Cenotes no México: O que são e como conhecer essas maravilhas

Cenote no Mexico - Destaque

Nesse post você vai descobrir as 10 melhores dicas de cenotes mexicanos que são imperdíveis e devem estar no seu roteiro de viagem.

Dessa forma, vai ser ainda mais simples organizar a sua viagem e saber quais os cantinhos mexicanos que não podem ficar fora do roteiro.

Pegue o seu bloquinho de notas para não esquecer de nenhum desses cenotes escondidos em meio a natureza intocada.

Vamos lá?

O que são cenotes

cenotes Cenotes no México: O que são e como conhecer essas maravilhas

Quando o assunto são cenotes, surge o nome de algumas cidades do México bem como Tulum e Cancun, devido a grande concentração de rochas escondidas em meio a natureza.

Para começar, você precisa saber o que é ao menos cenotes, não é mesmo?

Bom, cenotes são piscinas naturais, formadas em cavidades rochosas, ou seja, entre pedras ou mesmo dentro de cavernas que já foram totalmente subterrâneas.

De forma científica, essas piscinas naturais funcionam como uma conexão entre áreas que foram alagadas ou soterradas em algum momento da história na superfície da terra.

O mais comum é que os cenotes tenham em torno de 10 metros de diâmetro, mas existem diversas dessas piscinas naturais que ultrapassam esse número bem como outras que são menores.

Muitas dessas piscinas naturais recebam o nome de gruta, por estarem totalmente escondidas entre as rochas e serem totalmente escuras, mas é possível encontrar diversos cenotes que ficam a céu aberto e alguns que tem pequenas fissuras por onde entra a luz solar.

As águas desses locais são bem limpas devido as rochas que dificultam o acesso humano e a vegetação que impede a passagem de lixo, além das águas geralmente serem cristalinas, podem ter tonalidades entre azul e verde.

Vale dizer que as águas dos cenotes geralmente são mais frias, devido a presença de rochas, vegetação e por não estarem tão expostos a luz solar.

Devido ao local que são encontrados, os cenotes são pouco acessados ou tem horários fixos para visitação, como forma de preservar o local e impedir que acidentes aconteçam.

Para encontrar esses cenotes, na maior parte das vezes é preciso seguir um guia de viagem que sabe onde é o acesso mais fácil e seguro bem como o melhor horário para permanecer nas piscinas, mas alguns cenotes podem ser visitados sem guias, desde que você esteja sempre atendo as rochas e a vegetação local.

10 dicas cenotes mexicanos

Diversas cidades do México são palco do espetáculo da natureza chamado de cenotes em meio a vegetação nativa bem como dentro de parques, assim, você precisa conhecer as melhores dicas de cenotes encontrados no território mexicano para que você inclua então no seu roteiro.

Cenote dos Ojos

Localizado um pouco distante de Cancun, o Cenote dos Ojos fica entre as cidades de Tulum e Playa del Carmen e é considerado como um dos maiores cenotes do território mexicano, recebendo turistias diariamente.

Toda a área do cenote conta com mais de 60 km de extensão, com sua maior parte imersos na água. São cerca de 17 metros de profundidade na parte mais profunda, com águas totalmente limpas e transparentes.

O Cenotes dos Ojos tem uma tonalidade azulada, é muito procurado para a prática do mergulho e recebeu esse nome devido as suas duas cavernas, que tem formatos circulares e lembram o desenho de dois olhos.

Esse cenote faz parte de um parque e a visitação é permitida apenas com guias, devido a profundidade das águas. Durante a prática do mergulho, é possível encontrar restos de fósseis de caracóis, peixes e corais marinhos incrustados em rochas.

A presença desses fósseis indica que em algum momento da história, todo o cenote já esteve totalmente submerso na água e é provável que seria impossível conhecer o Cenote dos Ojos nesse período.

Para ter acesso a essa piscina natural, você vai precisar pagar uma taxa de entrada em torno de 200 pesos e, geralmente, os equipamentos de mergulho são alugados de maneira separada.

O passeio nesse cenote consiste na entrada das duas cavernas, totalizando dois cenotes em um mesmo local.

Cenote IK Kil

cenotes mexicanos 3 Cenotes no México: O que são e como conhecer essas maravilhas

Considerado como um dos cenotes mais impressionantes da região, é possível ver a cratera do cenote através de um mirante bem distante da região.

O cenote fica próximo as pirâmides de Chichén Itzá e fica abaixo da superfície da terra, em um buraco ou caverna. Ele está localizado a 200 km de Cancun, em uma propriedade privada e com uma taxa de entrada em torno de 70 pesos.

A entrada no local permite que você utilize os vestiários e banheiros que ficam dentro da propriedade, além de você poder comer no restaurante ou curtir algumas lojinhas antes de conhecer mais da região.

Esse cenote tem uma tonalidade mais esverdeada e recebe pouca luz solar, já que a entrada para a piscina consiste apenas em um buraco na superfície.

Gran Cenote

O Gran Cenote está localizado próximo da estrada que vai para a cidade de Cobá e é um dos mais famosos da região, atraindo turistas que querem praticar o mergulho e acessar a piscina de forma mais fácil.

A tonalidade azulada da água parece se misturar com as cores das formações rochosas e tornam o visual bastante diferente de outros cenotes mexicanos.

Para entrar nesse cenote, você vai pagar uma taxa média de 100 pesos, fora o aluguel de equipamento se quiser fazer o snorkel.

Além disso, essa piscina natural é um pouco mais aberta que outras, fazendo com que a luz solar entre na caverna e garantindo que a vegetação local seja mais rica e cubra algumas rochas.

Esse cenote tem duas cavidades que permitem que você atravesse de uma a outra através da abertura que fica embaixo da água, mas de fácil acesso.

No Gran Cenote é possível fazer o aluguel de coletes salva-vidas por uma taxa média de 50 pesos.

Cenote Xkeken

Se você estava procurando dicas de belos cenotes no México, é preciso conhecer o Xkeken, que está localizado próximo de Chichén Itzá e só foi descoberto em 1950.

O acesso é através de uma escadaria bastante íngreme e é um dos poucos cenotes que contam com iluminação artificial, já que existe um única e pequena fenda no teto da caverna que corta a passagem de luz solar.

Assim, é praticamente impossível conhecer a caverna quando as luzes são apagadas, além de ser difícil notar a tonalidade azulada e as formações rochosas que pendem teto formando desenhos e uma visão muito diferente.

Cenote Tankach-Há

Apesar do nome um pouco difícil, esse é considerado por muitos turistas como um dos cenotes indispensáveis em qualquer roteiro, já que as águas parecem um verdadeiro espelho de tão cristalinas, sendo possível olhar de cima e ainda ver as diversas rochas do solo.

Em alguns pontos, o local tem uma tonalidade azulada na água que é resultado da iluminação.

cenotes mexicanos 5 Cenotes no México: O que são e como conhecer essas maravilhas

A profundidade desse cenote varia de 4 até 35 metros é um dos mais profundos de todo o México, localizado próximo a Cobá e um distante de Cancun.

O local é uma verdadeira caverna esculpida pela natureza e o acesso se dá através de escadarias de madeira com uma taxa de entrada em torno de 80 pesos, sendo muito famoso na região.

Cenote Chaak Tun

Localizado um pouco mais próximo de Cancun, o Cenote Chaak Tun fica na Playa del Carmen e esse é um dos cenotes escuros do México que devem ser visitados apenas com guias.

O cenote foi formado a partir do conjunto de outros dois cenotes, ligados através de grutas e com pequenas aberturas que não são o suficientes para iluminar a área, sendo que os passeios são sempre controlados com cuidado.

Para aproveitar esses cenotes, você vai pagar uma taxa média de 30 dólares por pessoa e a maior parte dos pacotes inclui roupas adequadas e equipamentos de mergulho.

Cenote Cristalino

Entre as dicas cenotes mexicanos, você encontra essa piscina natural localizado próximo de Cancun e conhecida pela tonalidade esverdeada e cristalina da água, resultando no nome do cenote.

O cenote fica a céu aberto e o acesso é bem fácil e calmo, principalmente para quem viaja com crianças, sendo famoso pela prática do mergulho sem necessidade de equipamentos especiais.

Para entrar você vai pagar uma taxa média de 7 dólares, que inclui um colete salva-vidas, além disso, você pode também alugar um armário para guardar os pertences e comer no restaurante local.

Cenote Choo-Há

Esse é um dos poucos cenotes onde a pratica do mergulho não é uma regra, mas as fotos são sempre incríveis, já que o local é pouco utilizado para mergulho devido as diversas rochas presentes no solo e que pendem do teto.

Toda a iluminação é artificial e entra pela caverna através de lâmpadas e lanterna bem posicionadas, o que garante uma visão única e causa um show de sombras.

O acesso é simples e o cenote é muito amplo facilitando a vida daqueles que se interessam por mergulhar, com as rochas que filtram água a todo momento.

Por ser uma caverna totalmente imersa na escuridão, é possível encontrar diversas espécies de peixes na água e conhecer o cenote através de uma escadaria de madeira. A taxa de entrada por volta dos 50 pesos.

Cenote Jaguar

Esse é mais um dos cenotes que ficam a céu aberto na região da cidade de Tulum, a poucos mais de 2 horas de Cancun e conhecido pelas águas que tem uma coloração azulada bem como pouco mais verdes próximas da vegetação, nas magens.

cenotes mexicanos 7 Cenotes no México: O que são e como conhecer essas maravilhas

Nesse local você encontra outras opções de atividades, como uma tirolesa e plataformas para saltos, sendo um dos locais mais procurados na região para a pratica do nado livre e por receber famílias com crianças.

O cenote Jaguar é um local mais deserto e calmo, já que a água é menos cristalina que de outros cenotes da região. Ele também está localizado dentro de um parque com outras opções de piscinas naturais.

A entrada para o cenote custa em torno de 200 pesos e dá acesso para ir a tirolesa e inclui colete salva-vidas.

Cenote Mistério Maya

Esse cenote está localizado no Parque dos Ojos e fica um pouco mais afastado das outras atrações do parque, como as piscinas, em torno de 5 km de distância.

A taxa de entrada é em torno de 200 pesos e inclui um guia para chegar e explorar o local, além de uma loja para fazer a locação de equipamentos de mergulho ou coletes salva-vidas.

O Cenote Mistério Maya é uma verdadeira caverna com águas cristalinas e de tonalidade azul, e todo o passeio é feito com lanternas, explorando por entre as rochas.

Em alguns pontos do cenote você caminha apenas nas tilhas de rochas, mas em outros é preciso entrar na água para atravessar a caverna e continuar a exploração até chegar em uma área onde irá conseguir mergulhar e curtir a luz solar que entra por uma fissura nas rochas.

O cenote é bastante conhecido pela presença de peixes, incluindo animais cegos que vivem na escuridão da caverna.

Essa piscina natural é pouco visitada por turistas, devido à localização bem como pela falta de iluminação, mas é possível conhecer todo o cenote de forma bastante tranquila com a ajuda dos guias e avistar morcegos, pássaros e peixes dentro do cenote.

Dicas para aproveitar os cenotes do México

Enfim, depois de conhecer as melhores dicas cenotes mexicanos, existem algumas informações que podem completar a sua viajem.

Sempre conheça a localização

Uma dica extra, é perguntar nas agências, hospedagens ou para guias os equipamentos que são necessários em cada cenote, como coletes salva-vidas ou uso de calçados para fazer as trilhas.

Conheça a história

Os cenotes demoraram milhares de anos para serem formados e outros milhares de anos para serem descobertos, sendo parte da história daquele local que deve ser conhecida por você, que poderá descobrir mais sobre a história e cultura local.

Misticismo

Diversas culturas e povos acreditam que os cenotes do México e de outros lugares escondem segredos que jamais serão descobertos pelo homem, o que faz com que exista muito misticismo em torno das águas cristalinas e das formações rochosas, principalmente aqueles próximos de ruínas.

Assim, vale a pena entender e sentir tudo o que aquele lugar passa para você através das rochas ou mesmo das águas que lembram um espelho.

Tenha uma lista de opções

Independentemente de estar hospedado em Cancun, Tulum ou qualquer cidade do México, existem muitos cenotes e é quase impossível visitar todos eles, sendo essencial fazer uma lista de quais piscinas você mais quer conhecer.

A dica é começar por aqueles cenotes que estão mais próximos de você e depois seguir para aqueles que ficam em parques, áreas mais isoladas ou distantes da região povoada da cidade.

Regrinhas básicas

cenotes mexicanos 9 Cenotes no México: O que são e como conhecer essas maravilhas

Devido as águas puras e cristalinas, não são permitidos o uso de todos os tipos de protetores bem como cremes nos cenotes ou mesmo alimentos, sendo essencial conhecer as regras de utilização de cada uma das piscinas naturais.

Geralmente, é permitido o uso de protetores biodegradáveis e equipamento autorizado previamente, na dúvida, confirme com os guias ou na entrada sobre o que é permitido ou não.

Além disso, saiba se existem opções de lojas para alugar equipamentos ou restaurantes próximos, para que você vá até o cenote preparado.

PARTICIPE! DEIXE UM COMENTÁRIO

Por favor, deixe seu comentário
Por favor informe seu nome aqui