Como alugar carro no Chile: Dicas para não cometer erros

Dicas_Alugar_Carro_Chile

Não há nada melhor do que poder viajar de carro e ter a liberdade de construir seus próprios roteiros. O Chile é um país repleto de lugares remotos e que guardam uma beleza incrível. Muitos deles, você só consegue chegar se for de carro.

Este artigo traz tudo o que você precisa saber para alugar um carro no Chile, confira!

Leia Também => 15 Dicas (essenciais) para Viajar para o Chile pela Primeira Vez

Roteiro CHILE: Guia completo para montar sua viagem

Em que situações devo ou não alugar um carro no Chile?

Alugar_Carro_No_Chile

Alguns fatos e informações importantes precisam ser considerados se você pretende viajar pelo país.

Alugar um carro para dirigir na capital, Santiago, é totalmente desnecessário. A cidade possui um sistema eficiente de transporte público e usufruir dele irá deixar sua viagem muito mais em conta. Além disso, se você tiver pouco tempo e seu roteiro incluir apenas cidades próximas a Santiago é plausível se hospedar todo o tempo na cidade e fazer dias de bate e volta em lugares como Valparaíso, para pegar uma praia, e Las condes para visitar a vinícola Concha y Toro.

Mas se você pretende passear pelas montanhas, visitar a região dos Lagos Andinos ou passear ao longo da costa chilena, alugar um carro no Chile irá te oferecer extrema autonomia. Você poderá fazer seus próprios horários indo a qualquer lugar, sem depender de excursões.

Documentação necessária para alugar carro no Chile

Alugar_Carro_No_Chile_Passaporte

Você precisará apresentar seu documento de identidade ou passaporte, além da sua carteira de habilitação brasileira com foto (CNH).

Se você quiser poderá usar a Permissão Internacional para Dirigir (PID), emitida pelo Detran. A taxa depende do estado e você consegue solicitar pelo site. Mas esse documento não é obrigatório para dirigir no Chile. A CNH é aceita e permite alugar e dirigir carros de passeio no país.

(no site citado do consultado, o item transporte fala sobre o PID não ser obrigatório. Atentar para fonte e a informação. O texto já foi corrigido)

Fonte exemplo: http://www.portalconsular.itamaraty.gov.br/seu-destino/chile#transportes

http://g1.globo.com/Noticias/Carros/0,,MUL213354-9658,00-CARTEIRA+DE+MOTORISTA+DO+BRASIL+PERMITE+DIRIGIR+NO+EXTERIOR.html

Geralmente a idade mínima exigida para os condutores é de 22 anos, sendo cobrado uma taxa extra para aqueles com menos de 25 anos. (não encontrei a fonte dessa informação no site do consulado citado abaixo).

http://www.portalconsular.itamaraty.gov.br/seu-destino/chile#transportes

Escolha a locadora de carros

Grandes agências internacionais de aluguel de carro no Chile incluem: Hertz, Avis e Orçamento. Elas têm escritórios em Santiago, bem como em grandes cidades e áreas turísticas.

Uma dica para o aluguel de carro no Chile é começar por uma pesquisa online para comparar os valores das locadoras. Você pode utilizar a seguinte ferramenta:

RentCars

O site faz uma comparação de preços de locação de veículos no exterior. Funciona de forma semelhante ao Booking para hotéis. Você coloca as suas especificações no mecanismo de busca e escolhe o carro que achar melhor. O pagamento pode ser feito no destino ou online, em até 12 vezes, por cartão de crédito ou boleto bancário. Pagando antecipadamente, no Brasil, você economiza 6,38% de IOF.

Você pode ainda comparar esses resultados com o preço das locadoras indo direto nos sites específicos de cada uma.

Mas não deixe de conferir nem subestime agências de aluguel de automóveis locais que apresentem preços mais baratos. Às vezes você pode encontrar um valor menor com melhores opções.

Taxas semanais para um veículo compacto, tem uma média de R$ 720. Os preços incluem seguro básico sem franquia e quilometragem ilimitada, embora algumas empresas incluem seguro total no preço, com exceção de roubo de acessórios. Cada empresa estabelece sua própria política, por isso, veja cuidadosamente o contrato antes de assiná-lo. 

Qual é o carro ideal para alugar no Chile?

Escolher o carro certo na hora de alugar é fundamental. Tenha em mente o número de passageiros que irão com você, a quantidade e o volume das malas, bem como os trajetos que serão feitos. Se os percursos forem curtos, não há necessidade de um carro muito espaçoso, mas para viagens mais longas, considere alugar carros mais confortáveis.

Enquanto você compara os preços dos automóveis nos sites das locadoras fique atento para as categorias de cada site. Às vezes uma locadora considera determinados modelos de carro como da mesma categoria, mas eles são bem diferentes. Se necessário, procure saber mais sobre os modelos dos carros disponíveis nas locadoras e veja qual será o suficiente para você, atentando sempre para o tamanho do porta-malas. Lembre-se dos adicionais que podem ser de extrema importância:

  • GPS: a menos que você tenha um smartphone com um GPS preciso e uma boa cobertura de internet não corra o risco de ficar perdido.
  • Ar-condicionado: essencial no verão para algumas regiões.
  • Cadeirinhas: obrigatórias nos casos de viagens com crianças.

Seguro de carro no Chile

O seguro é obrigatório para todos os veículos do Chile. Seguro adicionais são altamente desejáveis. Locadoras de veículos oferecem o seguro necessário. Verifique a política da empresa escolhida quanto a suas limitações.

As estradas do Chile

A maioria das estradas nas principais áreas urbanas do Chile estão em bom estado e são bem sinalizadas. No entanto, algumas ruas mais afastadas dos grandes centros podem apresentar problemas. Por isso, você deve conduzir com muito cuidado.

A rodovia principal no Chile é a Panamericana, uma rede de estradas que se estende de norte a sul do continente. Marcadores de distância são colocados a cada 5 km ao longo das rodovias Panamericana e Austral. Muitas vezes as instruções de como chegar a certos lugares são dadas usando eles como referência. 

Pedágios no Chile

Se você estiver viajando de carro pelo Chile irá passar por um número considerável de pedágios.

Na maioria dos casos os pedágios são incluídos no preço do aluguel do carro. O Chile possui um sistema eletrônico chamado TAG (uma espécie de token bancário), sendo que, quando o veículo passa pelos pedágios, a cobrança ocorre automaticamente.

Há trechos que custam até 2.500 pesos chilenos, o equivalente a 12 reais. Você pode pagar diretamente no dinheiro caso não queira que o pagamento venha no seu cartão de crédito. Se informe com a locadora.

Combustível no Chile

A gasolina no Chile (chamada bencina) pode ser de tipos: 93 (comum), 95 (aditivada) e 97 (premium). O preço da gasolina começa a partir de cerca de CH $ 800 por litro (o equivalente a R$ 3,90) dependendo do tipo. O diesel (gasóleo) custa menos, sendo o Diesel comum (R$ 2,84-3,12) mais barato que o Diesel K (R$ 3,05-3,21). Esses valores são de 2017 e podem sofrer alterações.

Planeje as melhores rotas por mapas

A Copec, uma rede de postos de gasolina no Chile, vende os mapas rodoviários da Automapa Rutas do Chile na maioria de suas estações. Além disso, você pode baixar e imprimir mapas do site www.turistel.cl.

Hoje, a melhor forma de se orientar por mapa é levar o seu smartphone e baixar mapas offline para consulta e para utilizar como GPS. Uma dica importante é nunca esquecer de levar o carregador de celular para o carro, para não ficar sem bateria durante o trajeto.

Uma sugestão é: visite primeiro Santiago, e após conhecer a cidade, alugue um carro para ir para outras regiões.

Melhor rota em direção ao sul: Santiago – Ilha de Chiloé

Tempo estimado: 7 dias

Desça pela Panamericana Sur/Ruta 5 até a comuna de Freire. Pegue a saída para Villarrica via Panamericana Sur/Ruta 5 e siga a Ruta 199 e chegue a Pucón, a cidade com vales de vulcões e visite seus incríveis lagos.

Volte para a Panamericana Sur e desça até Osorno e depois vá até Puerto Varas.

Siga então em direção a Puerto Montt e termine na Isla de Chiloé. Para isso, Siga a Ruta 5 até Chacao (Chiloé) e pegue uma balsa até a ilha.

Melhor rota em direção ao norte: Santiago – Cordilheira dos Andes

Tempo estimado: 8 dias

Alugue um carro e visite a região costeira do Chile, pelas cidades Valparaíso.e Viña del Mar. Pegue a Ruta 64 e então a 60 até San Felipe. A 25 minutos de carro fica a bela cidade de Los Andes, que você também chega pela Ruta 60.

Pegue a Panamericana Norte/Ruta 5 até a cidade de La Serena, subindo então para Vallenar e então Copiapó. Vá até os Andes pela mesma estrada, passando por San Pedro do Atacama. Aproveite para visitar o Valle de la Luna e os Gêisers del Tatio.

Dicas para viajar de carro no Chile

  • Evite horários de pico entre 7am e 9am e entre 5pm e 8pm nos grandes centros urbanos.
  • Se você estiver dirigindo em áreas remotas leve bastante água e um pneu reserva.
  • Dirija sempre devagar quando estiver se aproximando de um cruzamento ou de uma colina. Dê preferência a pedestres em todos os momentos.
  • Procure reabastecer sempre que puder, pois dependendo da região, os postos de combustíveis podem ser poucos e distantes entre si. Lembre-se que as distâncias entre destinos no Chile podem ser enormes e nem toda cidadezinha tem um posto de gasolina. O que muitos recomendam é transportar um recipiente com gasolina no carro, por precaução. Algumas locadoras de veículos fornecem um container para este fim.
  • Nas estradas você deve se atentar para os ciclistas e animais de fazenda que podem surgir.

Limites de velocidade no Chile

  • Na cidade a taxa de velocidade varia entre 40 Km/h e 60 Km/h.
  • Em estradas fora da cidade o limite é de 100 Km/h.
  • Nas auto-estradas o limite costuma ser entre 100 Km/h a 120 Km/h. 

Regras para dirigir no Chile

  • Os cintos de segurança são obrigatórios para todos os ocupantes do veículo.
  • Usar o farol baixo nas estradas é obrigatório.
  • O limite de álcool permitido é de 0,05%. Existem multas pesadas e possível prisão por desrespeitar esta lei.
  • A utilização de telefones durante a condução sem um kit viva voz que deixa as mãos livres é proibida.
  • Ao dirigir em Santiago saiba que em cada uma das principais estradas há uma pista que é exclusiva para ônibus e táxis. Elas são separadas por uma linha amarela e não podem ser usados ​​por carros normais.

Ainda em dúvida sobre alugar carro no Chile? Deixe seu comentário e tire suas dúvidas ou compartilhe dicas com a gente e outros viajantes!

Curta Também => Chile: índice completo de posts

Onde ficar em Santiago do Chile: dicas dos melhores bairros, hotéis e mapa

3 COMENTÁRIOS

  1. Olá. Quanto a rota ao Sul, o tempo estimado (7 dias) se refere a ida ou ida e volta?

  2. Qual é o valor da franquia dos carros no Chile?

    • Olá Lani, depende da locadora e do carro alugado. Na rentcars indicado no post vc pode consultar o valor da franquia no detalhamento da locação. Abraços

PARTICIPE! DEIXE UM COMENTÁRIO

Por favor, deixe seu comentário
Por favor informe seu nome aqui