O que fazer em Brasília em um fim de semana

Sempre tem gente me perguntando o que fazer em Brasília em um fim de semana. Então, para começar preparei uma sugestão de roteiro de fim de semana bem típico que eu costumo fazer com os amigos que vem pra cá, com dicas de Brasília e atrações imperdíveis que todo mundo tem que fazer em um roteiro de viagem pela capital.

Mais abaixo você também pode ver o mapa com todos os restaurantes e pontos turísticos de Brasília que mencionamos no texto.

E lembrando que se você tiver alguma dúvida ou opinião sobre o que fazer em Brasília é só deixar um comentário lá no final da página que a gente te responde!

Leia Também: 101 programas IMPERDÍVEIS para curtir Brasília

 

O que fazer em Brasília em um fim de semana

 

Antes de nos mudarmos para cá há cinco anos atrás, o que fazer em Brasília não era uma pergunta relevante para nós porque a cidade não estava em nossos planos de viagem.

Acho que não tínhamos prestado atenção em Brasília por causa da mesma visão distorcida que muitas pessoas ainda têm da capital do país. Tirando o lado político da coisa, a realidade é que a cidade é linda, cheia de pontos turísticos fantásticos e todo mundo que vem pra cá acaba se surpreendendo muito.

Você vai ver que seu final de semana em Brasília vai ficar recheado de coisas legais e se bobear você já vai voltar para casa com gostinho de quero mais.

O que fazer em Brasília – Sexta-feira:

Chegando na sexta-feira no aeroporto de Brasília alugue um carro, pegue um ônibus  executivo ou pegue um táxi até o hotel onde irá se hospedar.

O melhor jeito de andar na cidade é com carro alugado porque as atrações não são tão perto umas das outras e o sol de rachar do cerrado não dá trégua.

Saiba Mais: Alugue seu carro aqui com os melhores preços.

Como a cidade é setorizada, a maioria dos hotéis ficam concentrados em uma mesma região e ela é bem central, o que facilita a locomoção. Na minha opinião, o Setor Hoteleiro Norte é mais agradável do que o Setor Hoteleiro Sul, mas nos dois você vai encontrar bons hotéis para se hospedar.

Descubra => Onde Ficar em Brasília: Dicas para quem vem a Lazer, Negócios ou Concurso

 

Setor Hoteleiro Norte

Dê uma volta à noite para ver os monumentos iluminados na Esplanada dos Ministérios. Se for dia de lua cheia, melhor ainda. É por ali que fica a maioria dos pontos turísticos de Brasília.

Para jantar, você pode escolher entre os chiquezinhos e descolados Univesal Diner, Dudu Camargo, o gastropub Loca como Tu Madre ou ficar com o tradicional Coco Bambu (uma unidade ao lado do setor hoteleiro, no shopping Brasília e outra unidade mais requintada à beira do Lago Paranoá). Se a pedida for pizzaria, escolha uma entre as duas melhores pizzarias de Brasília: Fratello Uno ou Valentina. Todas essas indicações estão entre os melhores restaurantes de Brasília.

Se quiser um bar tradicional da capital para almoçar ou terminar à tarde vá ao Beirute. E para um super hambúrguer a pedida é o restaurante Madero, com unidade agora no shopping Pátio Brasil, pertinho do setor hoteleiro.

 

O que fazer em Brasília – Sábado:

O sol de Brasília é muito forte, por isso, a primeira dica é não sair do hotel sem o kit: protetor solar, boné/chapéu, água e claro, a câmera fotográfica.

E o que fazer em Brasília em um sabadão de sol? Siga pelo eixo monumental em direção à Esplanada dos Ministérios. Começa agora o tour arquitetônico pela capital. Ali estão concentrados a maior parte dos pontos turísticos de Brasília. E todos são grátis!

 

Esplanada dos Ministérios – vista da Torre de TV

Veja por fora a Biblioteca Nacional e o Museu Nacional. Do lado oposto da Avenida Eixo Monumental também está um prédio bem interessante, o Teatro Nacional, que lembra uma pirâmide. O primeiro ponto turístico de Brasília para visita interna é a Catedral Metropolitana, símbolo da capital e com uma arquitetura bem diferente. Uma dica legal e que todo mundo gosta de fazer é “brincar” com o efeito da acústica dentro da Catedral. Para fazer isso, vá até uma extremidade da parede, encoste o rosto e fale em voz baixa com uma outra pessoa na outra extremidade.

Do lado de fora da Catedral Metropolitana, você encontra pessoas vendendo lembrancinhas de Brasília e, do lado esquerdo, vendedores de flores secas do cerrado. Tudo isso você também vai encontrar na feirinha de artesanato.

Depois, siga passando pelos prédios dos Ministérios, que lembram dominós empilhados um em frente ao outro. Ao final dos Ministérios, à direita, você encontra o Palácio do Itamaraty onde fica o Ministério das Relações Exteriores. O prédio é lindíssimo, tanto por fora como por dentro, um dos meus preferidos em Brasília. Ele foi projetado por Oscar Niemeyer e o paisagismo é de autoria de Burle Marx.

Por fora do prédio um lindo espelho d’água e por dentro várias obras de arte, esculturas e um jardim incrível. Você também pode fazer uma visita guiada para conhecer o interior do prédio, mas, com o tempo curto de apenas um fim de semana, é provável que você só consiga ver o prédio do lado de fora. Mas relaxe, já é um bom motivo para você retornar à Brasília. Mais informações aqui.

Do outro lado do Eixo Monumental um prédio que também chama muito a atenção é o Palácio da Justiça, com cascatas caindo da parede. Se der sorte, elas estarão funcionando e você verá a água caindo.

 

No centro do Eixo Monumental fica o lindo e simbólico Congresso Nacional, com as famosas cúpulas invertidas (que lembram dois pratos), onde acontecem as reuniões do Senado e da Câmara dos Deputados. Esta é a segunda parada do roteiro para visita interna (e imperdível para quem visita Brasília). Não deixe de fazer a visita interna e guiada. Elas acontecem geralmente das 9h às 17h30, com saídas a cada 30 minutos e duram cerca de uma hora. Não é necessário agendar. Mais informações aqui.

Durante a visita, você pode enviar um Cartão Postal para alguém, de graça. A visitação pode variar um pouco, mas costuma passar pela Câmara dos Deputados e Senado, com direito até a sentar em uma das cadeiras da sala. A visita também costuma passar pelo Túnel do Tempo, Salões e Gabinete do Presidente.

 

Congresso Nacional
Senado – visita interna Congresso Nacional

Agora é hora de conhecer outro dos principais pontos turísticos de Brasília, a Praça dos Três Poderes que fica bem atrás do Congresso Nacional. Ela recebe esse nome porque ali estão representados os três poderes brasileiros: o Palácio do Planalto (poder Executivo), o Supremo Tribunal Federal (poder Judiciário) e o Congresso Nacional (poder Legislativo).

O Supremo Tribunal Federal também está aberto para visitas guiadas. A visita é muito interessante, mas para um fim de semana também pode ser que o tempo seja curto. Se você fizer questão da visita, pode agendar previamente ou entrar em um grupo na hora. Veja mais informações aqui.

 

O Palácio do Planalto também pode ser visitado, mas apenas aos domingos. O ponto alto do tour é a visita ao gabinete do presidente do Brasil. Veja mais sobre as visitas públicas aqui. Do lado de fora, na rampa, geralmente ficam os soldados Dragões da Independência. Se conseguir, veja a troca de guarda que acontece há cada 2 horas e é bem interessante.

RECEBA DICAS DE VIAGEM
Faça como 3127 Viajantes Inteligentes e assine nossa lista VIP.É de graça!

Outros destaques da praça são as esculturas “Os Candangos” e “A Justiça”. A famosa escultura “a Justiça”, representada com os olhos vendados, fica em frente ao Supremo Tribunal Federal. A escultura “os Candangos” fica na outra extremidade da praça e homenageia os muitos trabalhadores que construíram Brasília, chamados de candangos.

A gigante Bandeira Nacional, que fica em um mastro de 100 m, também é outro ponto turístico de Brasília que fica na região da Praça dos Três Poderes. Todo primeiro domingo do mês acontece a cerimônia de troca da bandeira, com a presença de representantes de todas as forças armadas brasileiras.

Outra atração turística de Brasília que fica na praça é a maquete de Brasília do Espaço Lúcio Costa. O lugar pode até passar despercebido porque é acessado por uma escada que desce para o subsolo, na própria praça. O ruim é que o espaço nem sempre está aberto mas não custa tentar. A maquete é enorme e dá para ver direitinho todos os setores de Brasília e o desenho de avião do Plano Piloto.

 

A próxima parada é um pouquinho mais longe, o Palácio da Alvorada, residência oficial do presidente do Brasil e que fica a cerca de 4 km da Praça dos Três Poderes. E como a visita é só externa, a atenção se volta para o soldado do Batalhão da Guarda Presidencial, que fica em frente à portaria, em pose de “estátua” enquanto os turistas tiram fotos e olham com curiosidade. Sabe aqueles famosos soldadinhos de Londres que ficam parados? Pois é, nós também temos a versão brasileira deles.

Como os Dragões da Independência no Palácio do Planalto, de tempos em tempos aqui também acontece a troca da guarda, um  evento é bem  tradicional.

Uma outra curiosidade é que em frente ao Palácio da Alvorada existe um lago linear com peixes onde as pessoas costumam fazer um pedido e jogar uma moeda.

As visitas internas ao Palácio da Alvorada acontecem somente às quartas-feiras, em um período restrito. Eu já tive a chance de fazer o tour e é bem interessante. Mais informações aqui.

 

Hora do almoço e a dica certeira é você almoçar no restaurante Mangai. Apesar de ser originalmente do nordeste, a unidade de Brasília é super tradicional e muito frequentada pelos brasilienses. O restaurante por quilo tem temática nordestina e oferece uma vasta opção de pratos e sobremesas deliciosas. Não deixe de experimentar a cocada de colher, dos deuses!

Do Mangai você já consegue ver outro ponto turístico de Brasília, o Lago Paranoá e é para lá que você vai agora. Primeiro, pare nas margens do Lago, para ver o visual da Ponte.

Pertinho do Mangai fica a Orla da Ponte JK, onde você pode conferir o visual lindíssimo da ponte e do lago Paranoá, duas atrações imperdíveis dos pontos turísticos de Brasília.Ali você também consegue fazer alguns esportes aquáticos como alugar caiaque e stand up paddle.

 

Ponte JK e Lago Paranoá

Agora atravesse a Ponte JK e siga em direção ao Lago Sul, passando pelo setor de mansões, com suas casas pomposas e ruas arborizadas. Repare nas placas espalhadas pelo caminho apontando o endereço das embaixadas de vários países.

Entre então no famoso Pontão do Lago Sul, a praia de Brasília! Um espaço grátis com estacionamento e uma orla super gostosa para um passeio na beira do Lago Paranoá. A área tem um gramado, bancos, parquinho para crianças e um jardim bem cuidado rodeado por bares e restaurantes. Muitas lanchas e jet skis também param por ali. Um passeio super agradável para um fim de tarde em Brasília. Pare em algum lugar por ali e aprecie o pôr do sol. Se você quiser entrar em algum bar, uma boa pedida é Bierfass.

Dali volte para o hotel e escolha entre um dos restaurantes que falamos nas dicas de Brasília de sexta-feira. Se quiser esticar à noite, Brasília tem diversos bares descolados. Se gostar de música ao vivo e quiser um clima mais “balada”, uma boa pedida pode ser o pequeno mas bastante conhecido O’rriley Irish Pub.

 

Fim de tarde no Pontão do Lago Sul

 

O que fazer em Brasília – Domingo:

Bem pertinho do setor hoteleiro, comece o dia fazendo um passeio pelo tal “Parque da Cidade”, ícone da canção Eduardo e Mônica do Legião Urbana. Próximo ao lago, perto do estacionamento 10, tem até uma pracinha chamada Eduardo e Mônica com a cifra da música. Infelizmente a praça não está bem cuidada.

A banda Legião Urbana era de Brasília e muitas das antigas músicas falam de lugares da capital. Tá bom, vou confessar que por anos fiquei sem saber o que era o “camelo” do trecho da música “…se encontraram então no Parque da Cidade,  a Mônica de moto e o Eduardo de Camelo…”. Deve ter alguém além de mim que também não sabe o que isso significava e por isso eu vou revelar o segredo: camelo é como os brasilienses chamam a bicicleta. Agora sim faz mais sentido, não é? Hehehe…

E já que estamos falando de camelo, a dica é alugar uma bike e fazer o percurso até o lago do parque. O parque da cidade é enorme com muitas árvores, pista de cooper e ciclovia, lago e brinquedos. É um passeio super agradável para se fazer em Brasília.

Quando sair do parque, do outro lado da Avenida Eixo Monumental, você vai ver de longe o Estádio Nacional Mané Garrincha. O estádio foi totalmente ampliado e reformado para a Copa do Mundo de 2014. Atualmente é usado para shows na cidade e para jogos de grandes times brasileiros.

 

Parque da Cidade
Estádio Mané Garrincha

No canteiro central do Eixo Monumental fica o melhor mirante da cidade, a Torre de TV. Suba na torre (grátis) para ter uma visão 360º de Brasília. Ainda por ali, aproveite para tirar uma clássica foto na escultura “Eu Amo Brasília”, aprecie a Fonte Luminosa e termine dando uma circulada na Feirinha de Artesanato.

Para almoçar antes de ir embora, bem próximo ao setor hoteleiro está o Brasília Shopping com uma filial do restaurante Coco Bambu. Uma outra opção mais econômica, rápida e gostosa é almoçar no restaurante Peixe na Rede, que também tem uma unidade no Brasília Shopping.

 

 

Mapa turístico de Brasília – ILOVETRIP

Abaixo você vê o nosso mapa com todos os pontos turísticos de Brasília que falamos no post. Se gostou ou tem alguma dúvida, deixe um comentário lá no final da página pra gente!

 

Brasília além da política: uma cidade Patrimônio Cultural da Humanidade

 

Após o roteiro, agora é hora de falar um pouco mais sobre o que você vai encontrar por aqui. Motivos para visitar Brasília não faltam. Além de ser a capital do país, a cidade que foi projetada recebeu o título de Patrimônio Cultural da Humanidade. E que título bem merecido esse!

É comum dizer que a cidade é uma completa expressão artística. Começando pelo urbanismo de Lúcio Costa, a arquitetura de Oscar Niemeyer e o paisagismo de Burle Marx, só para citar três dos grandes nomes que deixaram a marca por aqui. As construções são obras de arte e as visitas internas também são cheias de informação e uma ótima opção do que fazer em Brasília.

A cidade em si já é uma atração turística . Chamada de Plano Piloto, Brasília lembra o desenho de um avião e é toda padronizada, com avenidas enormes no eixo central e quadras residências uniformes. Uma das coisas que mais me chamou atenção aqui foi a padronização das quadras, tudo é setorizado (setor de hotéis, setor residencial, setor de comércios, etc). Os prédios também têm limite de altura e não tem grades! Imagine uma pessoa vindo de São Paulo (eu) a surpresa que é ver isso!  A cidade também tem ruas arborizadas e planas, um ponto a mais para qualidade de vida.

Como moramos aqui, adoramos a cidade e amamos viajar, esse foi o primeiro de alguns posts que vamos publicar aqui no ILoveTrip, com dicas úteis e informações bem legais e selecionadas para quem quiser fazer turismo na capital. Seja você um viajante de fora ou um viajante local, esperamos que você aproveite nossas dicas de Brasília e tudo que a cidade tem a oferecer.

 

Mais dicas e pontos turísticos de Brasília

 

Viu que dá para rechear um fim de semana inteiro com atrações em Brasília né? Se depois de fazer todo esse roteiro ainda sobrar tempo, não esquente que existem muitas outras coisas legais para conhecer na capital. Vamos dar mais detalhes em outros posts, mas abaixo você já pode conferir um resumo da lista extra de pontos turísticos de Brasília para você conhecer:

Leia Também: Guia Brasília: História e principais Pontos Turísticos

E ainda tem muito mais, aguarde os próximos posts de Brasília!

Veja também:

+ 101 programas IMPERDÍVEIS para curtir e conhecer Brasília de verdade
+ Fim de semana em Pirenópolis
+ Cidade de Goiás (Goiás Velho): História, Roteiro e Dicas
+ Viajar Barato: Como economizar na sua próxima viagem
+ Comprar Passagens Aéreas Baratas – O Guia Definitivo

Vamos bater um papo com a gente? Deixe sua dúvida ou comentário na caixa de discussão mais abaixo.

[BÔNUS] 4 Dicas para uma Viagem Inteligente

  1. Faça um Seguro Viagem: Por favor, não faça uma viagem internacional sem um Seguro de Viagem. Na Europa ele é obrigatório e nos Estados Unidos um dia de internação custa uma pequena fortuna. Já me salvou mais de uma vez!! Faça uma cotação online  com nossa parceira Mondial e ganhe descontos reservando pelo nosso link.

  2. Alugue um CARRO: A gente ama uma roadtrip. Para não pagar IOF e ainda poder parcelar, fazemos cotação online através da RentCars que busca os melhores preços entre diversas locadoras no Brasil e no mundo com total segurança.

  3. Reserve a Hospedagem: Somos praticamente sócios do Booking.com . São centenas de reservas já feitas sem nunca ter tido problemas. São milhões de opções de hospedagem no Brasil e ao redor do mundo para todos os gostos e bolsos. O melhor é que a maioria tem cancelamento grátis! Reserve Agora!

  4. Use o Celular no Exterior: Praticamente impossível ficarmos desconectados hoje em dia seja para falar com amigos e familares seja para buscar informações, usar o google maps ou o tradutor em uma viagem internacional. Quer mais comodidade do que já sair do Brasil com o seu Chip Internacional funcionando no seu celular? A Travel Mobile é nossa parceira e já usamos em diversos países.
Carla Camila
Carla Camila é formada em Tecnologia da Informação e Marketing e uma das suas maiores paixões é viajar. " Viajar é voltar sempre com uma nova experiência na bagagem e ter a sensação de que a vida vale muito a pena. "