Mini Guia Joanesburgo: o que fazer e dicas da maior cidade da África do Sul

Joanesburgo é a maior cidade da África do Sul. Com esse título já dá para imaginar que arrumar o que fazer em Joanesburgo não é problema. Sede da Copa do Mundo de 2010, Joanesburgo (ou Joburg para os íntimos) ficou em evidência para o mundo e abriu as portas para investimentos no setor de turismo.

Muitas pessoas têm dúvida sobre ficar ou não alguns dias na cidade. Nós ficamos dois dias em Joanesburgo e foi uma excelente escolha no roteiro pela África do Sul.

Nesse post você vai vai poder tirar suas dúvidas sobre:

  1. Incluir ou não Joanesburgo no roteiro da viagem;
  2. Quantos dias ficar em Joanesburgo;
  3. O que fazer em Joanesburgo;
  4. Onde ficar em Joanesburgo;
  5. Compras em Joanesburgo
  6. Onde comer em Joanesburgo;
  7. Aeroporto de Joanesburgo e como chegar até o centro da cidade;
  8. Câmbio em Joanesburgo;
  9. Transporte em Joanesburgo;
  10. Segurança em Joanesburgo;
  11. Mapa de Joanesburgo – ILoveTrip.

 

1. Vale a pena incluir Joanesburgo no roteiro de viagem pela África do Sul?

Sim, vale muito a pena visitar Joanesburgo por vários motivos. Os três principais são:

  • Joanesburgo é a porta de entrada da África do Sul. A grande maioria dos voos internacionais passam pela cidade, sendo esta uma ótima oportunidade para fazer um stopover ou para uma parada de descanso.
  • Joanesburgo é a maior cidade da África do Sul. Uma visita faz você compreender muito da história e entender a cultura e o cenário atual do país.
  • Joanesburgo tem atrações imperdíveis. O Museu do Apartheid e o distrito de Soweto não podem passar batido para aprender mais sobre o lado histórico, político e cultural da África do Sul.

 

2. Quantos dias ficar em Joanesburgo: Roteiro Ideal

O ideal é separar dois dias para a cidade de Joanesburgo. Existem muitas pessoas que separam apenas um dia ou algumas horas para ficar na cidade, aproveitando alguma conexão entre voos. Nesse caso também dá para ajustar o roteiro e conhecer os principais pontos turísticos de Joanesburgo. Assim, você pode flexibilizar o roteiro dependendo da quantidade de dias que você tem disponível na sua viagem pela África do Sul.

Para tirar todas as dúvidas sobre como montar o roteiro e quantos dias ficar em Joanesburgo leia o post Dicas de Roteiros de 1, 2 ou 3 dias em Joanesburgo. Nele você pode ver os detalhes do roteiro que fizemos dia a dia e também pode ver uma sugestão pronta de roteiro de 1 dia, 2 dias ou 3 dias na cidade. 

 

3. O que fazer em Joanesburgo: Atrações e Pontos turísticos

A cidade está para África do Sul assim como São Paulo está para o Brasil. Sendo uma cidade grande, as opções de o que fazer em Joanesburgo são semelhantes com as de outras metrópoles: visitar bons restaurantes, museus, shoppings, parques, etc. Os principais pontos turísticos e atrações de Joanesburgo são:

 

Museu do Apartheid

Para mim esse é o mais importante ponto turístico de Joanesburgo. O Museu do Apartheid conta a história do período em que a África do Sul sofreu com o regime de segregação racial. Conta ainda a história de vários heróis nacionais em especial o de Nelson Mandela, ganhador do Prêmio Nobel da Paz por toda a sua luta em busca do fim do Apartheid na África do Sul. Prepare-se para um banho de história e emoção!

A história do Apartheid é fundamental para você entender a África do Sul de hoje. Leia o post Museu do Apartheid e Soweto: duas atrações imperdíveis para saber detalhes sobre o passeio e o distrito de Soweto.

 

Soweto

Outro passeio incrível para fazer em Joanesburgo é visitar o distrito de Soweto e ter contato com as pessoas. Soweto era uma das maiores Townships (bairros negros) da época do Apartheid e onde aconteceram várias revoltas históricas da luta contra a segregação racial. É nessa região que também ficam a Casa de Nelson Madela e o Museu Hector Pieterson. Fizemos um tour de bike bem legal pelo distrito. Não deixe de ler o post Museu do Apartheid e Soweto: duas atrações imperdíveis para saber mais sobre o passeio de bike e sobre o distrito de Soweto.

 

Lion Park Joanesburgo

O Lion Park é um dos principais pontos turísticos e um dos queridinhos da Africa do Sul, mas muita calma nessa hora! Se você estava louco para acariciar os leõzinhos sinto em informar que este passeio está com os dias contatos para terminar. Após muitas manifestações de grupos contra o tratamento dado aos animais, o Lion Park a partir de julho de 2016 não vai mais permitir o contato direto com os filhotes de leões. O parque ainda vai oferecer atrações, mas elas serão voltadas para o safári onde os animais estarão soltos e os tours serão feitos em carros com guias.

Leia o post Lion Park porque NÃO vale a pena visitar”  para entender mais sobre esse passeio e para saber também como escolher os seus safáris na África do Sul.

 

Cradle of Humankind – Berço da Humanidade

O parque Cradle of Humankind é um complexo de sítios arqueológicos com cavernas e fósseis de milhares de anos atrás. O lugar recebeu o título de Patrimônio da Unesco.

Como fica distante de Joanesburgo, o ideal é ir com carro alugado ou contratar um passeio por agência de turismo.

 

Gold Reef City

O Gold Reef City é um complexo formado por hotéis, restaurantes cassino e um grande parque de diversões que é a atração mais famosa do lugar. O hotel não compensa muito porque fica afastado de outras regiões de interesse turístico.

O parque em Joanesburgo é uma espécie de “Hopi Hari”, sendo uma boa atração caso você tenha dias sobrando na cidade ou esteja viajando com crianças.

 

Sandton City e Nelson Mandela Square

Um dos mais modernos e o mais conhecido complexo comercial de Jonesburgo, com hotéis, shopping e restaurantes. Ali também fica a Nelson Mandela Squareuma praça rodeada por restaurantes onde, no centro, existe uma enorme estátua do ex-presidente Nelson Mandela.

Integrada à praça está o gigante shopping Sandton City com diversas lojas de grandes marcas internacionais. A maioria dos viajantes que visitam Joanesburgo acabam visitando também o Sandton City, seja por estar hospedado em um dos hotéis da região, para passeio de compras, gastronomia ou apenas para registrar uma foto ao lado da famosa estátua de Nelson Mandela.

Estátua na Nelson Mandela Square

 

Montecasino

Mais afastado da cidade, esse é outro complexo com hotéis, lojas e cassino. A diferença do shopping Montecasino é que a estrutura das lojas lembra uma antiga cidade italiana, até com um falso céu azul. A impressão é que você está passeando por uma cidade cenográfica.

 

Melrose Arch

Mais um complexo com hotéis, prédios comerciais e residenciais, shopping, lojas de rua e restaurantes. O interessante do Melrose Arch é que ele é uma espécie de boulevard. Ao entrar você se sente como em um condomínio fechado, com ruas padronizadas cheias de lojas de grife e bastante segurança. Visitamos o Melrose Arch no final da tarde e aproveitamos para jantar e conhecer o famoso restaurante Moyo. Veja os detalhes do nosso roteiro no Melrose Arch e restaurante Moyo no post Dicas de roteiro em Joanesburgo.

 

Carlton Centre – Top of Africa

Este prédio no centro de Joanesburgo já foi considerado o prédio mais alto da cidade durante anos. A grande atração do Carlton Centre é o Top of Africa, um mirante no último andar do prédio que garante uma visão panorâmica de Joanesburgo. Apesar de famoso, o lugar está meio abandonado, sem muito investimento Para chegar até lá você tem que entrar por dentro de um shopping de lojas populares e redes de fast-food. A bilheteria e o elevador para acesso ao Top of Africa ficam no primeiro subsolo.

Não perca: Top of Africa e mais detalhes do roteiro em Joanesburgo (em breve!).

Joanesburgo – Top of Africa

 

Estádio Soccer City

O Estádio Soccer City ou Estádio FNB virou um dos símbolos de Joanesburgo após sediar a abertura e o encerramento da Copa do Mundo de 2010. Os esportes mais famosos na África do Sul são o Futebol e o Rugbi. Se você já está com uma viagem marcada para África do Sul e Joanesburgo, vale a pena conferir o calendário de jogos do estádio.

RECEBA DICAS DE VIAGEM
Faça como 16367 Viajantes Inteligentes e assine nossa lista VIP.É de graça!
Joanesburgo – Estádio Soccer City

 

4. Onde ficar: hotéis em Joanesburgo

Os melhores bairros para se hospedar em Joanesburgo são Sandton, Melville, Melrose e Rosebank. São nesses bairros que ficam a maioria dos hotéis, lojas e restaurantes. Cada bairro tem os seus prós e contras e na hora de escolher o seu hotel em Joanesburgo é bom levar em consideração as diferenças de cada um.

A escolha da melhor hospedagem vai depender das suas preferências: preço, transporte que irá usar, proximidade dos pontos turísticos que você irá visitar, segurança, etc.

Se você está procurando onde ficar em Joanesburgo, eu explico sobre cada um dos bairros, conto como foi nossa hospedagem por lá e dou dicas de bons hotéis e pousadas para ficar na cidade no postOnde ficar em Joanesburgo – melhores dicas de bairros hotéis e transporte.

>> Não Perca << encontre as melhores ofertas para RESERVAR seu HOTEL em Joanesburgo!

5. Compras em Joanesburgo

Compras não é o forte da África do Sul, mas se o seu estilo é viagem de compras você não vai ficar na mão. Existem grandes shoppings em Joanesburgo com lojas inclusive de marcas internacionais. Os preços são parecidos com os do Brasil, mas isso vai depender muito de como estará a cotação da moeda da África do Sul no momento em que você for viajar.
O bom é que na volta você pode pedir no aeroporto da África do Sul o reembolso de 14% do valor das compras de produtos físicos feitas no país, referente ao imposto sobre o valor agregado (VAT). 

Não deixe de ler: Mais informações sobre o VAT em Perguntas e Respostas África do Sul (em breve!).

Os shoppings mais famosos de Joanesburgo para compras são Sandton City, Melrose Arch, Montecasino e The Mall of Rosebank.

Sandton City é o principal e mais famoso e o mais frequentado por turistas. Isso porque ele está em uma região hoteleira, bem ao lado do Gautrain (o metrô expresso que liga a cidade ao aeroporto). O shopping é muito grande, com lojas como Louis Vuitton, Victoria Secrets, Lacoste e até uma loja das Havainas Brasil.

A Nelson Mandela Square está interligada ao shopping Sandton City e as diversas opções de restaurantes também são um atrativo do ponto turístico.

O The Mall of Rosebank é uma outra boa opção de shopping em uma região com muitos hotéis e uma estação de metrô, a Rosebank Gautrain.

Melrose Arch é uma área de compras um pouco diferente porque além da opção de lojas internas, também tem a opção das lojas externas que ficam nas ruas arborizadas e padronizadas do complexo Melrose Arch.

Por último, o Montecasino é um shopping mais afastado. Além de ser um ponto turístico com sua arquitetura lembrando um vilarejo italiano, as lojas do complexo também são procuradas para compras.

 

6. Onde comer em Joanesburgo

Como toda cidade grande, existem boas opções de onde comer em Joanesburgo. Os bons vinhos da África do Sul, em especial o Pinotage típico do país, são as bebidas mais consumidas por lá. Como a África do Sul é um destino barato, dependendo da cotação da moeda, você pode se dar ao luxo de comer e beber em bons restaurantes por preços bem razoáveis.

Grandes redes de fast-food nacionais e internacionais também são fáceis de se encontrar principalmente nos centros comerciais.

Abaixo você pode ver algumas dicas de restaurantes em Joanesburgo. Para saber mais detalhes e preços das experiências em cada um dos restaurantes, veja o post completo Dicas de roteiro de 1, 2 e 3 dias em Joanesburgo.

>>Planeje sua viagem << entenda por que o SEGURO VIAGEM é NECESSÁRIO e CONTRATE o SEU com DESCONTO!

Moyo

Este restaurante de cozinha africana é fantástico. Além do cardápio variado e muito bom, o ambiente com meia luz é super descolado e confortável. Tem música ao vivo variada, atendimento super simpático e ainda algumas tradições como lavar as mãos das pessoas sentadas nas mesas e fazer uma pintura africana no rosto dos clientes. A pintura é opcional mas é bem divertida para fazer.

 

Roast Café

Um café charmosinho em Melrose Arch. Chama a atenção a vitrine com bolos e doces e o letreiro parecendo de cinema. Nos dias frios as mesinhas do lado de fora acompanham cobertores para se esquentar. As comidinhas e bebidas são bem gostosas.

 

Tashas

O Tashas é um restaurante com clima descontraído e com menu variado, bem fácil de agradar. O ambiente é bonitinho e o atendimento também é muito bom. Ele é bem famoso na África do Sul e vale para um almoço, lanche ou jantar. Fomos no Tashas na Nelson Mandela Square e também em Cape Town.

Joanesburgo – restaurante Tashas

 

Sakhumzi

Restaurante bem recomendado com comida caseira e típica africana, ideal para quem está visitando a região de Soweto. Ele fica na rua mais famosa do distrito, onde já morou Nelson Mandela e Desmond Tutu, ganhadores do Prêmio Nobel da Paz. A região é residencial e visitada por muitos turistas. Só não fomos no restaurante Sakhumzi porque o tour de bike que fizemos no Soweto já tinha refeição inclusa.

 

Neighbourgoods Market

Na África do Sul é comum encontrar esses mercados que parecem feirinhas gastronômicas com barracas de comidinhas. O ambiente é bem familiar e agradável. Em Joanesburgo o Neighbourgoods Market é um dos mais famosos. Fomos até lá mas infelizmente ele já estava fechando. Funciona aos sábados até às 15h.

 

Piza e Vino

Uma pizzaria bonitinha e bem recomendada que não deu tempo de experimentar. O carro chefe  da Piza e Vino parecem ser as pizzas de massa bem fina, mas também existem outros pratos no cardápio. Uma das unidades fica no bairro Melville.

 

7. Aeroporto de Joanesburgo: como ir do aeroporto OR Tambo até o centro de Joanesburgo

O Aeroporto Internacional de Joanesburgo Oliver Tambo é o principal aeroporto da África do Sul. Os voos do Brasil para a África do Sul geralmente passam por lá.

Veja mais detalhes do Aeroporto de Joanesburgo, Duty Free, serviços e dicas no post Como é o aeroporto de Joanesburgo e o que fazer em uma conexão.

Distante aproximadamente 22 km, as melhores opções de transporte do aeroporto para a cidade são o aluguel de carro e o Gautrain.

O Gautrain é um metrô confortável e bem moderno que faz um percurso expresso e exclusivo do aeroporto até a região de Sandton City. O trajeto dura 15 minutos.

O aluguel de carro também é uma das melhores opções. O carro alugado também facilita a locomoção dentro da cidade porque os pontos turísticos de Joanesburgo são distantes uns dos outros.

Não perca: veja aqui as MELHORES OFERTAS e ALUGUE SEU CARRO em Joanesburgo!

 

8. Câmbio em Joanesburgo

Não é comum ver casas de câmbio em Joanesburgo, mas no aeroporto você encontra essa opção.

A dica para o câmbio é sempre diversificar. Não é necessário comprar a moeda Rand direto no Brasil. Leve dólares ou euros para trocar nas casas de câmbio e também o seu cartão de crédito devidamente habilitado com o seu banco para saque e compras no exterior.

Chegando no aeroporto você pode trocar dólares ou euros na casa de câmbio ou procurar por um ATM para sacar dinheiro da sua conta diretamente na moeda Rand.

 

9. Transporte em Joanesburgo

A cidade de  é bem grande e com isso a locomoção entre as atrações turísticas pode ser um problema. O transporte público é precário e as linhas de metrô são cobrem toda a cidade. As alternativas de transporte além do metrô são o aluguel de carro, o uso de táxis, agências de turismo receptivo e ônibus turístico panorâmico.

 

Aluguel de carro em Joanesburgo

Um dos melhores jeitos de conhecer a cidade é alugando um carro no aeroporto de Joanesburgo. As ruas e avenidas são largas e bem sinalizadas, mas e é bom saber que dependendo do dia e horário você pode encontrar um pouco de trânsito. Mesmo assim, o carro é uma das melhores opções para percorrer grandes distâncias.

Existem estacionamentos pagos e guardadores de carro nas ruas. Também é bom saber que em toda África do Sul é usada a mão inglesa e é necessário tirar no Brasil o PID (Permissão Internacional para Dirigir). Dirigir na mão inglesa pode parecer difícil, mas é muito mais fácil do que parece e é é bem rápido para se acostumar.

Veja mais detalhes e dicas sobre aluguel de carro e como dirigir pela África do Sul no post Andando de carro na África do Sul: dicas úteis” (em breve!).

 

Metrô em Joanesburgo

O metrô Gautrain é um transporte super moderno e confortável. O problema é que ele não cobre todos os pontos turísticos de Joanesburgo. Para ir até as atrações a dica é combinar o Gautrain com táxi.

Mapa das estações do Gautrain em Joanesburgo

 

Táxis em Joanesburgo

Os táxis em Joanesburgo são chamados de “cab” ou “meter taxi”. Uma dica importante antes de pegar um táxi em Joanesburgo é saber que eles não usam taxímetro. Os preços geralmente são tabelados e para não ser enganado o melhor é perguntar o valor do percurso antes de entrar no táxi.

Outra dica é preferir os táxis oficiais que você pode conseguir com a ajuda do seu hotel. O famoso aplicativo de celular “Uber” também funciona em Joanesburgo.

 

Ônibus City Sightseeing (Hop On – Hop Off)

O ônibus turístico de dois andares é uma alternativa para conhecer os pontos turísticos de Joanesburgo sem se preocupar com transporte público ou em achar um lugar para estacionar o carro.
A empresa que opera o ônibus City Sightseeing também tem uma segunda opção de roteiro feita em um carro menor para conhecer o distrito de Soweto.

Veja mais informações sobre o ônibus turístico no site da empresa que opera o City Sightseeing.

 

Agências de turismo receptivo em Joanesburgo

Existem diversas empresas que fazem passeios privados ou em grupo para conhecer os pontos turísticos de Joanesburgo. Nós não usamos nenhum serviço por agência e também não vejo necessidade, mas se você preferir fazer um passeio guiado uma dica é pegar recomendações de empresas no site Tripadvisor.

 

10. Segurança em Joanesburgo

Antes de viajar para África do Sul li muitas opiniões distorcidas na internet sobre a segurança em Joanesburgo e no país. Vi muitas pessoas perguntando se era seguro ficar e andar pela cidade. Achei muitos brasileiros em blogs falando “tome cuidado”, “realmente não me senti seguro”. O problema é que informações como essas podem ser interpretadas de várias formas, na maioria das vezes errada. Por isso, vou tentar explicar um pouco mais sobre a questão polêmica da segurança em Joanesburgo respondendo algumas dúvidas:

  • Joanesburgo é perigoso?
    Sim, tanto quanto as grandes cidades do Brasil.
  • Posso ser assaltado na cidade?
    Sim, pode. A probabilidade é a mesma que nas grandes cidades do Brasil.
  • Posso marcar bobeira e ficar com celulares, carteira, bolsa aberta e coisas de valor dando mole pelas ruas?
    Claro que não! Se você fizer isso pode se dar mal em qualquer lugar do mundo.
  • Vou me sentir inseguro em Joanesburgo?
    Depende da sua neura. Por exemplo, eu não deixo de ir para o Rio de Janeiro ou para São Paulo, cidades que amo, porque elas são consideradas perigosas. Em algumas situações até me sinto um pouco insegura mas tomada as devidas precauções e não marcando bobeira, consigo aproveitar tudo sem neuras. Então, para se sentir seguro em Joanesburgo vai depender mais de você mesmo.

Resumindo, fique tranquilo que a segurança em Joanesburgo não é nada que você já não esteja acostumado. Nós fizemos tudo de carro e por conta própria, nada de guias e eu me senti como se estivesse andando em São Paulo. Mais uma vez é importante ficar atento e não dar bobeira nas ruas, mas é só isso.

Recomendo você ler as dicas do post Segurança na África do Sul: tão ou menos perigosa que o Brasil” (em breve!) para entender melhor como é a experiência com segurança em Joanesburgo e por que tantas pessoas têm medo e dúvidas sobre a segurança na África do Sul. Você vai se surpreender!

 

11. Mapa de Joanesburgo – ILoveTrip

Abaixo está o mapa completo do ILoveTrip para te ajudar a montar a sua viagem para Joanesburgo.

Destacamos os principais pontos de interesse da cidade: bairros, pontos turísticos, melhores hotéis para ficar, restaurantes, transportes e shoppings:

Você também pode clicar no ícone do canto superior esquerdo do mapa para ver o que fazer em Joanesburgo e selecionar os pontos de interesse que deseja ver.

 

Vamos bater um papo com a gente? Deixe sua dúvida ou comentário na caixa de discussão mais abaixo.
Gostou do post? Então assine nossa lista VIP abaixo e receba dicas e novidades do ILoveTrip.

 

[BÔNUS] 4 Dicas para uma Viagem Inteligente

  1. Faça um Seguro Viagem: Por favor, não faça uma viagem internacional sem um Seguro de Viagem. Na Europa ele é obrigatório e nos Estados Unidos um dia de internação custa uma pequena fortuna. Já me salvou mais de uma vez!! Faça uma cotação online  com nossa parceira Mondial e ganhe descontos reservando pelo nosso link.

  2. Alugue um CARRO: A gente ama uma roadtrip. Para não pagar IOF e ainda poder parcelar, fazemos cotação online através da RentCars que busca os melhores preços entre diversas locadoras no Brasil e no mundo com total segurança.

  3. Reserve a Hospedagem: Somos praticamente sócios do Booking.com . São centenas de reservas já feitas sem nunca ter tido problemas. São milhões de opções de hospedagem no Brasil e ao redor do mundo para todos os gostos e bolsos. O melhor é que a maioria tem cancelamento grátis! Reserve Agora!

  4. Use o Celular no Exterior: Praticamente impossível ficarmos desconectados hoje em dia seja para falar com amigos e familares seja para buscar informações, usar o google maps ou o tradutor em uma viagem internacional. Quer mais comodidade do que já sair do Brasil com o seu Chip Internacional funcionando no seu celular? A Travel Mobile é nossa parceira e já usamos em diversos países.
Carla Camila

Carla Camila é formada em Tecnologia da Informação e Marketing e uma das suas maiores paixões é viajar. ” Viajar é voltar sempre com uma nova experiência na bagagem e ter a sensação de que a vida vale muito a pena. “