Descubra Onde Ficar em Buenos Aires: Mapa dos Melhores Bairros e Hotéis

Onde-ficar-em-buenos-aires-hoteis

Decidiu visitar a terra dos hermanos nas próximas férias? Compradas as passagens, o próximo passo é escolher onde ficar em Buenos Aires. Tenha em mente que não existe o melhor bairro para se hospedar na capital do tango, mas sim regiões de acordo com os seus objetivos de viagem.

Muitos viajantes recomendam fazer base no Centro de Buenos Aires, porém, se a sua meta é ter uma experiência mais relaxante e longe das badalações, essa pode não ser a melhor opção. Sua primeira tarefa antes de definir onde ficar em Buenos Aires é refletir sobre o que você espera dessa viagem.

Compras? Cultura? Gastronomia? Vida Noturna? Um pouco de tudo?

Nesse post você vai ver:

  • Qual o melhor bairro para ficar em Buenos Aires
  • Os 20 melhores hotéis para ficar em Buenos Aires
  • Dicas do bairro e Melhores hotéis para ficar no Centro
  • Dicas do bairro e Melhores hotéis para ficar na Recoleta
  • Dicas do bairro e Melhores hotéis para ficar em Palermo
  • Dicas do bairro e Melhores hotéis para ficar em Puerto Madero
  • Dicas do bairro e Melhores hotéis para ficar em San Telmo
  • Onde ficamos em Buenos Aires

Leia Mais => Roteiro de 5 dias em Buenos Aires

10 dicas em Buenos Aires para uma viagem romântica (+1 bônus!)

Qual o melhor bairro para ficar em Buenos Aires?

Com o propósito da sua viagem definido, o guia a seguir foi criado para te ajudar a escolher onde ficar em Buenos Aires. A ideia é percorrer os bairros que estão no top 5 dos turistas quando o assunto é hospedagem na capital Argentina: Centro, Recoleta, Palermo, Puerto Madero e San Telmo.

A seguir vamos destrinchar cada um desses bairros, mostrando não somente os pontos positivos, mas também os negativos de se hospedar nessas áreas.

Abaixo você pode ver o Mapa ILoveTrip com os melhores bairros e melhores hotéis para você ficar em Buenos Aires, com diferentes faixas de preços.

Você também pode clicar no ícone do canto superior esquerdo do mapa e selecionar a visualização de pontos turísticos, restaurantes, shoppings e transporte. Esse é um mapa completo do ILoveTrip para te ajudar a montar sua viagem para Buenos Aires!

>>Planeje sua viagem<< entenda por que o SEGURO VIAGEM é INDISPENSÁVEL e para você fazer uma viagem tranquila e econômica!

Os 20 melhores hotéis para ficar em Buenos Aires

Com base na nossa experiência e no índice ILoveTrip de hotéis, selecionamos os 20 melhores hotéis para você ficar em Buenos Aires, nas melhores localizações, com os melhores custos benefícios e com diferentes faixas preços.

Escolha um dos hotéis e faça a reserva pelos links do ILoveTrip! Você garante as MELHORES OFERTAS, não paga mais nada por isso e ainda ajuda o blog a manter o conteúdo de qualidade e de graça =)

Os valores abaixo são uma média de preços referentes à 1 diária de casal com café da manhã.

Onde ficar em Buenos Aires: Guia de bairros e hotéis

Dicas e Melhores Hotéis no Centro: comodidade e preços baixos – região vermelha do mapa

Se for a sua primeira viagem para Buenos Aires, muito provavelmente você está buscando facilidade e estar perto das principais atrações. Nesse sentido, a Região Central é a primeira opção do turista em busca de onde ficar em Buenos Aires.

Não é uma ideia errada, muito pelo contrário, é uma aposta perfeita, uma vez que ao se hospedar no Centro tudo poderá ser feito caminhando.

Outra razão para escolher o Centro de Buenos Aires é se você tem pouco tempo de viagem. O destino é muito escolhido para viagens rápidas de fins de semana que consomem de 2 a 3 dias.

Com esse tempo enxuto, é óbvio que o turista vai querer tirar o máximo da cidade. Sem pensar duas vezes, o melhor bairro para esse fim é o Centro.

Aqui estão alguns dos principais cartões postais de Buenos Aires: Casa Rosada, Obelisco, Calle Florida, Galerias Pacífico, Café Tortoni, entre outros.

Agora que você já sabe alguns dos motivos pelos quais você escolheria se hospedar no Centro de Buenos Aires, é hora de conhecer um pouco desse bairro e suas sub-regiões: Microcentro, Montserrat e San Nicolas.

Todas essas áreas estão recheadas de diversas opções de hotéis para distintos tipos de público e bolsos.

Microcentro

O chamado Microcentro de Buenos Aires não é tão micro assim. São mais ou menos 60 quarteirões que vão do início da Avenida Córdoba, nas proximidades das Galerias Pacífico, até o final da Avenida Mayo.

As hospedagens com valores mais acessíveis se encontram nesta região. Além disso, se está entre os seus planos se esbanjar nas compras, não tenha dúvidas, reserve seu hotel ou hostel pelo Microcentro.

Você estará no coração do principal centro comercial de Buenos Aires, a Calle Florida. Trata-se de uma espécie de feira a céu aberto em que é possível comprar de tudo um pouco: de roupas a delicatessen.

Montserrat

Outra alternativa central é Montserrat. Tendo como referência o Microcentro, Montserrat está localizado após a Avenida Mayo. Montserrat, assim como o Microcentro, concentra boas opções custo x benefício de hospedagem, é um paraíso para os mochileiros em busca de albergues econômicos.

Essa parte da cidade abrange monumentos históricos, prédios governamentais e alguns dos tesouros arquitetônicos da capital argentina. O bairro tem toda uma atmosfera política-empresarial e um quê de boêmia.

Se hospedar em Monserrat é entrar numa máquina do tempo diretamente para Buenos Aires do século 19, o que torna o bairro fascinante.

San Nicolas

É difícil dizer exatamente onde começa e termina cada sub-região do Centro de Buenos Aires. San Nicolas em alguns momentos se mistura com Montserrat e com o Microcentro. O que mais caracteriza a região é o fato de ser um distrito financeiro.

É a Wall Street de Buenos Aires, portanto, caso sua viagem seja a negócios, talvez este seja o seu lugar.

Vale a pena se hospedar no Centro?

  • Pontos positivos: a maior vantagem de se hospedar no centro é a facilidade e a comodidade de estar perto dos pontos turísticos.
  • Pontos negativos: o centro de Buenos Aires, como muitas outras regiões centrais ao redor do mundo, carece de vida noturna. Não significa que você não vai encontrar bares e restaurantes. Eles estão por lá, mas numa escala menor se for comparar a outros bairros como Palermo.

Veja a lista que preparamos com os 4 melhores hotéis para você ficar no Centro de Buenos Aires:


Onde-ficar-buenos-aires-tango-mayoTango de Mayo Hotel

Fabuloso 8,9 – Pontuação baseada em 2132 avaliações
Situado em um prédio histórico e clássico de Buenos Aires, oferece uma tv gigante de 42′ nos quartos. Há ainda um restaurante onde são servidores as refeições.
Preço médio: R$ 437,00
>>Reserve online por este link


Onde-ficar-buenos-aires-park-silverPark Silver Obelisco

Muito Bom 8,4 – Pontuação baseada em 2157 avaliações
Vista para um dos principais cartões postais de Buenos Aires, o Obelisco fica perto de tudo como a rua Florida, Galerias Pacífico e à 200 metros do Teatro Cólon.
Preço médio: R$ 449,00
>>Reserve online por este link


Onde-ficar-buenos-aires-dazzler-maipuDazzle Maipú

Muito Bom 8,3 – Pontuação baseada em 532 avaliações
Estilo moderno, oferece uma decoração 4 estrelas. O Hotel oferece serviços de massagem, aluguel de carros e lavanderia.
Preço médio: R$ 474,00
>>Reserve online por este link


Onde-ficar-buenos-aires-nh-buenos-aires-floridaNH Buenos Aires Florida

Muito Bom 8,3 – Pontuação baseada em 724 avaliações
Quartos padronizados oferecem conforto e limpeza nessa rede de hotel. Há um bar e restaurante no local tanto para o almoço quanto para o jantar.
Preço médio: R$ 610,00
>>Reserve online por este link

Dicas e Melhores Hotéis na Recoleta: um pouco de tudo de Buenos Aires

Decidir onde ficar em Buenos Aires não é uma tarefa fácil. Cada bairro tem sua particularidade. A Recoleta, também chamada de “Petit Paris de Buenos Aires”, atrai turistas que estão em busca de uma experiência mais relaxante.

Em uma rápida busca no Google, algumas das palavras-chave associadas ao bairro da Recoleta, são: luxo, nobreza e elegância. O bairro com certeza merece tais títulos. Ao caminhar pela Recoleta muitos descrevem ter a impressão de estar passeando por alguma rua de uma cidade europeia.

Essa sensação se dá principalmente pela arquitetura francesa dos prédios residenciais e das ruas arborizadas.

A Recoleta passou a abrigar a nobreza de Buenos Aires no final do século 19, quando uma epidemia de febre amarela no subúrbio da cidade fez com que as famílias mais abastadas migrassem para a região.

Hoje, além do status de luxo, o bairro também é lembrado por um ponto turístico inusitado: o Cemitério da Recoleta, onde estão enterrados alguns dos nomes mais importantes da história da Argentina, como por exemplo, Eva Perón.

Não para por aí. Além da elegância, o bairro também guarda alguns tesouros da cultura Argentina. Na Recoleta estão o Museu Nacional de Belas Artes (Malba) e o Centro Cultural Recoleta.

Outras atrações incluem a escultura Floralis Generica, a Biblioteca Nacional e a Feira de Artesanatos da Plaza Francia.

A boa notícia é que ao escolher se hospedar na Recoleta, o viajante poderá curtir um pouquinho de todas as Buenos Aires. O bairro permite que o turista tenha uma experiência mais local uma vez que também é mais residencial.

Ao mesmo tempo, é possível chegar ao centro em questão de 30 minutos de caminhada. Para completar, o bairro também dispõe de uma agradável vida noturna com restaurantes de culinária local e internacional.

Vale a pena se hospedar na Recoleta?

  • Pontos positivos: por fazer fronteira com bairros como Centro e Palermo, a Recoleta é a aposta perfeita para quem deseja ter uma experiência completa de Buenos Aires.
  • Pontos negativos: costuma ser um pouco mais caro se hospedar na Recoleta, o que não significa que não existam opções de baixo custo.

Veja a lista que preparamos com os 6 melhores hotéis para você ficar na Recoleta em Buenos Aires:


Onde-ficar-buenos-aires-alvear-palaceAlvear Palace Hotel

Fantástico 9,4 – Pontuação baseada em 476 avaliações
O Alvear é um luxuoso hotel 5 estrelas para quem busca conforto e requinte em um prédio histórico de 1932. Fica pertinho do cemitério da recoleta e do Museu de Belas Artes.
Preço médio: R$ 1940,00
>>Reserve online por este link


Onde-ficar-buenos-aires-art-suites-galleryArt Suites & Gallery

Fabuloso 8,8 – Pontuação baseada em 701 avaliações
Esse hotel possui quartos muito bem decorados, alguns deles com banheira e varanda com vista para o bairro da Recoleta. Ainda há uma galeria de arte de 200m2 no saguão.
Preço médio: R$ 374,00
>>Reserve online por este link


Onde-ficar-buenos-aires-cyan-recoleta-hotelCyan Recoleta Hotel

Muito Bom 8,2 – Pontuação baseada em 1008 avaliações
Hotel com bom custo benefício para ficar na Recoleta. Possui quartos com decoração neutra com TV de plasma e café da manhã.
Preço médio: R$ 380,00
>>Reserve online por este link


Onde-ficar-buenos-aires-dazzler-recoletaDazzler Recoleta

Muito Bom 8,00 – Pontuação baseada em 2037 avaliações
Fazendo parte da rede Dazzler de Buenos Aires, possui quartos elegantes com aquecimento e ar-condicionado. Há ainda mesa de trabalho ou sessões de massagem.
Preço médio: R$ 447,00
>>Reserve online por este link


Onde-ficar-buenos-aires-grand-petit-casaGrand Petit Casa Hotel

Fabuloso 8,9 – Pontuação baseada em 304 avaliações
Possui quartos amplos e confortáveis nesse hotel muito bem avaliado na Recoleta. Muito próximo do MALBA e do cemitério da Recoleta.
Preço médio: R$ 450,00
>>Reserve online por este link


Onde-ficar-buenos-aires-esplendor-plaza-franciaEsplendor Plaza Francia

Muito Bom 8,5 – Pontuação baseada em 1058 avaliações
Tem quartos lindos muito bem decorados. Alguns com uma bela vista do bairro. O hotel dispõe de academia e você ainda pode tomar seu café da manhã no conforto do quarto.
Preço médio: R$ 442,00
>>Reserve online por este link

Dicas e Melhores Hotéis em Palermo: gastronomia e vida noturna movimentada

Assim como a região central, o bairro de Palermo é extenso e por isso é subdividido. Duas das sub-regiões que mais abrigam viajantes são Palermo Soho e Palermo Hollywood.

O bairro como um todo seduz por sua agitada vida noturna, o clima boêmio e por permitir uma autêntica experiência portenha, afinal, grande parte da população de Buenos Aires vive em Palermo.

Palermo Soho

O Soho fascina principalmente designers e amantes da arte em geral. É uma área que comporta tanto a boêmia e o charme de seu vizinho Palermo Viejo como a pujante vida noturna e minimalismo de seu irmão mais novo, Palermo Hollywood.

O destino é ideal para quem tem uma personalidade mais cosmopolita. É um bairro considerado cool e a diversão aqui não se baseia em visitar museus antigos ou a arquitetura colonial espanhola. É a casa de diversas startups inovadoras, e com isso já dá para se ter uma ideia de que o Palermo Soho é um bairro jovem.

Não é à toa que seu nome foi copiado de um bairro de uma outra cidade conhecida por nunca dormir: Nova York. Assim como o Soho norte-americano, o Soho argentino é descolado e com ruas repletas de grafite e um estilo hippie-chic.

É indiscutível que Palermo Soho é um celeiro de ideias e mentes sedentas por revolução e novidades. Nomes como do revolucionário Jorge Luiz Borges e do guerrilheiro Che Guevara fazem parte da história dos antigos moradores do Soho.

Além disso, o Palermo Soho não se trata apenas de atmosfera. Há muito o que fazer pelo bairro. É imperdível, por exemplo, tirar um fim de semana para conhecer as feiras de artesanato da Plaza Serrano e Plaza Armenia.

Vendedores, designers e artistas independentes se aglomeram nessas localizadas para promover seus negócios. Outras atrações conhecidas que estão no Soho são o Jardim Japonês e o Planetário, que inclusive foi cena do filme “Medianeras: Buenos Aires na era do amor virtual”.

Palermo Hollywood

O Soho e Hollywood são bastante semelhantes. Os dois apresentam uma proposta mais descolada, mas é no Palermo Hollywood que o turista encontrará a maior variedade de restaurantes e bares.

Talvez esses estabelecimentos tenham se instalado no bairro no passado para atrair os trabalhadores dos diversos estúdios de rádio e televisão que ocupavam a região.

Portanto, se seu objetivo é curtir a noite de Buenos Aires, seja para um jantar requintado, seja para beber com os amigos, você já sabe onde ficar em Buenos Aires: Palermo Hollywood.

Vale a pena se hospedar em Palermo?

  • Pontos positivos: Palermo é uma alternativa para quem não gosta de ficar em bairros abarrotados de turistas. É um bairro movimentado sim, mas principalmente pela população local.
  • Pontos negativos: o bairro fica mais afastado dos cartões-postais, mas nada que o metrô não resolva. Palermo tem conexão com o centro e em cerca de 25 a 30 minutos será possível chegar aos principais pontos turísticos.

Veja a lista que preparamos com os 4 melhores hotéis para você ficar em Palermo Buenos Aires:


Onde-ficar-buenos-aires-soho-point-palermoSoho Point Palermo

Muito Bom 8,1 – Pontuação baseada em 601 avaliações
Para quem prefere ficar em Apartamentos com cozinha completa e ainda economizar no valor da hospedagem esse é o lugar.
Preço médio: R$ 257,00
>>Reserve online por este link


Onde-ficar-buenos-aires-fierro-hotel-buenos-airesFierro Hotel Buenos Aires

Fantástico 9,4 – Pontuação baseada em 339 avaliações
Possui quartos modernos e amplos. A estrutura do hotel ainda possui spa e um piscina com espreguiçadeiras para relaxar. Quem quiser ainda pode aproveitar o bar do local.
Preço médio: R$ 350,00
>>Reserve online por este link


Onde-ficar-buenos-aires-nuss-buenos-aires-sohoNuss Buenos Aires Soho

Fabuloso 8,8 – Pontuação baseada em 277 avaliações
Situado em uma região com várias opções gastronômicas, o Nuss Buenos Aires possui academia, restaurante e sauna no local.
Preço médio: R$ 694,00
>>Reserve online por este link


Onde-ficar-buenos-aires-lhotel-palermoL’Hôtel Palermo

Fabuloso 8,7 – Pontuação baseada em 585 avaliações
O l’Hôtel Palermo possui um belo jardim com piscina. Seus quartos são confortáveis e alguns possui banheira para relaxar.
Preço médio: R$ 396,00
>>Reserve online por este link

Dicas e Melhores Hotéis em Puerto Madero: Moderno e Industrial

Puerto Madero é o bairro mais novo de Buenos Aires. Trata-se de uma área onde anteriormente funcionava um porto. Em 1989 o local se tornou um cemitério de navios enferrujados e armazéns abandonados.

Nessa mesma época tiveram início diversas discussões para revitalizar a região. Recursos públicos e privados que somam cerca de R$2 bilhões de reais tornaram possível a recuperação da área.

O projeto foi considerado o mais bem sucedido em todo o mundo se tratando de áreas portuárias, inclusive serviu de inspiração para revitalizar portos de outras cidades, como o Porto Maravilha, no Rio de Janeiro.

A mistura do moderno com o industrial fazem de Puerto Madero uma opção não tão óbvia, mas certamente fascinante. O interessante aqui é que o próprio bairro em si é a atração turística.

Além disso, o viajante também estará a alguns passos do monumento mais visitado do bairro – a construção futurista Puente de La Mujer. Os antigos armazéns foram transformados em diversos restaurantes e bares, o que também torna o bairro atraente no quesito vida noturna.

Vale a pena se hospedar em Puerto Madero?

  • Pontos positivos: O bairro está localizado nas imediações da região central, o que possibilita uma experiência mais singular e ao mesmo tempo propicia a comodidade de estar próximo as atrações turísticas.
  • Pontos negativos: Puerto Madero, diferente dos outros bairros, não tem uma vasta gama de hotéis, por outro lado, é possível encontrar quartos para alugar nas imediações.

Veja a lista que preparamos com os 3 melhores hotéis para você ficar em Puerto Madero, Buenos Aires:


Onde-ficar-buenos-aires-faena-hotel-buenos-airesFaena Hotel Buenos Aires

Fabuloso 8,7 – Pontuação baseada em 269 avaliações
O prédio do Faena já é uma atração em si com uma estrutura impressionante. É um hotel luxuoso com quartos requintados e estrutura de spa e piscina. Não há como não gostar.
Preço médio: R$ 1835,00
>>Reserve online por este link


Onde-ficar-buenos-aires-hilton-buenos-airesHilton Buenos Aires

Fabuloso 8,6 – Pontuação baseada em 1758 avaliações
O Hilton dispensa apresentações com uma bela estrutura, quartos super confortáveis com banheira e bela vista para a cidade.
Preço médio: R$ 1231,00
>>Reserve online por este link


Onde-ficar-buenos-aires-alvearAlvear Icon Hotel

Fantástico 9,2 – Pontuação baseada em 382 avaliações
Podemos ver que Puerto Madero combina com hotel 5 estrelas. Mais um na região com tudo que o viajante tem direito. Belos quartos, spa, academia e um bar.
Preço médio: R$ 1430,00
>>Reserve online por este link

Dicas e Melhores Hotéis em San Telmo: história e tango

Se Puerto Madero é o bairro mais novo de Buenos Aires, San Telmo é o oposto. A região remonta ao século 17, quando era casa principalmente de trabalhadores das fábricas de tijolos e da região portuária.

O nome do bairro é inclusive uma homenagem ao santo padroeiro dos marítimos San Pedro González Telmo.

A aparência antiga e decadente transporta os transeuntes para a Buenos Aires dos anos 20. É uma mistura de subúrbio e história. Aqui você verá comércio misturado com apresentações de tango de rua, sem precisar pagar para ir a um espetáculo da dança para isso.

Os domingos são particularmente enérgicos em San Telmo. Há um grande Mercado de rua com venda de antiguidades, estátuas humanas e dezenas de performances de artistas de rua. É o bairro ideal para comprar as tão pedidas lembrancinhas para os entes queridos.

Vale a pena se hospedar em San Telmo?

  • Pontos positivos: como o bairro é bem antigo, é bem fácil encontrar opções de hospedagem bem em conta.
  • Pontos negativos: San Telmo não é uma boa pedida se você gosta de aproveitar a vida noturna. O bairro não é considerado seguro nesse sentido.

Veja a lista que preparamos com os 3 melhores hotéis para você ficar em San Telmo,  Buenos Aires:


Onde-ficar-buenos-aires-thelmho-hotel-boutiqueTelmho Hotel Boutique

Muito Bom 8,4 – Pontuação baseada em 458 avaliações
Fica no meio do burburinho de San Telmo. Este hotel possui um bom custo benefício com quartos em estrutura moderna e um bom café da manhã.
Preço médio: R$ 331,00
>>Reserve online por este link


Onde-ficar-buenos-aires-mansion-vitrauxMansion Vitraux Boutique Hotel

Fabuloso 8,8 – Pontuação baseada em 537 avaliações
Tem quartos amplos e muito bem decorados. Para quem quer relaxar faça frio ou sol, há uma piscina aquecida e um belo terraço com espreguiçadeiras.
Preço médio: R$ 434,00
>>Reserve online por este link


Onde-ficar-buenos-aires-art-factory-san-telmoArt Factory San Telmo

Muito Bom 8,0 – Pontuação baseada em 1300 avaliações
Para quem busca economia e animação, o Art Factory é um hostel que possui tudo isso e mais um pouco. Há apenas 200 metros de uma estação de metrô e 500 metros da Plaza de Mayo.
Preço médio: R$ 81,00
>>Reserve online por este link

Agora que você já conhece as opções mais interessantes de bairros na capital Argentina, chegou a hora de preparar o roteiro de viagem e escolher onde ficar em Buenos Aires.

+ Veja mais opções de onde ficar em Outras Regiões de Buenos Aires

Agora é escolher entre preço, localização e conforto. As opções não faltam mais para você.

Ainda em dúvidas onde ficar em Buenos Aires? Deixe seu comentário ou sugestão e compartilhe com outros viajantes!

PARTICIPE! DEIXE UM COMENTÁRIO

Por favor, deixe seu comentário
Por favor informe seu nome aqui