Viagem de fim de semana para Búzios

Búzios por do sol na praia tartaruga

Depois de aproveitar uma promoção de passagem aérea para o Rio de Janeiro, decidimos explorar lugares ainda não conhecidos na região e a bola da vez foi passar um fim de semana em Búzios. E somos prova de que é possível aproveitar uma viagem em um único final de semana. Fora de temporada, tudo é possível! Tá certo que para quem não mora no Rio de Janeiro (nosso caso!) a viagem fica um pouco mais trabalhosa e demorada. Mas, no final de um fim de semana, você tem a certeza que qualquer esforço para chegar nesse pedacinho do paraíso chamado Búzios vale muito a pena! Claro que quanto mais tempo você tiver disponível melhor, ainda mais se você gostar do tipo de viagem “devagar, devagarinho”. Mas, curtir um fim de semana tranquilamente, fora de temporada e longe das férias é revigorante para qualquer um!

As dicas de Búzios que vamos dar nos próximos quatro posts valem tanto para quem mora fora do Rio como para quem também mora por lá. Aproveite todas as dicas e boa viagem!

 

Standup paddle em Búzios
Standup paddle na praia João Fernandes

 

Porque as praias de Búzios são tão famosas?

 

Foi na década de 60 que a cidade foi descoberta pelo mundo. A atriz francesa Brigitte Bardot, muito famosa na época, passou duas temporadas em Búzios e, com isso, a imprensa internacional promoveu muito a cidade. Existe até uma estátua da atriz na orla de Búzios.

Com a popularidade internacional, até hoje, diversos turistas estrangeiros visitam a região. A maioria destes turistas são argentinos e, por isso, é comum você ouvir alguém falando em espanhol.

 

Búzios orla Bardot centro
Orla Bardot em Búzios

 

Aproveitando o fim de semana em Búzios

 

Chegamos no Rio de Janeiro por volta das 17h30 da tarde de sexta. Por isso, aproveitamos à noite de sexta, o sábado inteiro e mais a manhã e início da tarde de domingo (nosso voo de volta estava previsto para às 20h de domingo).

 

Como chegar em Búzios – como ir de/para o aeroporto?

 

A cidade de Búzios fica a cerca de 175 km de distância tanto do aeroporto Santos Dumont (centro do Rio de Janeiro) como do aeroporto Antônio Carlos Jobim (Aeroporto Internacional do Rio de Janeiro). No caso dos dois aeroportos, para ir sentido Búzios você precisa atravessar a Ponte Rio Niterói e seguir pela BR 101, passando pela região dos Lagos.

Dica: No caminho de volta, já no Rio de Janeiro, passando a ponte Rio Nitéroi, do lado direito fica o caminho para o aeroporto Tom Jobim e do lado esquerdo o caminho para o aeroporto Santos Dumont.

 

Búzios - noite na Rua das Pedras
Búzios – noite na Rua das Pedras

 

O melhor jeito de viajar para Búzios é de carro

 

Você pode até arrumar outro jeito para chegar na cidade (de ônibus, por exemplo) mas para se locomover em Búzios você vai precisar de um carro, moto ou buggy. As praias são distantes umas das outras e a grande maioria dos hotéis e pousadas também ficam distantes para você fazer os passeios a pé.

Curiosidade: ao invés do carro, você pode alugar um buggy para conhecer a região de Búzios. Muitos turistas fazem isso.

RECEBA DICAS DE VIAGEM
Faça como 16367 Viajantes Inteligentes e assine nossa lista VIP.É de graça!

 

Como se locomover em Búzios
Buggy, um jeito alternativo de se locomover em Búzios

 

Onde alugar carro no aeroporto?

 

Alugamos um carro no aeroporto Santos Dumont pela empresa Movida (o valor que pagamos está no final do post). Reservamos o carro antes pela internet, no site da empresa. Não tivemos problemas com a Movida, apenas uma pequena demora para retirada do carro.

Na volta, como nosso voo sairia do aeroporto Tom Jobim, pagamos uma taxa extra de retorno devido à entrega do carro em lugar diferente da retirada (pegamos o carro na sexta, no aeroporto Santos Dumont e entregamos o carro no domingo, no aeroporto Tom Jobim).

Dica: as empresas de aluguel de carro costumam cobrar uma fortuna se você não entregar o veículo com o tanque cheio. O problema é que no caminho da Ponte Rio Niterói até o aeroporto Tom Jobim não existem muitas opções de postos de gasolina. Por isso, uma dica é você abastecer no posto que fica na avenida de acesso ao aeroporto. Chegando no aeroporto, faça o retorno na saída do terminal 2 (o posto fica do outro lado da avenida, sentido aeroporto – Rio de Janeiro).  

 

Como circular em Búzios

 

Como já dissemos você vai precisar de um veículo. Andar é pé é difícil porque as praias, principais atrações de Búzios, ficam longe umas das outras. Existem algumas vans-ônibus coletivos que circulam até o centro de Búzios (não vimos ônibus nas praias mais afastadas). Não recomendamos pela distância entre as atrações turísticas, mas se você optar pelo transporte público, consulte mais informações sobre trajetos e horários com o seu hotel.

Importante: é difícil estacionar o carro sem ser abordado pelos “flanelinhas”. Em alguns pontos da cidade, como no centro, existem placas proibindo a permanência de guardadores de carro. Porém, na grande maioria das praias de Búzios, os flanelinhas aparecem cobrando preços absurdos para olhar o carro.

 

Flor típica de Búzios
Flor das árvores – centro de Búzios

 

Quanto tempo demora para chegar em Búzios? 

 

No melhor dos dias, sem contar trânsito nenhum, você vai levar em média 2h40 para chegar em Búzios. Porém, no trecho saída do Rio de Janeiro – Ponte Rio Niterói – São Gonçalo, dificilmente você vai encontrar o tráfego totalmente livre. A partir das 17h de sexta-feira já começa o horário de pico então, se você não puder chegar antes, prepare-se para uma viagem mais demorada. Após pegar alguns trechos em obras e horário de pico, levamos cerca de 4 horas para chegar até Búzios.

Importante: existem alguns pedágios ao longo do caminho.

 

Despesas para duas pessoas*:

  • Total de pedágios ida e volta: R$ 40,00 (aproximadamente).
  • Aluguel de carro: R$ 180,00.

Leia nossos outros posts sobre Búzios:

 

* Os valores e os dados apresentados no site podem sofrer alterações. Por isso, antes de viajar, confirme os valores e informações com as empresas responsáveis.

Dúvidas? Sugestões? Opiniões sobre Búzios? Deixe abaixo o seu comentário.

[BÔNUS] 4 Dicas para uma Viagem Inteligente

  1. Faça um Seguro Viagem: Por favor, não faça uma viagem internacional sem um Seguro de Viagem. Na Europa ele é obrigatório e nos Estados Unidos um dia de internação custa uma pequena fortuna. Já me salvou mais de uma vez!! Faça uma cotação online  com nossa parceira Mondial e ganhe descontos reservando pelo nosso link.

  2. Alugue um CARRO: A gente ama uma roadtrip. Para não pagar IOF e ainda poder parcelar, fazemos cotação online através da RentCars que busca os melhores preços entre diversas locadoras no Brasil e no mundo com total segurança.

  3. Reserve a Hospedagem: Somos praticamente sócios do Booking.com . São centenas de reservas já feitas sem nunca ter tido problemas. São milhões de opções de hospedagem no Brasil e ao redor do mundo para todos os gostos e bolsos. O melhor é que a maioria tem cancelamento grátis! Reserve Agora!

  4. Use o Celular no Exterior: Praticamente impossível ficarmos desconectados hoje em dia seja para falar com amigos e familares seja para buscar informações, usar o google maps ou o tradutor em uma viagem internacional. Quer mais comodidade do que já sair do Brasil com o seu Chip Internacional funcionando no seu celular? A Travel Mobile é nossa parceira e já usamos em diversos países.
Carla Camila
Carla Camila é formada em Tecnologia da Informação e Marketing e uma das suas maiores paixões é viajar. " Viajar é voltar sempre com uma nova experiência na bagagem e ter a sensação de que a vida vale muito a pena. "