13 Lugares incríveis no Brasil que pouca gente conhece

Se você quer viajar sozinho, quer aproveitar uma viagem a dois, com os amigos ou para curtir as férias em família saiba que há lugares incríveis no Brasil para conhecer.  Afinal, no país é possível fugir dos pontos turísticos mais cotados e encontrar pontos turísticos excelentes para aproveitar o seu tempo disponível.

Se quer viajar e ainda não decidiu qual o melhor destino então confira, abaixo, alguns lugares incríveis no Brasil que pouca gente conhece e que são perfeitos para qualquer tipo de público.

Neste post você vai descobrir:

  • 13 lugares incríveis no Brasil para conhecer.
  • Dicas para escolher sua viagem no Brasil.

1 – Jalapão e seus fervedouros, Tocantins

Jalapão e seus fervedouros

O Tocantins é o destino ideal para quem aprecia paisagens naturais quase intocadas pelo homem, afinal, sua extensão guarda alguns dos maiores parques estaduais do país. Japalão é um deles.

O Jalapão conta com chapadões, serras e uma paisagem cercada por rios, cachoeiras e uma vegetação típica do cerrado. Entre tantas atrações, um dos pontos turísticos que mais encanta no local são os fervedouros.

Os fervedouros são piscinas naturais que permitem a flutuação constante de corpos na água, fenômeno semelhante ao que ocorre no Mar Morto por conta da alta quantidade de sal.

Em Jalapão há fervedouros de todos os tipos, com diferentes cores de água, intensidades de flutuação e tamanho. Contudo, estima-se que dos 20 existentes cerca de 8 estejam disponíveis para visitação e todos se localizam em áreas privadas, por isso, a visitação é cobrada – entre R$ 10,00 a R$ 25,00 a média do ingresso.

>> Leia Mais: Melhores Lugares no Brasil para Viajar a Dois <<

2 – Vale da Lua, Chapada dos Veadeiros

Vale da Lua, Chapada dos Veadeiros

A Chapada dos Veadeiros fica em Goiás, localizada a somente 3 horas do Distrito Federal e não poderia deixar de estar na lista dos lugares incríveis para conhecer no Brasil.

Afinal, por lá, a paisagem é tomada pelo cerrado e cânions de tirar o fôlego, afinal, as formações rochosas dão um tom de deserto e, por conta de sua grandiosidade, se tornam o principal ponto turístico da região.

O vale da lua está dentro de um Parque Nacional que data aproximadamente de 1,8 bilhões de anos que foi formado. Historiadores e geólogos acreditam que a região seja como um erro de águas para toda a região, que é cercada de cachoeiras e rios.

Chapada dos veadeiros, Goiás

Por ser próximo à Brasília, quem fizer  a viagem já pode aproveitar para conhecer a Praça dos Três poderes, no Distrito Federal.

Próximo ao vale da lua há várias opções de passeios gastronômicos e cachoeiras pra visitar. Por isso, vale a pena se hospedar em um hotel em São Jorge ou uma das famosas e aconchegantes pousadas da região.

>> Descubra: O que fazer em Brasília em um Fim de Semana <<

3 – Garanhus, Pernambuco

Garanhus, Pernambuco

Garanhus é uma cidadezinha pouco conhecida no interior pernambucano, a 230 km de Recife. A região é considerada o destino ideal para os moradores do norte que desejam tirar férias do calor sem precisar ir muito longe. Afinal, por lá as temperaturas chegam a 10°C no inverno e combinam com o cenário montanhesco, reservado a 80 m do nível do mar.

Garanhus é conhecida por “Suiça pernambucana” dado a arquitetura preservada que mantém. Nos canteiros das ruas, muitas flores e espalhados pela cidade uma série de instituições religiosas – algumas delas valem a visitação. São elas:

  • Seminário São José Mosteiro de São Bento – construído em 1929 e ainda preserva a construção original;
  • Santuário Mãe Rainha – onde acontece uma manifestação religiosa tradicional que abriga mais de 40 mil fiéis de todos os cantos do Brasil.

Quem prefere um roteiro de aventura também vai gostar de visitar o Cristo Alto do Magano de onde pode-se ver a cidade toda do Mirante do Cristo do Redentor, a 1.030 metros do nível do mar.

4 – Instituto Inhotim, Minas Gerais

Instituto Inhotim

O instituto Inhotim em Minas Gerais é um Parque Nacional gigante, considerado o maior museu a céu aberto do mundo e um dos mais respeitados em território nacional. Nos seus arredores ainda é possível fazer uma série de programas culturais, como visitar o Museu de Arte Contemporânea e os centros históricos para conhecer melhor sobre o passado brasileiro.

Apesar de abrigar tanta beleza e renome, o Instituto Inhotim deixa de ser o destino mais cotado pelas agências de turismo. Contudo, por lá o viajante que procura aliar o sossego à cultura terá uma viajem e tanto.

5 – Cânions de Cambará do Sul, Rio Grande do Sul

15 lugares incríveis para conhecer no Brasil - Cambará do Sul

Cambará do Sul é um destino pouco conhecido, apesar de já ter sido cenário de várias novelas brasileiras. Esse paraíso natural conta com série de cânions em meio a Mata Atlântica preservada, no interior da Serra Gaúcha, mais precisamente a 980 metros de altura.

Quem quiser se aventurar pelas terras rio grandenses deverá colocar no roteiro alguns dos principais pontos turísticos de Cambará do Sul. São eles:

  • Parque Nacional da Serra Geral – ponto privilegiado para ver o complexo de cânions;
  • Cachoeira do Tigre Preto – uma das principais em Cambará do Sul e conta com uma queda d’ água de 400 metros de altura;
  • Cânion Fortaleza – tem extensão de 1,5 km e conta com mirantes para ver o complexo montanhosos;
  • Parque Nacional dos Aparados da Serra – localizado em Itaimbezinho, é um dos pontos turísticos mais queridinhos dos viajantes;
  • Trilha do Vértice – conta com principais quedas da água e um dos principais cartões postais da cidade.

>> Veja Também: Roteiros e Dicas por Cambará do Sul <<

6 – Alter do Chão, Pará

Alter do Chão, Pará

Alter do Chão é considerado o caribe brasileiro e encanta tanto quanto as praias havaianas. Aliás, é nesse pedacinho do gigante verde amarelo que está a maior praia de água doce do mundo, no encontro com o norte e o nordeste pelo Rio Tapajós.

A estação de cheia (no inverno) cobre grande parte das atrações turísticas – as praias – mas é o melhor momento para quem quer economizar e curtir um paraíso desabitado.

Já na estação de seca (verão) o Rio Japajós recua e garante a formação das praias de areia branca clara ao lado da Mata Amazônica.

No roteiro incluem-se trilhas, mergulho, passeios de barco e várias paradas por lojas de artesanatos e barraquinhas de pescados e comidas tradicionais.

7 – Pancas, Espírito Santos

Pancas, Espírito Santo

Aos aventureiros, o destino de Pancas é um lugar incrível e pouco conhecido do Brasil que vale a pena.Por lá não faltam montanhas para a prática da escalada,do rapel, asa-delta ou da tiroleza.

As rochas de granito são as principais atrações da cidade, sendo a mais popular a Pedra do Camelo, com 720 metros de altura e a Pedra da Agulha, com 500 metros.

Na parte central da cidade você se sentirá numa pequena Alemanha, visto que cerca de 50% da população local é descendentes de pomeranos – povo alemão vindo da Pomerânia – e muito se faz para a preservação das origens que têm.

Inclusive, é nessa partezinha do mundo o único local que se fala a língua pomerana, idioma que é uma mistura do português com o Polonês. Existe até um aplicativo que ensina a falar e preservar o idioma.

8 – Serra da Ibiapaba, Ceará

Serra da Ibiapaba, Ceará

Um destino pouco conhecido da Serra da Ibiapaba é o Parque Nacional de Ubajara – local que foge muito da paisagem litorânea tradicional do Ceará.

Por lá não faltam programações de aventura para aproveitar as montanhas e quedas d’ água do local: trilhas, rapel, passeios de barco, asa delta, existe passeios para todos os gostos.

A principal atração turística é a Gruta de Ubajara, que tem 535 metros de profundidade.

9 – Conceição do Ibitipoca, Minas Gerais

Conceição do Ibitipoca, Minas Gerais

Conceição do Ibitipoca é um lugar incrível do Brasil para quem busca por tranquilidade e muita comida boa. Nessa cidade do interior de Minas não falta programação, o município conta com cachoeiras, igrejinhas charmosas e um universo inteiro de artesanatos.

A boa notícia para quem concordou de que Conceição do Ibitipoca é um vilarejo de muito charme, é que o destino fica somente a 4 horas do Rio e Janeiro e tem fácil conexão.

Algumas alternativas de pontos turísticos para incluir no roteiro são:

  • Parque Estadual do Ibitipoca – um paraíso de cachoeiras, grutas e paredões. Ideal para uma viagem de aventura ou sossego próximo à natureza;
  • Circuito das Águas – passa pelas principais cachoeiras da região e conta com 5 km de caminhada
  • Janela do Céu – o nome faz uma comparação da cachoeira que acaba num penhasco, como se fosse uma janela do céu, emoldurada com lindas cortinas de vegetação típica;

Para aproveitar as refeições do dia, a cidade também não deixa a desejar no cardá´pio. Em suas ruas não faltam bares de blues, lanchonetes e restaurantes a servir o melhor da comida mineira.

10 – Ilha de Algodoal, Pará

Ilha de Algodoal, Pará

A Ilha de Algodoal, no Pará, conta com 19 quilômetros de praias, muitas trilhas ecológicas e maguezais imensos.

Esse destino pouco conhecido do Brasil não fica atrás em beleza das principais praias do nordeste brasileiro. A diferença para o viajante está na infraestrutura, que é menos abastada, mas conta com a ajuda do povo hospitaleiro.

Para chegar às praias será preciso fazer a travessia por barcos, viagem que não dura mais do que 40 minutos. Do lado do litoral, o viajante pode desfrutar de mais infraestrutura e dos principais pontos turísticos do local.

Enquanto isso, na cidade, Algodoal promete muita cultura e tradição – que podem ser percebidos pelos olhares mais atentos em quase tudo. Afinal, as primeiras construções – de casas de pescadores e ranchos de pesca – datam de 1920 e permanecem quase originais.

11 – Lagoa Encantada, Mato Grosso

Lagoa Encantada, Mato Grosso

Lagoa Encantada talvez não seja um lugar tão desconhecido quanto os demais dessa lista. Contudo, se for levado em consideração o volume de visitantes na baixa temporada e a competitividade com os demais pontos turísticos ao em torno do Mato Grosso, ela é um lugar incrível a se conhecer no Brasil.

Na Lagoa, o encantamento vem de suas águas azuis cristalinas que mais se parecem com a do Caribe. É um verdadeiro espetáculo natural.

12 – Praia de Lopes Mendes, Rio do Janeiro

Praia de Lopes Mendes, Rio do Janeiro

É difícil dizer o quão uma praia no Rio de Janeiro é desconhecida, afinal, a ascensão populacional no Estado, entre outros fatores, fez visível o inchaço de pessoas em qualquer ponto turístico.

Ainda assim, para quem está cansado dos velhos roteiros pelas terras cariocas há alternativas. Um delas que vale muito a pena é a Praia de Lopes Mendes.

Por lá você não vai encontrar bares, restaurantes e nem sequer banheiro. Contudo, mesmo assim (ou por conta disso) a praia foi considerada a sétima melhor do mundo, segundo ranking do TripAdvisor baseado na avaliação dos usuários.

Apesar do gosto, ela é muitas vezes mais vazia do que qualquer outra praia do Rio de Janeiro e ainda garante uma paisagem natural de cair o queixo.

Na faixa de areia branca fina e firme pode-se aproveitar o visual do sol ou na sombra – afinal possuem várias árvores para te ajudar a fugir do calor. As águas de tonalidades azuladas também são uma opção, mas não deixe se levar pelo seu encanto, pois o mar ali é traiçoeiro devido as fortes correntezas da baía.

13 – Lago do Robertinho, Roraima

Lago do Robertinho, Roraima
DCIM\100MEDIA\DJI_0012.JPG

O Lago do Robertinho, localizado em Boa Vista, Roraima é um paraíso natural perfeito para quem quer descansar ou se divertir em família.

O Parque conta com espaços próprios para descansar próximo ao balneário ou se aventurar com a programação, a qual conta com windsurf,, vôlei na água e outros esportes aquáticos.

A visitação ao balneário é cobrada, pois fica dentro de uma área particular. Os ingressos custam uma média de R$ 15,00 por pessoa e crianças até 10 anos não pagam.

Nos arredores do Lago do Robertinho, também há o que fazer para os curiosos que queiram saber como é a vida na zona rural de Roraima. O povo, receptivo, há de oferecer aos viajantes compotas, peixes de água doce , entre outras mercadorias fresquinhas.

Dicas para escolher o seu destino de viagem no Brasil

A melhor forma de conhecer o Brasil é escolher o estado para fazer o seu roteiro. Quem gosta de praias deve optar pelo Nordeste. Já se o seu objetivo é a aventurar-se pela natureza o Norte abriga passeios alternativos interessantes, assim como o roteiro pelo pantanal.

Quando o assunto é tranquilidade e família, tanto as cidades históricas quanto as capitais tem soluções interessantes.

Já quando o assunto é viagem de aventura aposte nas cachoeiras de São Paulo ou Minas Gerais para a prática de atividades esportivas de aventura. Nas praias nordestinas também é possível encaixar o radicalismo, sobretudo no litoral cearense.

Se o assunto é viagem para lua de mel ou viagem a dois os destinos mais românticos também estão no nordeste ou nas praias catarinenses. Contudo, quem quer um lado mais aconchegante e longe do calor deve aproveitar o roteiro pelo sul do Brasil, principalmente para a cidade de Gramado e Canelas.

PARTICIPE! DEIXE UM COMENTÁRIO

Por favor, deixe seu comentário
Por favor informe seu nome aqui