Cambará do Sul: Pontos Turísticos, Roteiro e Dicas

Cambara_do_Sul_Pontos_Turisticos_Roteiro

Conhecida como a “Terra dos Cânions”, Cambará do Sul está localizada na região de Campos de Cima da Serra, no Rio Grande do Sul. Um cenário natural e sedutor, com mais de 1.400 metros de altitude. São paisagens de milhões de anos que só a natureza é capaz de fazer.

A cidade é pequena e possui poucos pontos de visitações em seu centro. Porém, o forte da região está em seu interior. O local é o principal ponto de partida ao seu interior até os parques nacionais de Aparados da Serra e da Serra Geral, que fica na divisa com Santa Catarina.

Diversos grandes cânions, grandes e extensos paredões formados por erosão de milhares de anos, podem ser visitados. Um deles é Cânion Itaimbezinho e o outro é o Cânion Fortaleza, que é o maior de todos.

Neste post você vai descobrir:
  • História de Cambará do Sul
  • Como chegar à Cambará do Sul
  • Quando ir e como circular
  • Pontos turísticos e atrações em Cambará do Sul
  • Onde comer em Cambará do Sul
  • Onde ficar em Cambará do Sul: 7 melhores opções de pousadas e hotéis
  • Roteiro Completo de 2 dias em Cambará do Sul
  • Atendimento ao turista em Cambará do Sul

Cambará do Sul: Pontos Turísticos, Roteiro e Dicas

História de Cambará do Sul

A cidade nasceu em 17 de abril de 1864, anteriormente a região pertencia ao município vizinho de São Francisco de Paula. O surgimento de Cambará do Sul se deve ao fato de Dona Úrsula Maria da Conceição ceder 20 hectares de terra à igreja. A doação foi cumprir a promessa feita ao padroeiro São José.

Porém, somente em 20 de dezembro de 1963, foi sancionada a lei que deu origem ao município, que até então era distrito de São Francisco de Paula. O antigo nome, época distrital, era São José do Campo Bom. A distância entre Porto Alegre e Cambará do Sul é de 185 km. A população do município é estimada em quase 7 mil pessoas.

Como chegar

Para chegar em Cambará do Sul de avião, desembarque no Aeroporto Regional de Caxias do Sul, em Rio Grande do Sul, que fica a 137 km de distância. Os voos são diários pelas companhias Gol e Azul, partindo de São Paulo, Curitiba e Porto Alegre. Se preferir, o Aeroporto Internacional Salgado Filho, em Porto Alegre, fica a 177 km de Cambará do Sul, é atendido por outras companhias.

Já para ir até a cidade a principal opção é de carro e você pode optar por dois trajeto: o primeiro é pela RS 020.  Saindo de Porto Alegre, a rodovia passa por Gravataí, Taquara e São Francisco de Paula até chegar em Cambará do Sul. Já a segunda alternativa é também partindo da capital gaúcha seguindo pela BR 290 e RS 486, conhecida como Rota do Sol.

Se você está partindo de Santa Catarina, é melhor seguir pela BR 101 e depois continuar na BR 285. Em seguida, terá que percorrer até RS 020 que vai até Cambará do Sul. Ao todo, serão 330 km.

Já aqueles que preferem uma vigem de ônibus, há também apenas duas opções. A primeira é atendida pela empresa Citral, que sai de Porto Alegre com linha direta até a “Terra dos Cânions”. Partindo sempre às 6h e tem preço médio de R$ 32,05. Agora, você também pode sair de Caxias do Sul, pela companhia São Marcos, a um valor médio de R$ 25,70. A viagem é feita durante a semana, menos de quinta-feira, às 17h30min. Aos finais de semana os horários são diferentes, sendo de sábado às 13:30min e domingo às 20:30min.

Quando ir e como circular

Para ir a Cambará do Sul é preciso ficar atento ao tempo da região para poder aproveitar ao máximo o que a região oferece. Quando falamos de cânions, todos querem aproveitar os mirantes e as belas paisagens. O inverno é a melhor época, devido ao tempo mais seco, mesmo com as baixas temperaturas.

Os meses do verão também podem oferecer boas experiências, mas a incidência de nevoeiro pode prejudicar a visibilidade. Nesse período as principais atrações são as cachoeiras e piscinas naturais na que ficam na da trilha Rio do Boi.

A cidade é extremamente pequena, com uma rua principal e outras aos arredores. Por isso, para ir até as principais trilhas e aos parques, é preciso de um carro. Caso não esteja com veículo próprio, precisará alugar em outra cidade, já que Cambará do Sul não tem locadoras.

Se preferir, poderá comprar passeios nas pousadas que já incluem o serviço de transporte. Os taxis também podem ser uma alternativa, mas com poucas opções, o valor a ser pago pode ser alto.

Pontos turísticos e atrações em Cambará do Sul 

Cânion Itaimbezinho

É o mais atrai turistas por sua beleza e pelos paredões que chegam a incríveis 5,8 km de extensão. A profundidade é de 720 metros e 600 metros de largura que fazem os viajantes se apaixonarem pelo Cânion Itaimbezinho. Está localizado há cerca de 18 km do centro e Cambará do Sul e fica no Parque Nacional dos Aparados da Serra.

A região é no interior e você deve estar preparado para ficar constantemente em contato com a natureza. Podem ser feitas 3 trilhas: a primeira é a Trilha do Vértico, com 1,5 km pela parte superior do cânion.

Há a Trilha do Cotovelo, caminhada pela borda do cânion com 6 km de extensão. Por fim, a Trilha do Rio do Boi, que é a mais longa com 8 km de comprimento e também a mais difícil de ser feita, pois fica na parte baixa dos paredões.

As trilhas são bem sinalizadas e todo o trajeto é estruturado para receber os visitantes, mas é importante ter a companhia do um guia. Além disso, roupas apropriadas para caminhadas pela natureza e calcados confortáveis são essenciais. São horas de caminhadas, somente na Trilha do Cotovelo são necessárias duas horas. É importante levar água mineral, lanche, protetor solar e capa de chuva.

O local tem portaria de acesso, estacionamento e trilhas sinalizadas. O funcionamento é de terça a domingo, das 08h às 17h. Para entrar o valor é de R$ 5,00.

Cânion Fortaleza

O Cânion Fortaleza, que faz parte Parque Nacional da Serra Geral, fica a 23 km do centro de Cambará do Sul. O trajeto até este ponto turístico é feito em boa parte em estrada de terra, o que leva mais ou menos 30 minutos.

O local é realmente de tirar o folego, já que ganhou o nome de Fortaleza devido aos paredões que muito se assemelham a grandes muralhas. É o maior cânion da região, com 7,5 km de extensão, 980 metros de altura e 2 km de largura.

Também existem 3 trilhas, que podem ser feitas com ou sem guia, mas é aconselhado ter o apoio de um profissional. A primeira é a Trilha do Mirante, com 3,5 km de extensão que te leva a uma vista panorâmica incrível. Por lá é possível observar parte do solo catarinense e o litoral do Rio Grande do Sul.

A Trilha da Cachoeira do Tigre Preto é a segunda caminhada que você pode fazer por lá, com mais de 2 km. Com mais de 250 metros de altura, é preciso estar preparado para uma caminhada longa. O local é indicado para quem tem um bom condicionamento físico, já que em uma parte do percurso o turista passa por cima do curso da cachoeira. Por fim, ao final desta trilha, é possível adentrar ainda mais em outra trilha chamada Pedra do Segredo. Esta última é realizada para admirar uma pedra rochosa de 5 metros de altura com aproximadamente 30 toneladas.Cânion Malacara – Piscinas Naturais

Também no Parque Nacional da Serra Geral, está localizada as piscinas naturais do Cânion Malacara. O ambiente é praticamente intocado pelo homem, já que todo o percurso é feito pelo caminho que a própria natureza se encarregou de fazer. Todo o trajeto é feito pela pelo leito do rio pedregoso e dura de 2,5 horas a 3 horas.

Aqui é obrigatório tomar banho nas águas geladas, já que há pontos de travessias pelo rio. A trilha tem 3,5 km de extensão até as montanhas, que chegam até 700 metros de altura.

É a menos divulgada das demais trilhas da região, mas a experiência te deixará dentro da natureza. A entrada fica cerca de 5 km de Praia Grande, por onde é possível ter acesso. O percurso é ideal para quem gosta de se aventurar, mas para quem vai fazer trilha pela primeira vez pode ser cansativo. 

Lajeado da Margarida

O Lajeado da Margarida está a 12Km do centro de Cambará do Sul. Com 50 metros de extensão, é uma propriedade particular e deve ser consultado a possibilidade de visita com antecedência. Para chegar até o local o caminho não é o dos melhores, por isso, prepara-se para uma estrada de chão. Por isso, as condições não são favoráveis para veículos de passeio.

Porém, o local merece visitação para quem quer ficar ainda mais perto da natureza, já que lá é possível acampar. Também pode tomar banho nas piscinas naturais, aproveitar as quedas d’água e andar a cavalo.

Consulte a disponibilidade de visitação, conforme orientação da Secretaria de Turismo da cidade. As empresas que realizam a atividade são Guia Aparados da Serra (contato pelo número: 54 3251-1173) e Agência da Colina (contato pelo número: 54 3251-1161). 

Atividades de aventura

A região oferece atividades radicais e aventuras aos turistas. Uma das opções é o passeio de bote em percurso de 4,5 km pelo Rio Camisa até o Lajeado das Margaridas. Ideal para família com crianças, já que o rio é calmo.

Andar de quadriciclo é outra atividade bastante buscada pelos viajantes. É possível adaptar o trajeto de sua preferência, entre mata fechada ou aberta, passar por rios, cachoeira, terrenos com declives, entre outros.

E pedalar, você gosta? É possível conhecer cachoeiras, campos, matas e florestas pedalando. A atividade é feita nos Campos de Cima da Serra. Se preferir, pode dar um passeio de Land Rover pelos principais pontos de Cambará do Sul e região.

A disponibilidade e os valores das atividades devem ser consultadas com antecedências. Para isso, é preciso entrar em contato com a Casa do Turista, pelo telefone: (54) 3251-1320.

Passeios pela cidade de Cambará do Sul e pontos de visitação

Para aproveitar momentos de tranquilidade e relaxar durante a viagem, é sempre bom passar um tempo pela cidade. Para isso, nada melhor do que aproveitar e curtir o que a pequena Cambará do Sul tem de melhor. 

Igreja Matriz São José

Localizada ao centro de Cambará do Sul, na praça principal, a Igreja Matriz São José foi construída em 1945. Em seu interior estão expostas pinturas de um dos assessores de Aldo Locatelli, pintor ítalo-brasileiro. A torre matriz chama atenção pelos seus 32 metros de altura. 

Centro Cultural Dr. Santo Bornéo

Ainda na praça central, está o Centro Cultural Dr. Santo Bornéo. O local abriga o Museu Irmã Tarcila Afonso, a Biblioteca Pública e a Secretaria Municipal de Turismo. É uma construção totalmente feita com madeira e foi construída em 1935. Inicialmente, era uma casa e foi residência da família Vóges.

Museu Irmã Tarcila Afonso

Inaugurado em 2001, o Museu Irmã Tarcila Afonso é responsável por contar a história da cidade. A todo são mais de 400 peças, doadas por moradores, que remontam a vida no local. É aberto diariamente das 8h às 11h30 e das 13h30 às 17h. A entrada é gratuita.

Artesanato Kantu Kente

O Artesanato Kantu Kente foi idealizado para manter vivo os costumes dos primeiros moradores da região. Os turistas podem visitar o local e conferir como funciona a tecelagem de lã local. Também podem comprar peças de roupas feitas por lá.

Onde comer em Cambará do Sul

Apesar de ser extremamente pequena, a cidade tem muito a oferecer em sua cultura. A gastronomia de Cambará do Sul é a base de churrasco e comida caseira, muitas vezes acompanhada de vinhos produzidos na região sul. 

Galpão Costaneira

As refeições são todas preparadas em panelas de ferro e no fogão a lenha no restaurante Galpão Costaneira. É um dos mais famosos da cidade e conta com uma decoração rústica. Opções de pratos é o que não faltam: partos quentes, saladas, entre outros.

O ambiente é bastante procurado e você pode ter que aguardar na fila de espera. Porém, mesmo esperando ser atendido, é possível apreciar cachaças até o tempo passar.

A Taberna

Uma panquecaria moderna, mas sem perder as características da região. São oferecidos diversos sabores da especialidade de casa, que podem ser consumidas em porções para duas pessoas ou individualmente. O estabelecimento também serve outros tipos de pratos, mas o seu forte mesmo é a panqueca.

Muitos viajantes acabam optando em experimentar outros pratos da culinária local no demais restaurantes. Contudo, passam na A Taberna para comer panqueca como sobremesa.

Confira outros locais para comer:

  • Bar e Lancheria Lua Nova
  • Bolicho Guabiroba
  • Café do Casarão
  • Padaria Café & Cia
  • Du Perau Pub Bar
  • Lancheria Bom Gosto

Onde ficar em Cambará do Sul: 7 melhores opções de pousadas e hotéis

Roteiro Completo de 2 dias em Cambará do Sul

Muitos turistas acabam viajando para cidades vizinhas e passam somente um dia em Cambará do Sul. Porém, a região tem uma beleza única e muitas opções para aproveitar. Por isso, passar dois dias por lá é o ideal para explorar o que há de melhor.

Confira abaixo um roteiro com passo a passo do que fazer na cidade:

Primeiro dia do roteiro em Cambará do Sul

  • Logo pela manhã, é melhor seguir em direção ao Cânion Itaimbezinho. É preciso partir da estrada que tem acesso pela Avenida Getúlio Vargas, a principal da cidade. O caminho é de em média 40 minutos. A estrada não é das melhores, já que é de terra e há pedras pelo percurso.
  • Ao retornar para a cidade de Cambará do Sul, você estará novamente na Avenida Getúlio Vargas. Por isso, visite a Igreja Matriz São José na altura do número 1101.
  • Depois, seguindo pela Avenida Getúlio Vargas até o final, em direção à rua Coronel José Pereira, você chegará até Centro Cultural Dr. Santo Bornéo. Lá voce pode visitar o Museu Irmã Tarcila Afonso, a Biblioteca Pública e as Secretarias Municipais de Turismo, Esporte e Cultura.
  • Por fim, antes de ir até a sua pousada, aproveite para jantar no O Casarão, que fica há duas quadras, partindo pela Rua Coronel José Pereira até chegar na rua Ouro Verde.

Segundo dia do Roteiro em Cambará do Sul

  • No segundo dia, visite o Cânion Fortaleza. Para chegar até lá, basta seguir em direção ao interior da cidade pela Avenida Getúlio Vargas, que dá acesso a estrada que leva ao Parque Nacional da Serra Geral.
  • Chegando lá, você pode optar pela Trilha da Cachoeira do Tigre Preto. Ao final dela, siga mais pela Trilha Pedra do Segredo e aproveite tudo da região.
  • Retorne pela mesma estrada que seguiu até o Cânion Fortaleza. Provavelmente, pelo tempo das duas trilhas, o sol estará perto de pôr. Siga até a Rua Dona Úrsula, paralela com a Avenida Getúlio Vargas até o restaurante Galpão Costaneira.
  • Por fim, uma quadra à frente, na mesma rua, delicie-se com as saborosas panquecas no restaurante A Taberna.

Atendimento ao turista em Cambará do Sul

A cidade dispõe da Associação de Condutores Locais de Ecoturismo de Cambará do Sul (ACONTUR) relação de nomes de condutores e guias da região. Você pode verificar os associados clicando aqui.

Além disso, a Casa do Turista, onde há informações sobre as atividades na região, fica localizada na Av. Getúlio Vargas, 1720, Centro. O telefone para contato é: (54) 3251.1557. Horário de Atendimento é das 8h às 18h, todos os dias.

SEM COMENTÁRIOS

PARTICIPE! DEIXE UM COMENTÁRIO

Por favor, deixe seu comentário
Por favor informe seu nome aqui