11° dia – Nova Petrópolis e Gramado

11°-dia-–-Nova-Petrópolis-e-Gramado

Saímos de Bento Gonçalves bem cedo e passamos primeiro por Nova Petrópolis. Cidade linda, bem hospitaleira. Paramos na praça central que tem o famoso Labirinto Verde, uma das mais famosas atrações de Nova Petrópolis. Chegamos em Gramado à tarde já quase na hora do almoço e fomos direto para o posto de informações turísticas no centro da cidade.

 

Labirinto Verde - Nova Petrópolis
Labirinto Verde – Nova Petrópolis

 

Gramado

A primeira impressão de Gramado foi de uma cidade muito charmosa. As ruas lotadas de pessoas bem vestidas, ruas limpas, muitos carros, calçadas decoradas e lojas, muitas lojas com vitrines chamativas. A cidade é muito elegante.

Fomos para a pousada Brisa que havíamos reservado e surgiu a decepção, primeiro porque não tinham feito a reserva, segundo porque a aparência do quarto não foi bem aquela que tínhamos visto pelo site e por último o chuveiro não esquentava. Decidimos ficar só um dia na pousada e procurarmos uma outra hospedagem para os próximos dias.

 

Rua de Gramado
Rua de Gramado

 

]Estátua do Kikito de Ouro - Gramado
Estátua do Kikito de Ouro – Gramado

 

A primeira coisa que fizemos em Gramado foi ir ao centro da cidade e passear pelas ruas agitadas. Uma das primeiras coisas que vimos foi a estátua do Kikito de Ouro, prêmio do famoso Festival de Cinema de Gramado. Depois fomos visitar o Lago Negro que é lindo, apesar de não pegarmos a primavera com as hortênsias floridas. O lago com pedalinhos é muito charmoso. Fora isso, contornando o lago – há um caminho que pode ser percorrido a pé – com vários mirantes diferentes para o lago que fica no centro. Muito bonito. O Lago Negro vale muito a visita!

 

Lago Negro - Gramado
Lago Negro – Gramado

 

Saindo de lá voltamos ao centro e para jantar, paramos no famoso Pasteleiro, não para comer pastel, mas para comer uma deliciosa sopa no pão. Foi bom para esquentar.

Fomos dar mais uma volta nas ruas iluminadas de Gramado e paramos para tomar um chocolate quente cremoso (delícia! Não deixa de tomar!) em uma lojinha de chocolates caseiros. Muito bom.

 

Vitrine de loja com artigos de inverno - Gramado
Vitrine de loja com artigos de inverno – Gramado

 

Dica: é cobrado para estacionar nas principais ruas do centro. Sempre tem um monitor por perto para vender os tickets. Caso não queira pagar, prefira as ruas paralelas que possuem alguns trechos livres para estacionar.

No próximo post falamos sobre o nosso segundo dia em Gramado.

Dúvidas? Sugestões? Opiniões? Deixe abaixo o seu comentário.

Leia os outros posts sobre nossa viagem ao sul do Brasil:

 

6 COMENTÁRIOS

PARTICIPE! DEIXE UM COMENTÁRIO

Por favor, deixe seu comentário
Por favor informe seu nome aqui