Buenos Aires: Alfajor, parque Costanera Sur e a despedida

Último dia em Buenos Aires e aproveitamos para conhecer alguns pontos turísticos próximos ao centro que ainda não tínhamos visto como o gigantesco parque Costanera Sur, Torre dos Ingleses e Plaza San Martin. Além disso, aproveitamos para fazer as últimas compras e comer o delicioso alfajor argentino. No final do dia tivemos que nos despedir da cidade já com gosto de saudade.

 

Buenos Aires: Alfajores, parque Costanera Sur

 

Roteiro 5º dia  – quarta-feira

Costanera Sur, Retiro, Torre dos Ingleses, Plaza San Martin

Último dia de viagem. Depois de fazer as malas, acertamos o horário de check out para às 13h e o serviço de remisse para às 17h30.

Pegamos um táxi até a Reserva Ecológica Parque Costanera Sur ao som do estilo Reggaeton que o taxista boliviano estava ouvindo. Esse estilo de música é bem popular em Buenos Aires.

A Costanera Sur é gigante, com trilhas e alguns pontos para observar pássaros e a paisagem. É um lugar bom para fazer corrida e caminhada. Andamos pela trilha mais curta de 2km de extensão.

Alfajor-buenos aires-Argentina
Reserva Ecológica Costanera Sur

Saindo de lá fomos para a região do Retiro conhecer a Torre de los Ingleses, réplica do Big Bem de Londres. O elevador dentro da torre estava fechado por isso não subimos, mas aproveitamos que ali funciona um centro de informações turísticas e pegamos um mapa dos museus de Buenos Aires.

Atravessamos a rua e conhecemos a enorme Plaza San Martin, bem próxima a Calle Florida.

Puerto Madero-Buenos aires-Plaza
Escultura em Puerto Madero
Buenos aires-Plaza-Costanera
Plaza San Martin
Plaza san martin-Torre dos ingleses
Torre dos Ingleses

Voltamos ao hotel para terminar de arrumar as coisas e deixamos nossas malas na recepção até o horário que estava marcado com o remisse.

Voltamos para o centro de Buenos Aires, almoçamos e durante o restinho da tarde aproveitamos para fazer umas últimas comprinhas na Calle Florida.

Dica: os alfajores são sinônimos da marca Havanna apenas para turistas. Nos supermercados existem marcas de alfajores tão deliciosas (e na opinião de muitos até mais gostosas) quanto os produtos da Havanna e o melhor: são vendidos em pacotes por um preço bem mais barato. Experimente o alfajor da marca Bagley, um dos melhores e com variedade de sabores.

Dica: Aproveite a dica acima e compre alfajor como presentinho para os amigos, todo mundo adora!

Dica: os bancos e casas que fazem câmbio no centro de Buenos Aires ficam abertos até as 15h.

Chegamos ao hotel às 17h30 e o carro do remisse já estava nos aguardando e às 18h15 já estávamos no Aeroporto Ezeiza. Valeu a pena chegar um pouco mais cedo porque pegamos muitas filas para fazer check in e embarcar.

Dica: caso queira fazer compras no Dutty Free, programe-se para chegar bem antes do vôo no Aeroporto de Ezeiza.

A viagem acabou, mas ficamos com muitas lembranças lindas de uma cidade receptiva que encanta os olhos e a certeza de que um dia vamos voltar.

 

Despesas de duas pessoas:

  • Táxi Costenera Sur – 26 pesos
  • Metrô (6 passagens) – 6,60 pesos
  • Almoço – 85 pesos
  • Pacote com 6 alfajores Bagley – 10 pesos
  • Remisse para o Aeroporto – 90 pesos

 

Veja mais sobre Buenos Aires:

2 COMENTÁRIOS

  1. Ótimas dicas!

    Tenho uma dúvida de viajante de primeira viagem… Vcs disseram q fizeram o check-out às 13h, saíram e depois voltaram para o hotel às 17:30. Se vcs fizeram o check-out, onde ficaram as malas?

    Obrigada!

    • Geralmente todos os hotéis/hosteis guardam a mala para o hospede, as vezes com custo ou grátis.

PARTICIPE! DEIXE UM COMENTÁRIO

Por favor, deixe seu comentário
Por favor informe seu nome aqui