Cidade de Goiás (Goiás Velho) e seus Pontos Turísticos

Pontos Turísticos de Goiás Velho

Goiás Velho parece uma cidade cenográfica. As ruas do centro histórico preservam as casas antigas, pequenas, com pinturas coloridas e janelas e portas de madeira voltadas para a rua. As calçadas e ruas estreitas são todas de pedra. Entre as fachadas mais simples e as mais requintadas, com desenhos e detalhes, podemos imaginar as diferenças sociais dos antigos moradores.

Algumas casas transformadas em lojinhas vendem quitutes e artesanatos. Outras poucas foram transformadas em restaurantes, lanchonetes e cafés.

Loja de Artesanato na cidade de Goiás Velho
Ruas do Centro – Viagem pelo tempo

É comum encontrarmos janelas e portas abertas, com os moradores atuais sentados em suas cadeiras na calçada, jogando conversa fora e vendo as pessoas passarem. O clima interiorano e o cenário histórico dão um charme especial a pequena cidade de Goiás Velho. Além do passeio pelas ruas históricas, Goiás Velho também tem outros atrativos turísticos. Confira abaixo alguns dos pontos turísticos de Goiás Velho e saiba o que ver e  fazer na cidade.

Principais Pontos Turísticos de Goias Velho

Praça e sorveteria do Coreto

É o lugar mais movimentado da cidade, com muitos bancos e gramado. Em volta da praça existem alguns restaurantes, lanchonetes, lojas de artesanato e a nova igreja matriz (Catedral de Sant’ana). No centro da praça fica a movimentada e famosa Sorveteria do Coreto, que vende vários sorvetes de massa e picolés, dentre eles os sabores exóticos de frutas do cerrado. Veja mais no post  Goiás Velho: Hotéis, Pousadas, Restaurantes e Comidinhas.

Praça do Coreto


Casa e Museu de Cora Coralina

Em uma casa simples, ao lado do rio e de uma pequena ponte branca, encontra-se a antiga casa da Poetisa e doceira Cora Coralina, a maior celebridade da cidade de Goiás Velho e um dos pontos turísticos preferidos dos visitantes. A escritora publicou seu primeiro livro já aos 70 anos, depois de fazer o curso de datilografia.

Dentre seus tutores e amigos estão nomes como Jorge Amado e Carlos Drummond Andrade. A casa que virou museu mostra toda a história de Cora Coralina: são objetos e mobiliários originais, curiosidades, livros, troféus e coleção de prêmios da poetisa do cerrado. A visita é guiada.

 

Espaço Cultural Goiandira do Couto

Outra celebridade de Goiás Velho é a artista Goiandira do Couto, prima de Cora Coralina. A artista utilizava uma técnica de pintura com areias. São mais de 500 tonalidades encontradas na Serra Dourada. Na pequena galeria estão expostos alguns quadros e amostras de areias utilizadas pela artista. Rua Joaquim Bonifácio, 19, atrás da Igreja N. Sra. D’Abadia.

 

Quadros de Goiandira do Coito e as areias em várias tonalidades


Dica:
Se informe antes no CAT – Centro de Apoio ao Turista – sobre os horários de funcionamento dos museus e outros pontos turísticos da cidade.

RECEBA DICAS DE VIAGEM
Faça como 3127 Viajantes Inteligentes e assine nossa lista VIP.É de graça!

Igreja N. Sra do Rosário

 

É a igreja que mais se destaca em Goiás Velho. Construída em estilo neogótico ela pode ser vista de vários pontos da cidade. Ao lado da igreja funciona um convento e um espaço para venda de objetos feitos de barro.

RECEBA DICAS DE VIAGEM
Faça como 3127 Viajantes Inteligentes e assine nossa lista VIP.É de graça!

 

Igreja N. S. do Rosário – Bela arquitetura


Igreja N. Sra. D’Abadia

Bem antiga, combinando com a rua histórica, a igreja tem o altar todo em madeira e a pintura do forro mostra a Virgem com o menino Jesus no colo, cercada por anjos. Ao lado funciona uma pequena exposição de vestuários de membros da igreja. Rua D’ Abadia, s/n.

Igreja N. Sra D’Abadia


Igreja de Santa Bárbara

Com uma linda vista da cidade, esse é um dos pontos turísticos imperdíveis de Goiás Velho. A Igreja pequena e antiga que fica no alto do morro dá um charme especial ao lugar. Ela só é aberta na festa da padroeira no mês de dezembro. Para chegar até ela prepare o fôlego para subir cerca de 100 degraus. Rua Santa Bárbara, s/n, na saída norte da cidade.

 

Igreja de Santa Bárbara
Linda vista da Cidade de Goiás

 

Igreja N. Sra. do Carmo

Contente-se em ver apenas a fachada simples e antiga da igreja. Ela só abre na festa de Nossa Senhora do Carmo. Fica ao lado do Hospital de Caridade.

Igreja N. Sra. do Carmo


Palácio Conde dos Arcos

Mais uma dica do que ver e fazer na cidade. Antiga sede do governo de Goiás até 1933, o lindo e robusto casarão fica na Praça do Coreto. A visita é guiada e passa por todos os cômodos do Palácio, exibindo fotos, móveis e objetos que contam a história do governo na cidade.

Palácio Conde dos Arcos


Igreja N. Sra. da Boa Morte – Museu de Arte Sacra

O museu onde antes funcionava a igreja N. Sra. da Boa Morte sofreu um incêndio em 1921 onde várias peças e parte do altar foram destruídas. Hoje, a visita é guiada e imperdível, onde o turista conhece a cronologia das peças históricas e relíquias da região. Destaque para os detalhes das imagens sacras esculpidas em madeira pelo artista José Joaquim da Veiga Valle, conhecido como Aleijadinho de Goiás. Rua Luiz do Couto.

Museu de Arte Sacra


Museu das Bandeiras – Casa da Câmara e Cadeia

Outro ponto turístico de Goiás Velho, esse é um dos principais prédios históricos da cidade.

O Museu das Bandeiras tem dois pavimentos. No térreo funcionava a antiga prisão, sem portas, onde o acesso era apenas por uma escada de madeira apoiada ao alçapão do piso superior onde funcionava a câmara legislativa. O museu possui utensílios e mobiliários datados da época da sede do governo em Goiás, no século XVIII. As peças mostram a história dos bandeirantes, do ciclo do ouro e dos antigos índios da região. As celas fazem parte da visitação.

O Museu das Bandeiras fica na Praça do Chafariz, que leva esse nome pelo enorme chafariz que decora o gramado da praça e que servia para abastecer a cidade há anos atrás.

Museu das Bandeiras
Museu iluminado

 

Dúvidas? Sugestões? Opiniões sobre Goiás Velho? Deixe abaixo o seu comentário.

Leia nossos outros posts sobre Goiás Velho:

 

*Os dados apresentados no site podem sofrer alterações. Por isso, antes de viajar, sempre confirme as informações e valores com as empresas responsáveis.

[BÔNUS] 4 Dicas para uma Viagem Inteligente

  1. Faça um Seguro Viagem: Por favor, não faça uma viagem internacional sem um Seguro de Viagem. Na Europa ele é obrigatório e nos Estados Unidos um dia de internação custa uma pequena fortuna. Já me salvou mais de uma vez!! Faça uma cotação online  com nossa parceira Mondial e ganhe descontos reservando pelo nosso link.

  2. Alugue um CARRO: A gente ama uma roadtrip. Para não pagar IOF e ainda poder parcelar, fazemos cotação online através da RentCars que busca os melhores preços entre diversas locadoras no Brasil e no mundo com total segurança.

  3. Reserve a Hospedagem: Somos praticamente sócios do Booking.com . São centenas de reservas já feitas sem nunca ter tido problemas. São milhões de opções de hospedagem no Brasil e ao redor do mundo para todos os gostos e bolsos. O melhor é que a maioria tem cancelamento grátis! Reserve Agora!

  4. Use o Celular no Exterior: Praticamente impossível ficarmos desconectados hoje em dia seja para falar com amigos e familares seja para buscar informações, usar o google maps ou o tradutor em uma viagem internacional. Quer mais comodidade do que já sair do Brasil com o seu Chip Internacional funcionando no seu celular? A Travel Mobile é nossa parceira e já usamos em diversos países.
Carla Camila
Carla Camila é formada em Tecnologia da Informação e Marketing e uma das suas maiores paixões é viajar. " Viajar é voltar sempre com uma nova experiência na bagagem e ter a sensação de que a vida vale muito a pena. "