer fazer uma parada nos alpes suíços? Sua busca deverá ser: trecho 1 – cidade Brasil x Zurique; trecho 2 – Zurique x Londres, Trecho 3 – Londres x Cidade Brasileira.

É uma busca que requer um pouco de paciência e tentativa de variáveis considerando seu tempo de viagem e também sua flexibilidade. Tente stopover em outros destinos, não fique preso em um só.

No destino intermediário o ideal é tentar aproveitar o máximo da conexão, mas os preços podem variar podendo ser sem custo por 72h, mas com taxas adicionas se for uma escala de menor ou maior tempo. Tudo isso vai depender de cada companhia aérea, e por isso é importante retornar para busca simples e fazer a pesquisa novamente em um voo sem a parada. No caso do nosso exemplo: Cidade Brasileira x Londres x Cidade Brasileira. Fazendo isso você vai saber se o stopover está saindo sem custo ou não.

O ideal é que o passageiro entre em contato com a companhia aérea antes de efetivar a compra. Confirme com a companhia se o stopover está disponível sem custo adicional antes de finalizar a compra. Outra alternativa é comprar pelo televendas da companhia aérea. No entanto, nossa dica para quem prefere comprar via telefone é pesquisar online primeiro. Com o stopover em mãos e roteiro definido você poderá ligar para companhia já sabendo exatamente o que você quer.

Companhias que permitem stopover saindo do Brasil

TAP
Destino stopover: Lisboa ou Porto

Com o slogan descubra Portugal no meio do caminho, a TAP criou seu programa de stopover no final de 2018. Saindo do Brasil com destino a países da Europa, se o viajante optar pela TAP ele poderá fazer uma parada de 1 a 5 dias em Lisboa ou Porto. Quem estiver em trânsito dentro dessas condições tem desconto em hotéis, atrações e restaurantes nas mencionadas cidades portuguesas. Segundo a TAP, nos restaurantes parceiros o viajante receberá gratuitamente uma garrafa de vinho.

É importante ter em mente que você não fará stopover na ida e na volta. É preciso escolher uma alternativa ou outra, ou seja, fazer o stopover quando estiver indo ou fazer quando estiver voltando.

info

AIR FRANCE e KLM
Destino stopover: Paris ou Amsterdam

As companhias parceiras Air France e KLM também oferecem stopover em Paris, pela Air France, e em Amsterdam, pela KLM. Não há pagamento da estadia e também não há desconto em serviços ou atrações. A parada será totalmente por sua conta, mas o stopover pode ser feito sem custo adicional.  Basta fazer a busca no sistema de múltiplos destinos.

info

TURKISH AIRLINES
Destino stopover: Istambul

Como a própria empresa explica, não faz o menor sentido fazer uma conexão em Istambul e não desfrutar da cidade. Palácios espetaculares e uma rica variedade de compras e entretenimento. O melhor do stopover da Turkish é que segundo eles você poderá se hospedar em alguns dos melhores hotéis da cidade sem custo. De acordo com o site da companhia, o viajante pode ficar em um hotel cinco estrelas por dois dias se a passagem adquirida foi pela classe executiva, e em um hotel quatro estrelas por um dia, se foi uma passagem comprada para a classe econômica. Passageiros também têm direito ao Touristanbul, um voucher em que os viajantes podem usar para descobrir o melhor que a cidade tem a oferecer.

info

EMIRATES
Destino stopover:
Dubai

O stopover em Dubai talvez seja um dos mais conhecidos, uma vez que o destino é o que mais tem estimulado a prática em busca de novos turistas para o país. É uma oportunidade perfeita para conhecer um país totalmente novo, explorar seus arranha-céus e visitar as dunas de areia em um safári no deserto.  A Emirates possui mais de 90 hoteis parceiros e também pode ajudar você com as questões envolvendo o visto de trânsito.

info

ETIHAD
Destino Stopover: Abu Dhabi

A companhia aérea cinco estrelas começou a operar no Brasil não faz muito tempo, mas já oferece um programa de stopover. A chamada deles é: se você fizer um stopover de dois dias, o segundo dia é por conta da Etihad, ou seja, eles custeariam sua hospedagem em Abu Dhabi.

info

Qatar Airways
Destino stopover: Doha

Passageiros de mais de 80 países, incluindo o Brasil, podem usufruir de um stopover de 5 a 96 horas em Doha. O programa é uma ação conjunta da Qatar Airways e da Autoridade de Turismo do Qatar a fim de promover o destino internacionalmente. O programa oferece hospedagem sem custo adicional por um dia em hotéis de luxo no Qatar. A hospedagem pode ser prolongada com desconto para aqueles que desejam passar mais de 1 dia no Qatar. Radisson Blu e Marriot estão entre os hotéis que o passageiro poderá escolher.

Outra vantagem de se fazer stopover no Qatar é que o visto é gratuito para os brasileiros que estão visitando o Qatar em stopover. Ele deverá ser solicitado no próprio Aeroporto de Doha. A pesquisa também deverá ser feita no campo multicidade do site da companhia aérea.

info

Alitalia
Destino stopover: Roma

Parar no coração da renascença é sem dúvida o sonho de muitos. Com o stopover da Alitalia fazer uma parada em Roma antes de chegar a outros destinos na Europa é super possível. Sem nenhuma taxa adicional na tarifa, o passageiro pode aproveitar até 3 dias na terra natal de Michelangelo e Leonardo Da Vinci. A Alitalia tem uma parceria com o aeroporto de Roma, que permite que o passageiro que está em stopover deixe suas bagagens no aeroporto sem custo. Outra parceria que a Alitalia firmou é com a Associação de Hotéis Federalberghi. Através da parceria, passageiros em trânsito longo podem se hospedar no Hotel 4 estrelas Sheraton Parco de Medice com valor promocional mediante disponibilidade.

info

Lufthansa e Swiss
Destino Stopover: Frankfurt ou Zurique

As companhias do Grupo Lufthansa anunciaram no início deste ano (2018) stopover gratuito para quem estiver voando do Brasil em direção a Europa. Por exemplo, se você tem um voo para Londres você pode fazer conexão em Frankfurt, na Alemanha, ou saindo do Rio de Janeiro para Dublin e fazer um stopover em Zurique, na Suíça. O grupo Lufthansa não informa no entanto se há benefícios como descontos ou gratuidades em hotéis. Para buscar voos com paradas nas mencionadas cidades basta ir na pesquisa multicidades.

info

Outras companhias que possuem voos saindo do Brasil, mas não informam mais detalhes sobre como funciona o stopover:

AeroMéxico
Destino Stopover: Cidade do México

American Airlines
Destino Stopover: Miami, Nova York, Dallas e Los Angeles

Air Canada
Destino Stopover: Toronto

Copa Airlines
Destino Stopover: Cidade do Panamá

Delta
Destino Stopover: Detroit e Nova York

Iberia
Destino Stopover: Madrid

Royal Air Maroc
Destino Stopover: Casablanca

Britsh Airways:
Destino Stopover: Londres

Companhias com stopover gratuito que não têm voos diretamente do Brasil

Se você já está viajando ou vive fora do país, pode estar interessado em outras companhias que também oferecem stopover sem custo adicional. A seguir, conheça alguns dos stopovers mais vantajosos existentes pelo mundo.

Hawaiian Airlines

Passageiros em viagem para um dos 11 destinos operados pela Hawaiian Airlines, que inclui América do Norte, Ásia e Pacífico Sul, podem desfrutar de uma escala gratuita em cada etapa da viagem, tanto ida como volta, em Honolulu. Por exemplo, você pode agendar um voo de Nova York para Auckland e fazer uma parada em Honolulu. Soa interessante, não é mesmo?

Não há limitações quanto ao número de dias que você pode gastar em sua escala, mas passageiros voando dentro do Hawaii devem pagar uma taxa adicional de US$ 60 por escala.

Wow Air
Conhecida pelos seus voos econômicos, a WOW Air também permite que seus passageiros possam explorar um destino que vem atraindo cada vez mais turistas: a Islândia. O stopover pode ser feito gratuitamente nos voos de volta entre América do Norte e Europa, fazendo uma parada em Reykjavík. Basta escolher a opção stopover no mecanismo de buscas da Wow Air.


Finn Air

Também entre os países nórdicos, a Finn Air lançou recentemente seu programa de stopover. Com uma infinidade de opções de voos que ligam a Europa Ocidental e Central aos EUA, a companhia agora oferece a seus passageiros a possibilidade de fazer uma escala longa gratuita em Helsinque em apenas uma das rotas, ou ida ou volta. Caso seja do interesse do passageiro parar novamente em Helsinque, ele deverá pagar US$100 adicionais.

Japan Airlines

As opções de stopovers gratuitos da Japan Airlines variam dependendo dos destinos de voos. Passageiros de voos originários da América do Norte podem usufruir de um stopover gratuito em Tóquio ou Osaka.

Singapore Airlines

Você pode encontrar opções de stopover em Cingapura sem custo voando dos Estados Unidos para China ou outros destinos na Ásia na opção de busca multicidades. Tal como acontece em outras companhias aéreas, a Singapore Airline também oferece opções de desconto em hotéis e transfer.

Gostou do guia. Com ele você poderá tirar o máximo das suas férias e conhecer mais de um destino gastando um pouco mais. Planeje, pesquise as melhores tarifas e aproveite o máximo do mundo.

PARTICIPE! DEIXE UM COMENTÁRIO

Por favor, deixe seu comentário
Por favor informe seu nome aqui