Geisers del Tatio no Deserto do Atacama

Chile Atacama geisers del tatio
Chile, Atacama: Geisers del Tatio
Chile, Atacama: Geisers del Tatio

Deixamos o passeio aos Geisers del Tatio para o último dia inteiro que tínhamos no Deserto do Atacama.

 

Tour Geisers del Tatio: você tem que madrugar!

 

Para fazer o tour aos Geisers del Tatio você tem que acordar muito cedo. Cedo de madrugada mesmo. Os ônibus das agências costumam passar nas pousadas e hotéis em San Pedro do Atacama por volta das 4h – 4h30 da manhã.

O passeio tem que ser feito bem cedo para dar tempo de ver os Geisers del Tatio em ação. É entre 6h e 7h que começa o espetáculo natural de espirrarem as águas para cima.

 

Ônibus na estrada e tudo ainda um pouco escuro

A distância entre San Pedro do Atacama e os Geisers del Tatio é de 99 km. A estrada é bem sinuosa, íngreme (afinal, estamos subindo a Cordilheira dos Andes do Chile)  e um pouco esburacada.

 

Prepare-se para o frio!

 

No complexo do Geisers del Tatio é comum o termômetro marcar alguns graus abaixo de zero. Ele é o passeio mais frio do Deserto do Atacama. Isso porque o tour acontece muito cedo e chega a uma altitude bem elevada.

Por isso, vá bem agasalhado, com camadas de roupas, touca e luva. Você vai agradecer muito por essa dica!

 

 

O que são os Geisers del Tatio?

 

Os Geisers del Tatio são formados por um campo geotérmico de origem vulcânica de onde brotam água e vapor das profundezas da crosta terrestre. Por isso a água ali é muito quente!

A temperatura da água pode chegar aos 85ºC e os jatos de água podem chegar a 10 metros de altura.

No complexo existem em torno de 40 geysers em uma área de 3 km.

 

Trilhas entre os Geisers del Tatio

 

Como é o passeio para os Geisers do Atacama?

 

Após passar na nossa pousada, o ônibus da agência que nos levou para o tour ainda passou por mais alguns hotéis em San Pedro do Atacama. Feito isso seguimos rumo à Cordilheira dos Andes.

Chegando no complexo dos Geisers del Tatio, você já vê muita fumaça, como se elas estivessem saindo de grandes caldeirões do chão.

 

Geisers del Tatio: água brotando do chão

Andamos pelas trilhas sinalizadas com pedras e paramos em alguns mirantes, onde é possível chegar bem perto de alguns geisers.

É muito importante não sair das trilhas durante o passeio porque as águas dos geisers podem chegar à 85ºC. Imagina se espirrar um jato de água desses em você?

 

Termas do Geisers del Tatio: hora de esquentar!

 

Após andar bastante entre os Geisers, paramos para tomar o café bem simples (incluso no tour) e em seguida fomos para a terma.

Imagine uma piscina natural quentinha, formada pelas águas dos geisers e você tremendo em um frio de quase zero grau? Vontade de entrar na água até dá mas a coragem não é para todos! Ter que tirar as camadas de blusas para sair com roupa de banho é um drama danado.

 

Geisers del Tatio: piscina termal
Geisers del Tatio: cabines na piscina termal

Nós tomamos coragem e entramos na água. Valeu muito a pena. O banho é revigorante. Mas já digo que é mais difícil coragem para sair da água do que para entrar.

O fundo da piscina é meio barrento devido à terra vulcânica da região. Também dá para sentir um leve cheiro de enxofre.

RECEBA DICAS DE VIAGEM
Faça como 3127 Viajantes Inteligentes e assine nossa lista VIP.É de graça!

 

Dicas importantes para o passeio aos Geisers

 

  • Não saia das trilhas e não chegue muito perto dos geisers. A água pode queimar.
  • Como apoio, ao lado da piscina termal, você pode usar algumas cabines (grátis) para se trocar.
  • Não há lanchonetes por ali então leve água e algum lanchinho para beliscar durante o passeio (barra de cereal, chocolate, etc) .
  • Leve traje de banho e toalha para entrar na piscina termal.
  • Vá bem agasalhado para não passar frio, optando por roupas confortáveis. Touca e luva também terão utilidade.
  • Também não esqueça de colocar na bolsa o protetor solar, óculos de sol e boné/chapéu.

 

Filhote de lhama no povoado de Machuca

 

Volta para San Pedro do Atacama – parada no povoado de Machuca

 

O povoado de Machuca é um vilarejo bem pequeno, no meio da estrada, onde as poucas pessoas que vivem por ali são produtores de queijo e criados de lhamas, vivendo basicamente do que vendem aos turistas. Todos os tours aos Geisers del Tatio fazem uma parada por lá.

 

São vendidos alguns artesanatos, mas os petiscos são os grandes campeões de vendas. Tudo é bem simples e são poucas opções, mas a paradinha é ideal para um lanche após o passeio aos geisers.

As empanadas são ótimas, principalmente as de queijo de cabra. Mas o mais exótico são os anticuchos (churrasquinhos) de lhama. O Erval experimentou a carne e aprovou. Já eu, depois de ver tantas lhamas fofinhas por ali, não consegui engolir e fiquei só nas empanadas mesmo.

 

Venda de anticuchos de lhama – povoado de Machuca

 

Quando fazer o passeio aos Geisers?

 

A estratégia é deixar esse tour para o final da viagem porque é um dos passeios mais altos do Atacama. A região dos Geisers del Tatio ficam a 4.320 metros de altura, na Cordilheira dos Andes do Chile.

Você deve deixar para o final os passeios onde vai chegar nas altitudes maiores para o seu corpo estar mais adaptado e não sofrer com o que é chamado de “Soroche” ou “mal da altitude”. Esse problema varia de pessoa para pessoa, mas na maioria dos casos você pode sentir enjoos, tonturas, dor de cabeça e mal estar.

 

Atacama: paisagem em Machuca no tour Geisers del Tatio

 

Dicas para prevenir os sintomas da Soroche ou mal da altitude

 

  • Fazer com que seu corpo se acostume gradativamente ao aumento de altitude (passar alguns dias nas cidades antes de subir para outras);
  • Beber muito líquido;
  • Evitar bebidas alcoólicas e fazer uma refeição leve no dia anterior;
  • Tomar chá de coca, típico da região e levar uma barrinha de chocolate (não sei se é mito, mas algumas pessoas dizem ser bom).

 

Resumo passeio Geisers del Tatio

 

 

Vamos bater um papo com a gente? Deixe sua dúvida ou opinião nos comentários abaixo.

 

* Os valores e os dados apresentados no site podem sofrer alterações. Por isso, antes de viajar, confirme a atualização com as empresas responsáveis.

[BÔNUS] 4 Dicas para uma Viagem Inteligente

  1. Faça um Seguro Viagem: Por favor, não faça uma viagem internacional sem um Seguro de Viagem. Na Europa ele é obrigatório e nos Estados Unidos um dia de internação custa uma pequena fortuna. Já me salvou mais de uma vez!! Faça uma cotação online  com nossa parceira Mondial e ganhe descontos reservando pelo nosso link.

  2. Alugue um CARRO: A gente ama uma roadtrip. Para não pagar IOF e ainda poder parcelar, fazemos cotação online através da RentCars que busca os melhores preços entre diversas locadoras no Brasil e no mundo com total segurança.

  3. Reserve a Hospedagem: Somos praticamente sócios do Booking.com . São centenas de reservas já feitas sem nunca ter tido problemas. São milhões de opções de hospedagem no Brasil e ao redor do mundo para todos os gostos e bolsos. O melhor é que a maioria tem cancelamento grátis! Reserve Agora!

  4. Use o Celular no Exterior: Praticamente impossível ficarmos desconectados hoje em dia seja para falar com amigos e familares seja para buscar informações, usar o google maps ou o tradutor em uma viagem internacional. Quer mais comodidade do que já sair do Brasil com o seu Chip Internacional funcionando no seu celular? A Travel Mobile é nossa parceira e já usamos em diversos países.
Carla Camila

Carla Camila é formada em Tecnologia da Informação e Marketing e uma das suas maiores paixões é viajar. ” Viajar é voltar sempre com uma nova experiência na bagagem e ter a sensação de que a vida vale muito a pena. “