Descubra Onde Ficar em Miami: Melhores Bairros e Hotéis

Destaque_Onde_Ficar_em_Miami

Uma das partes mais importantes do planejamento de viagem é a escolha da acomodação. Além da hospedagem em si é essencial escolher a região mais adequada para os seus objetivos de viagem.

Quem decide ir a Miami precisa entender que as duas principais regiões para se hospedar são na verdade duas cidades diferentes.

A primeira é Miami, onde os turistas que estão mais focados nas compras decidem ficar, e a outra é Miami Beach, onde ficam as melhores praias deste destino. Dentro dessas duas regiões há diferentes bairros, que dependendo do que você está buscando para sua viagem pode fazer toda diferença.

A divisão dos bairros é como uma linha imaginária e por vezes uma área pode parecer mais de Miami que de Miami Beach.

Para facilitar, vamos subdividir os bairros de acordo com suas grandes regiões. Em Miami, os melhores hotéis e acomodações estão nas áreas que compreendem a região Central – Downtown, Brickwell, Little Havana e Wynwood.

Já Miami Beach, os bairros ideais para se hospedar são South Beach, Mid-Beach, North Beach and Sunny Isle. Além das áreas mencionadas, quem estiver buscando se hospedar um pouco mais distante das hordas de turistas, pode optar por Key Biscane ou Coral Gables.

Nossa ideia com esse artigo é apresentar um guia dessas regiões e ajudar na sua tomada de decisão na hora de escolher onde ficar em Miami.

Onde ficar em Miami: guia de bairros

Miami Downtown: praticidade na hora de se hospedar

O centro da maioria dos destinos é o melhor lugar para ficar na opinião de muitos viajantes. No passado, o centro de Miami atraía mais viajantes de negócios, por concentrar a maioria das empresas de Miami.

Após a casa noturna Club Space se estabelecer na região no começo dos anos 2000 essa realidade mudou. A revitalização que a área experimentou com o boom decorrente da pujante vida noturna trouxe estabelecimentos como restaurantes, bares, condomínios e uma larga oferta de hotéis.

Uma das principais comodidades de se hospedar no Downtown de Miami é poder estar perto de tudo e a apenas 15 minutos de carro da praia mais badalada de Miami: South Beach.

Algumas das principais atrações turísticas de Miami também tem como localização o entorno do Downtown, como por exemplo, o Bayside, um mercado a céu aberto que é uma parada agradável para experimentar a cosmopolita culinária local.

Se ao decidir onde ficar em Miami você também está considerando atividades culturais, o Centro e seus arredores está cheio delas. A primeira e mais notável fica por conta do Phillip and Patricia Frost Museum of Science, um museu com arquitetura futurista e cheio de atividades interativas, e a outra se trata do O Olympia Theatre, o histórico centro de artes cênicas de Miami. Uma ressalva válida sobre o centro é que no período da noite, como em outros centros ao redor do mundo, a área é menos movimentada, então recomendamos cautela.

  • Ideal para: viajantes em busca de hotéis mais baratos e viajantes a negócios

Wynwood: arte e inovação em um só bairro

Se você é ávido por arte e manifestações culturais mais urbanas, Wynwood é o bairro certo para você. Além de ser casa do Wynwood Walls, uma área com incríveis grafites de artistas de 50 diferentes países, o bairro tem uma extensa lista de fantásticos restaurantes.

O antigo El Barrio, fica ao norte da região central de Miami. O bairro de Wynwood faz parte do conhecido Miami Design District, uma região que respira criatividade, cheia de novidades do mundo da moda, arquitetura e também gastronomia inovadora.

Particularmente o bairro de Wynwood se destaca dos demais do Miami Design District por conta da quantidade de artistas que se estabeleceram na região. A área também é conhecida por contar com opções de hospedagem que costumam ser mais baratas.

Para os que preferem alugar apartamentos, é no Wynwood que você irá encontrar espaços mais modernos como galpões e lofts de artistas locais.

  • Ideal para: viajantes descolados, mochileiros, jovens e turistas em busca de atividades culturais.

Brickell: a Manhattan de Miami

Brickell, assim como o Downtown de Miami, é um distrito financeiro com grandes empresas multinacionais, sendo um dos melhores bairros para ficar se for uma viagem de negócios.

Por outro lado, a área vem atraindo outros perfis de turistas após a construção do novo centro comercial Brickell City Center.

É uma região em constante construção com muitos arranha-céus, tantos que por vezes parece mais que se está em Nova York.

Outra vantagem de se hospedar em Brickell é ficar próximo a transportes públicos como Metromover, transporte gratuito que conecta regiões próximas nas áreas ao redor do centro de Miami.

O serviço também tem conexão com trem e ônibus para outras regiões. Por ser uma região financeira que atrai muitos viajantes a trabalho, há muitos hotéis de grandes redes no Brickell, como Marriot e Hilton.

Para aproveitar a noite no bairro sem precisar ir muito longe, bastará deixar seu hotel e ir em direção ao El Tucán, uma casa noturna de música latina com toda atmosfera da antiga Havana.

  • Ideal para: viagens a trabalho, turistas em busca de hotéis mais novos e modernos.

Little Havana: a Cuba dos anos 20 dentro de Miami

A influência cubana em Miami é indiscutível. Após fugirem do regime de Fidel Castro, cubanos fizeram da cidade de Miami sua casa. Esse cenário fica mais evidente no bairro de Little Havana, onde se instalaram a maior parte dos cubanos.

Assim como na verdadeira Havana, a região é conhecida pela irreverência, as cores, a gastronomia e pela tradicional rumba. No início de 2017, o bairro ganhou uma atenção especial do National Trust for Historic Preservation, que está revitalizando a arquitetura do bairro a fim de preservar seu significado histórico.

Os hotéis em Little Havana geralmente apresentam valores de diária atrativos. Os prédios também costumam ser construções históricas e decoradas para remontar ao viajante a Cuba dos anos 20.

O bairro costumava ser conhecido por ser inseguro para turistas principalmente na parte da noite, porém, com todo projeto de resgate cultural Little Havana tem atraído mais hotéis e a segurança tem sido reforçada. Mesmo assim recomendamos cautela em passeios noturnos.

  • Ideal para: viagens gastronômicas e culturais.

Miami Beach

South Beach: onde tudo acontece

Onde ficar em Miami pode não ser uma tarefa fácil. Se você não quer cometer nenhum erro em sua escolha – quer ficar perto de tudo, em frente a praia, com todas as facilidades que um turista pode ter – seu lugar é South Beach. É o primeiro bairro que aparece nas buscas quando você decide procurar o melhor lugar para ficar em Miami.

Trata-se do maior centro de turismo de Miami, onde a vida noturna atrai a classe alta da cidade e ao mesmo tempo na parte do dia, as pessoas andam com trajes mais relaxados. É um bairro de contrastes, mas sem perder suas características de luxo. Você encontrará restaurantes cinco estrelas Michelin e bares mais populares.

É em South Beach que está localizado o Art Decó District, com toda sua arquitetura particular. É também a região com mais variedade de hotéis, desde acomodações low-cost a hotéis cinco estrelas.

Por ser a área mais procurada é recomendado reservar sua hospedagem com antecedência, principalmente no verão, época que a região de South Beach recebe milhares de turistas.

  • Ideal para: curtir toda badalação de Miami. Bairro também é ideal para quem quer curtir o melhor da vida noturna.

Mid-Beach, North-Beach e Sunny Isles: a região mais relax de Miami Beach

Se South Beach é a área que se estende ao Sul da ilha de Miami Beach, Mid-Beach, North-Beach e Sunny Isle são regiões mais ao norte. São áreas mais indicadas para quem está em busca de sossego, pois também são bairros mais residenciais.

Para entender melhor a localização desses bairros, seus moradores fizeram uma divisão usando o número das ruas. Mid-Beach fica por exemplo entre a 23 street e 63 street, já North-Beach está entre a 63 street e a 86 street. Sunny Isles por outro lado está ainda mais ao norte, e é considerada como uma outra cidade.

Mesmo assim, o interessante é que quanto mais ao norte se vai, mais barato se tornam os valores das acomodações. Há excelentes preços e instalações novas em Sunny Isles, que é uma área que está vivenciando uma época de revitalização.

É claro que os hotéis não têm o luxo de South Beach, mas há uma grande chance de que em um futuro não muito distante Sunny Isles se torne a nova South Beach, uma vez que South Beach vem sofrendo com um turismo predatório e o metro quadrado na região custa uma fortuna.

  • Ideal para: viajantes que buscam um pouco mais de isolamento e preços atrativos.

Outras áreas em Miami

Key Biscane: tranquilidade perto de Miami

Entre as áreas ao redor de Miami que são consideradas pelos turistas para hospedagem está Key Biscane, uma ilha a cerca de 20 minutos do sul de Miami, às margens do bairro de Coconut Grove.

É uma região mais isolada de Miami, consequentemente, mais tranquila. Se você é do tipo que prioriza paz e calma em relação a compras e vida noturna, Key Biscayne, ou apenas Key, como é chamado o bairro pelos habitantes locais, é uma de suas melhores apostas. O bairro possui praias magníficas, dois parques à beira-mar e uma ciclovia.

Note que para voltar a Miami você precisará passar pela Rickenbacker Causeway, cujo pedágio custa US$1.25. Apesar de ser mais afastada, a região não conta com os preços mais baratos de hospedagem de Miami.

  • Ideal para: muitas famílias optam por hospedagem em Key Biscane justamente para ficar mais afastada do caos. Se você está viajando com os pequenos, Key Biscane pode ser o bairro ideal.

Coral Gables: um bairro para se sentir em casa

Coral Gables é aquele bairro para quem quer viver uma experiência mais autêntica. A área é conhecida como “City Beautiful”, Cidade Bonita em tradução livre. O título se deve pelo ambiente muito bem cuidado do bairro, com vegetação exuberante, cheia de árvores, flores e outros elementos da natureza que dão ao bairro todo um status de elegância.

Coral Gables ainda conserva grande parte da antiga arquitetura espanhola, principalmente nos estabelecimentos comerciais. O bairro abriga uma das principais atrações turísticas de Miami: a Venetian Pool, piscina pública com decoração que recomenta arquitetura europeia.

  • Ideal para: viajantes em busca de hospedagens mais autênticas e fora da rota mais turística.

A verdade é que não existe melhor lugar para ficar. Onde ficar em Miami vai depender muito do seu objetivo de viagem. Nesse sentido, nosso objetivo com esse artigo foi ser seu guia pessoal pelas regiões mais escolhidas pelos turistas para se hospedar. Agora prepare as malas para curtir o máximo desse pedacinho do mar caribenho.

PARTICIPE! DEIXE UM COMENTÁRIO

Por favor, deixe seu comentário
Por favor informe seu nome aqui